Otimismo do empresariado caiu por causa das medidas restritivas do Banco Central | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$3,91
Euro R$4,48
Libra R$4,99
Peso R$0,13
Bitcoin R$25.487,16
Ethereum R$1.156,03
Litecoin R$223,00
Ripple R$1,29
Bovespa 81.533,08
CDI 2,64% a.a
Selic 6,40% a.a
Poupança 0,50% a.a
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Otimismo do empresariado caiu por causa das medidas restritivas do Banco Central

As medidas do Banco Central para conter a inflação e o consumo, como a elevação da taxa básica de juros (Selic) e as medidas de restrição ao crédito deixaram os empresários menos otimistas com a economia brasileira. A avaliação é do gerente de Pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Renato da Fonseca.

“Os empresários percebem uma situação pior da economia na comparação com os últimos messes. Eles estão percebendo essa desaceleração do crescimento e, com isso, as decisões para novos investimentos, para novas contratações de trabalhadores e até para compra de matérias primas começam a ser repensadas”, disse Fonseca.

Hoje (19) foi divulgado pela CNI o Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei), que ficou em 57,5 pontos, um recuo de 2,2 pontos em relação ao índice de abril. Foi a maior queda do índice nos últimos dez meses. Na comparação com maio de 2010, a queda foi de 8,8 pontos. O índice varia de zero a 100. Pontuação acima de 50 indica confiança.

Fonseca disse ainda que os empresários esperam para o segundo semestre a retomada do crescimento da economia, impulsionada pelo aumento da demanda que é, normalmente, maior que no primeiro semestre.

“Há um otimismo em relação ao segundo semestre, quando há uma forte demanda para o fim do ano. Além disso, o empresário é sempre otimista. Raramente ele acha que o negócio vai quebrar, que ele não vai conseguir vender”.

Apesar do otimismo para o próximo semestre, Fonseca afirma que, se o Banco Central mantiver nos próximos meses a política atual de restrição econômica, poderá haver uma redução ainda maior dos investimentos das empresas. “Se o Banco Central continua com uma política de crescimento de juros, se claramente o empresário percebe que a inflação não está controlada, que vai levar a juros ainda mais altos, o empresário vai ficar mais cauteloso.”



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
19/05/2011 15:31:01

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora







Mais lidos

Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando na metade e as empresas não param de crescer. Esse é o resultado da pesquisa ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...
Os jogadores mais bem pagos do mundo em 2018
Quem são os jogadores mais bem pagos do mundo? Muito provavelmente você vai responder Cristiano Ro ...




Publicidade