Pesquisa do IBGE indica que havia 310 mil indústrias no Brasil em 2008 | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,2693
Bitcoin R$ 27.803,99
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,874
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Pesquisa do IBGE indica que havia 310 mil indústrias no Brasil em 2008

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) contabilizou 310 mil empresas industriais no Brasil em 2008, um crescimento de 10,8% em relação a 2007, quando havia 280 mil unidades. Com a expansão, o número de empregados passou de 7,5 milhões para 7,9 milhões. No entanto, houve uma diminuição no tamanho médio das empresas, que passaram de uma média de 27 pessoas ocupadas, em 2007, para 25, em 2008.

Os gastos com pessoal nessas empresas também subiram, alcançando R$ 225 bilhões em 2008, contra R$ 194 milhões em 2007, enquanto o faturamento aumentou de R$ 1,5 trilhão para R$ 1,8 trilhão.

O valor da transformação industrial (diferença entre o valor bruto da produção e os custos das operações) cresceu de R$ 601 bilhões, em 2007, para R$ 722 bilhões, em 2008.

Os dados são da Pesquisa Industrial Anual (PIA) – Empresa 2008, divulgada hoje (30) pelo IBGE. O estudo, que teve sua série iniciada em 1966, traz informações estatísticas sobre o setor industrial brasileiro, destacando as principais mudanças ocorridas em relação às atividades e à organização das empresas.

A partir desta edição, a pesquisa passa a incluir as indústrias com uma a quatro pessoas ocupadas, diante do aumento do número dessas empresas. Em 2008, esse segmento correspondia a 47% do total de indústrias no país e empregava apenas de 6% do pessoal ocupado.

Segundo o estudo, em 2008, o número de indústrias com cinco ou mais empregados cresceu 5,7% em relação a 2007, passando para cerca de 165 mil unidades. Juntas, elas empregavam 7,4 milhões de pessoas, com uma média de 45 empregados em cada. Essas empresas representavam 99,1% da receita de vendas e 98,4% dos gastos com pessoal.

Naquele ano, a principal fonte de renda das indústrias continuou sendo a venda de produtos e serviços, representando 84% do total, resultado 1,8 ponto percentual menor que em 2007.



Fonte:Enfoque Informações Financeiras Ltda.

Recebido em:
30/06/2010 10:09:58

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Foi demitido? Saiba como obter o seguro desemprego
O seguro desemprego tem sido um recurso importante para os milhares de desempregados no Brasil. Os d...
Como começar a investir com R$3 mil?
Investir com pouco dinheiro é uma questão para muitas pessoas. Parece que para fazer uma aplicaç...
Restituição do Imposto de Renda 2018: veja cronograma
Em 2018, os milhares de contribuintes tiveram até 30 de abril para declarar o Imposto de Renda. Ago...
Cerca de 7 milhões de brasileiros têm FGTS atrasado
FGTS atrasado é uma realidade para cerca de 7 milhões de brasileiros. De acordo com a Procuradoria...
Brasileiros no Japão: emissão de vistos cresce 145%
Muitos brasileiros estão buscando novas oportunidades em outros países, e o motivo desse fluxo mig...
BC aumenta oferta do swap cambial e dólar fecha em queda
Após seis altas consecutivas, o dólar fechou em queda nos últimos dias esta semana. Para o alívi...




Publicidade