Início Notícias Economia Inflação: veja os 12 produtos que mais subiram de preço até abril...

Inflação: veja os 12 produtos que mais subiram de preço até abril deste ano

0
Produtos expostos em um supermercado e tomates em caixotes
0
(0)

O ano de 2022 começou da mesma forma que terminou o de 2021, com os brasileiros sentindo no bolso a alta de diversos produtos. Com tanto sobe e desce é difícil acompanhar o que está na promoção ou não. Mas você sabe quais foram os produtos que mais subiram de preço até fevereiro deste ano?

Antes de falarmos sobre a lista dos produtos que subiram de preço, é preciso entender o que pode ter levado a tantos aumentos constantes. 

O principal vilão desse sobe e desce nos principais produtos consumidos pelos brasileiros é a inflação. Sim, a temida inflação chegou a 12,03% em um ano, que é medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA).

Os dados são do IPCA-15, que é a prévia da inflação até o mês de abril, divulgada nesta terça-feira, 27.

Essa alta se deu pelos aumentos constantes dos preços de alguns produtos, como os combustíveis, o gás de cozinha, a luz e até mesmo alguns alimentos que estão inclusos na cesta básica.

+ Preço do pão vai aumentar? Entenda relação com a guerra na Ucrânia

Quer entender o que é a inflação e quais foram as mercadorias que subiram de preço no ano passado? Continue lendo este artigo!

O que é a inflação?

É bem provável que você já tenha escutado falar no termo inflação e que até mesmo já tenha sentido ele no seu bolso, mas que não saiba disso. Para começar, este termo é usado como forma de nomear o aumento generalizado dos preços de bens e serviços.

Na prática, isso significa o aumento do custo de vida e, consequentemente, a redução do poder de compra dos brasileiros. E como você pode perceber a inflação? Simples, indo ao supermercado e reparando que os alimentos estão cada vez mais caros.

Quer outro exemplo? O combustível, automóvel e aluguel também tiveram os preços elevados? Pode ter a certeza que tem o dedo da inflação nisso. 

A inflação tem feito os produtos subirem de preços

E agora você deve estar pensando que a inflação é péssima, certo? Errado, ela pode não ser tão prejudicial quanto imaginamos. Mas isso quando ela é controlada e vem acompanhada de reajustes no salário-mínimo, que não é o que vem acontecendo no Brasil.

+ Aumento do preço da carne: confira dicas para comprar e armazenar

Por conta disso, ela vem causando transtornos para os consumidores, já que a inflação tem sido elevada mês após mês, sem que o salário dos brasileiros acompanhem esses aumentos. 

Veja o top 12 de produtos que mais subiram de preço

Ficou curioso e quer saber quais foram os produtos ou serviços que mais subiram de preço até março desde ano? A lista é bem variada e é provável que muitos itens você já tenha reparado que eles subiram de preço. Confira!

  1. Cenoura – ficou 195% mais caro;
  2. Tomate – ficou 117,48% mais caro;
  3. Abobrinha – ficou 86,83% mais caro;
  4. Café moído – ficou 65,09% mais cara;
  5. Melão  – ficou 63,26% mais cara;
  6. Repolho – ficou 59,38% mais caro;
  7. Melancia – ficou 52,64% mais caro;
  8. Óleo Diesel – ficou 52,53% mais caro;
  9. Pimentão – ficou 50,18% mais caro;
  10. Transporte de Aplicativo – ficou 47,47% mais caro;
  11. Morango – ficou 46,79% mais cara;
  12. Gás veicular – ficou 46,26% mais caro.

E para você ter uma ideia de como os preços dos produtos estão variando bastante, resolvemos fazer o comparativo das mercadorias que aumentaram de valor durante todo o ano passado. Confira a lista!

  1. Cenoura – ficou 166,17% mais caro;
  2. Tomate – ficou 94,55% mais caro;
  3. Pimentão – ficou 80,44% mais caro;
  4. Melão – ficou 68,95% mais cara;
  5. Melancia -ficou 66,42% mais cara;
  6. Repolho – ficou 64,79% mais caro;
  7. Café moído – ficou 64,66% mais caro;
  8. Mamão – ficou 54,95% mais caro;
  9. Óleo Diesel – ficou 46,47% mais caro;
  10. Gás Veicular – ficou 45,54% mais caro;
  11. Abobrinha – ficou 44,99% mais cara;
  12. Transporte de Aplicativo – ficou 42,74 % mais caro.

Deu para perceber que alguns produtos novos entraram na lista e outros se mantiveram com mais ou menos variação no preço. O que não dá para negar é que os brasileiros estão de fato sofrendo com essa alta constante nos valores.

Subiram de preço: combustível domina lista e já cresce em 2022

O combustível foi o responsável por várias posições nessa lista com os 12 que mais subiram de preço desde o ano passado: etanol, gasolina, óleo diesel e gás veicular. 

Mas se você achou que esse aumento ia ficar apenas em 2021 e ia parar por aí, está bem enganado. O ano de 2022 já começou com notícias não tão boas para os motoristas de plantão.

+ Preço da gasolina vai aumentar? Petrobras faz novo reajuste

Desde o início do ano a gasolina e o diesel vem registrando aumentos, o último mês de março. O novo aumento nos preços dos combustíveis foi justificado pela Petrobras, a elevação nos preços dos barris de petróleo em todo o mundo por conta da invasão na Ucrânia.

Com a nova subida, o preço médio da gasolina nas distribuidoras foi de R$3,25 para R$3,86 por litro – o equivalente a uma alta de 18,8%. Já o diesel subiu de R$3,61 para R$4,51 por litro, uma alta de 24,9%.

Gostou do conteúdo? Continue lendo sobre o assunto e veja como a alta da inflação influencia no dia a dia.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Jornalista apaixonada em escutar e escrever histórias, mas que também tem uma queda pelo Marketing Digital. Com experiência em redação, social mídia e marketing ela gosta de sempre estar atualizada sobre a área da comunicação. E como uma boa carioca, não dispensa uma praia.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui