Produção de alimentos deve ser elevada em 40% em 20 anos para evitar aumento da fome, diz | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$4,03
Euro R$4,67
Libra R$5,20
Peso R$0,13
Bitcoin R$25.987,49
Ethereum R$1.123,85
Litecoin R$224,20
Ripple R$1,33
Bovespa 81.533,08
CDI 2,64% a.a
Selic 6,40% a.a
Poupança 0,50% a.a
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Produção de alimentos deve ser elevada em 40% em 20 anos para evitar aumento da fome, diz

(Ag. Brasil) – A produção global de alimentos deve ser elevada, em pelo menos, 40% nas próximas duas décadas para evitar o aumento da fome global, indica o estudo britânico Foresight Report on Food and Farming Futures, divulgado hoje (24). Os 400 especialistas envolvidos na elaboração do estudo demoraram dois anos para concluir a pesquisa em 35 países. O relatório elogia as políticas sociais adotadas pelo Brasil nos últimos anos.

 

“A experiência brasileira dos últimos dez anos mostra que, se há vontade política, a pobreza e a fome podem ser diminuídas substancialmente”, afirma o texto. O estudo informa que se as políticas sociais não tivessem sido implementadas, a taxa de pobreza brasileira teria sido de 13% em vez de 8% durante o biênio 2004 e 2005.

 

As políticas, de acordo com o estudo, seriam resultado da combinação de “lideranças fortes de dois presidentes sucessivos e uma forte sociedade civil”. Para isto, os cientistas recomendam não descartar uso de tecnologias como modificações genéticas, clonagem e nanotecnologia.

 

O relatório britânico também recomenda mecanismos para que governos e produtores de alimentos prestem contas a respeito de seus progressos na redução da fome, no combate às mudanças climáticas, na degradação ambiental e no aumento da produção alimentícia.

 

“Sabemos que nas próximas duas décadas a população chegará a cerca de 8,3 bilhões de pessoas”, disse John Beddington, um dos cientistas responsáveis pelo estudo. “Temos 20 anos para produzir cerca de 40% a mais de comida, 30% a mais de água potável e 50% a mais de energia.”

 

O estudo enfatiza ainda a necessidade de mudanças na agricultura para que o aumento na produção não comprometa a sustentabilidade. Segundo os pesquisadores, não há “solução única” para o problema. A resolução deve ser o resultado do esforço conjunto em várias frentes, combinando o aumento da produção sustentável, de alimentos e energética, com as preocupações com mudanças climáticas.



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
24/01/2011 16:03:18

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora







Mais lidos

Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando na metade e as empresas não param de crescer. Esse é o resultado da pesquisa ...
Os jogadores mais bem pagos do mundo em 2018
Quem são os jogadores mais bem pagos do mundo? Muito provavelmente você vai responder Cristiano Ro ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...




Publicidade