Início Notícias Investimentos Como saber meu perfil de investidor?

Como saber meu perfil de investidor?

2
imagem contém calculadora, papel e caneta como perfil de investidor
5
(1)

Você já deu o primeiro passo e decidiu que vai investir. Definiu um objetivo e o tempo que vai precisar para resgatar esse dinheiro. A próxima coisa que tem que fazer é descobrir o seu perfil de investidor.

Saber essa informação é fundamental para definir a aplicação certa.

Afinal, essa escolha não é só uma questão de “qual rende mais”. Mas também deve estar dentro daquilo que atende as expectativas e até o estilo de vida de cada um.

O analista-chefe da Rico Investimentos, Roberto Indech, explica que existem três perfis de investidor básicos: conservador, moderado e arrojado.

“Ser (investidor) conservador significa não estar disposto a assumir riscos que possam comprometer seu patrimônio. Já o investidor moderado tolera um pouco de risco em troca de uma rentabilidade melhor, superior à média do mercado. O perfil arrojado, ou agressivo, se enquadra naqueles que assumem riscos mais altos e se sujeitam às oscilações do mercado em busca da maior rentabilidade possível.”

Como descobrir o seu perfil de investidor

Antes de um cliente escolher um investimento, a instituição financeira precisa aplicar a Análise de Perfil do Investidor (API). Que é basicamente um questionário, um teste que pode ser feito gratuitamente nos sites da maioria dessas entidades.

A API atende a Instrução nº 539 da CVM, em vigor desde julho de 2015, e ao Código Anbima de Regulação e Melhores Práticas para Atividade de Distribuição de Produtos de Investimento no Varejo.

Ambos preveem que as instituições financeiras avaliem aspectos como: o nível de conhecimento do cliente sobre o mercado financeiro e de capitais e seus produtos; a situação econômico-financeira e horizonte de investimento, e outros.

Essa análise permite uma melhor orientação para os investimentos e torna o processo mais transparente.

As perguntas do questionário, segundo o Banco do Brasil, estão relacionadas também à tolerância ao risco e objetivos do investimento.

Além disso, são avaliados: renda mensal, valor e ativos que compõem o patrimônio, necessidade futura da utilização dos recursos, investimentos que possui familiaridade, frequência e volume de aplicações realizadas, formação acadêmica e experiência no mercado financeiro.

Descobrir o perfil de investidor é um dos primeiros passos para investir

Entenda como são os perfis de investidores

O perfil de cada pessoa, como vimos, é analisado a partir de uma série de variáveis particulares. Mas ainda que não realize o teste, é possível ter ideia de qual o seu perfil a partir de uma autoanálise.

Você deverá chegar a um dos três perfis a seguir:

Perfil conservador

Esse é o perfil que prioriza a segurança para as suas aplicações. O ideal aqui é manter a carteira de investimentos em produtos de baixo risco.

Porém, nada impede que uma pequena parcela do seu dinheiro possa ser investida em produtos com níveis de riscos diferenciados, para aumentar os ganhos a longo prazo.

Pode aplicar uma pequena parte do valor total investido em fundos de ações, por exemplo. Mas, em resumo, é um perfil mais voltado para a renda fixa. 

Perfil Moderado

O cliente com esse perfil de investidor ainda quer a segurança nos seus investimentos, mas também aceita investir em produtos com maior risco para poder ter mais ganhos.

Nesse caso, a diversificação pode ser a melhor estratégia de investimento. Parte da renda em aplicações mais seguras e outra parte em investimentos mais arrojados.

Os moderados precisam equilibrar a equação: risco versus rentabilidade. Eles admitem perdas até que atinjam certo limite. Mas a expectativa de retorno é de médio a longo prazo.

Perfil de investidor arrojado

Esse perfil quer mais ganhos a longo prazo. O investidor agressivo, como também é chamado, aceita correr mais riscos em seus investimentos.

Ele pode aplicar mais em fundos de ações, por exemplo. Mas ainda mescla seus tipos de investimento para proteger seu patrimônio. Diversificar a carteira é sempre importante.

Para investidores desse tipo, é recomendado que se aplique pelo menos uma parte em produtos de baixo risco no mercado. Por mais que se arriscar tenha seu lado positivo, a reserva de emergência é essencial.

Já consegue entender qual é o seu perfil de investidor? Compartilhe esse conteúdo com seus amigos para que eles também descubram!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui