Início Notícias Quanto custa despachar mala nas principais cias aéreas? Os preços aumentaram!

Quanto custa despachar mala nas principais cias aéreas? Os preços aumentaram!

0
mulheres esperando bagagem no aeroporto
0
(0)

Despachar mala em viagens de avião está ficando mais caro. Nas últimas semanas, as três maiores companhias aéreas do país – Gol, Azul e Latam – aumentaram o preço do transporte dessas bagagens.

O aumento mais recente foi o da Gol, no último dia 5 de abril. Alguns dos reajustes chegaram a R$10 e outros chegaram a R$99 de diferença. Na Latam, o reajuste está em vigor desde 14 de março. Na Azul, há um mês.

Os aumentos das três empresas valem para voos domésticos e internacionais.

Se você é novo no assunto “viagens de avião”, cabe esclarecer que despachar uma mala significa entregá-la à companhia aérea no momento do check-in. São as bagagens maiores e mais pesadas que não podem ir dentro do maleiro do avião junto com você.

+ Conheça os 16 melhores cartões para acumular milhas em 2022

Quanto custa despachar uma mala na Gol, Azul e Latam?

O preço para despachar uma mala é um fator importante na hora de decidir com qual cia aérea vai viajar. Isso porque os valores são significativos e, dependendo da sua quantidade de malas, pode sair bem caro. 

Confira a seguir os preços cobrados por cada uma das principais linhas aéreas do Brasil!

Gol

Para despachar uma mala na Gol (até 23kg), as tarifas são:

Nos voos domésticos:

  • 1ª bagagem – R$95 a R$140
  • 2ª bagagem – R$129 a R$160
  • 3ª a 5ª bagagens – R$180 a R$250 cada
  • Excessos (Kg) – R$35

Nos voos internacionais:

  • 1ª bagagem – R$199 a R$229
  • 2ª bagagem – R$249 a R$279
  • 3ª a 5ª bagagens – R$350 a R$650 cada
  • Excessos (Kg) – R$50

A variação de preços entre um mesmo volume de bagagem é por causa do tempo de duração do voo. Além disso, é importante saber que a bagagem é determinada por passageiro e por trecho.

Ou seja, se quiser despachar sua bagagem na ida e na volta, por exemplo, deverá pagar pelos dois despachos. No site da Gol, é possível consultar detalhadamente todas as regras.

Alguns clientes podem conseguir despachar até três malas gratuitamente, se estiverem inseridos em vantagens como MAX, PLUS ou Premium Economy, e dependendo da categoria. Tanto em voos nacionais quanto internacionais.

Azul

Na Azul, o preço para despachar uma mala (até 23kg) funciona de forma diferente, porque depende do destino e do tipo de tarifa contratada. Tarifa 

Voos para América do Sul:

  • 1ª bagagem – R$90 a R$126
  • 2ª a 5ª bagagens – R$167,52 a R$250,60
  • Excessos – US$60

Voos Estados Unidos e Europa:

  • 1ª bagagem – US$20 a US$30
  • 2ª a 5ª bagagens – US$40 a US$60
  • Excessos – US$150

Diferente da Gol, na Azul linhas aéreas os preços variam dependendo do local de compra. Quem contrata os despachos pelo aplicativo pode chegar a receber desconto de 50%, enquanto quem contrata no aeroporto paga o preço cheio.

Todas as regras para despacho podem ser consultadas no site da Azul

Latam 

Na Latam, a bagagem despachada (até 15kg ou até 23 kg) tem preços dinâmicos e pode variar de acordo com: data, tarifa, antecedência da compra, número de malas e a rota. 

Nos voos domésticos:

  • 1ª bagagem – R$75 a R$140
  • 2ª bagagem – R$124 a R$185
  • 3ª a 10ª bagagens – R$124 a R$185 cada

Nos voos internacionais:

  • 1ª bagagem – US$6 a US$100

Para saber quanto ficam os preços de mais bagagens, é recomendado consultar fazendo uma simulação de compra no site da cia aérea. Isso porque os preços variam de acordo com vários fatores, conforme explicado acima.

Despachar mala ficou mais caro nas três principais cias aéreas do Brasil

Procon notificou empresas pelo aumento para despachar mala

As empresas de vôos aéreos justificam o aumento nos preços para despachar malas com a necessidade de adequar valores ao mercado. Mas o Procon São Paulo notificou as três, pedindo esclarecimentos. 

As empresas têm até o dia 12 de abril para explicar os reajustes, os itens que compõem o valor da taxa de despacho, além de prestar informações sobre a relação de custo administrativo com o custo de transporte.

Quando divulgou os aumentos, a Gol justificou quem o reajuste nos valores “se deve ao atual cenário de aumento de custos na aviação comercial, e ainda como forma de adequação aos valores praticados pelo mercado”.

Já a Latam, informou que a guerra na Ucrânia impactou o preço do petróleo e, consequentemente, o preço do querosene da aviação. “Esse cenário também impacta em aumento de preços das passagens e serviços adicionais da ordem de 25% a 30%”.

A notificação do Procon-SP não quer dizer que os preços voltarão ao que era antes. 
O conteúdo foi útil? Então compartilhe e leia também: Como proceder quando há extravio de bagagens?

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui