Reajuste do mínimo acima de R$ 545 exigiria severos cortes no Orçamento, diz Nelson Barbos | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,4167
Bitcoin R$ 32.127,00
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,054
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Reajuste do mínimo acima de R$ 545 exigiria severos cortes no Orçamento, diz Nelson Barbos

(Ag. Brasil) – O secretário executivo do Ministério da Fazenda, Nelson Barbosa, assegurou que o governo mantém o compromisso de reajuste real do salário mínimo até 2015, mas não pode abrir mão do valor de R$ 545, como propõe o Executivo. Ele fez a declaração durante reunião com a bancada do PSDB na Câmara.

 

Barbosa alertou que um valor superior afetaria o desempenho da economia e as contas públicas, exigindo severos cortes no Orçamento.

 

O secretário destacou que o salário mínimo vem tendo ganhos reais sucessivos desde 2007. Ele exemplificou que, em 2009, a correção foi de 7,2% e, no ano passado, de 5,2%.



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
15/02/2011 11:24:20

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

FGTS inativo: quem tem direito e como sacar
Todo trabalhador brasileiro com contrato formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, a ...
Férias de julho no Brasil: para onde ir?
O meio do ano está chegando e é hora de decidir onde passar as férias em família. Mesmo com algu...
Como limpar seu nome no SPC e Serasa
Seu nome está no SPC e Serasa? Muitos brasileiros estão nessa situação. Em fevereiro, 61,7 milh...
Escolas de negócios: Brasil tem 3 das melhores do mundo
Três das melhores escolas de negócios do mundo em 2018 estão no Brasil. São elas: a Fundação ...
Como vender plano de saúde e ganhar dinheiro
Ganhar uma renda extra é o que muitos brasileiros têm buscado para superar a crise que o país vem...
Treasuries americanos: os títulos “mais seguros do mundo”
Muito conhecido no Brasil, o Tesouro Direto - Programa do Tesouro Nacional desenvolvido com a BM&...




Publicidade