Real é destaque positivo em semana marcada por dólar forte no exterior | FinanceOne
FinanceOne

Onde suas finanças começam!

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Real é destaque positivo em semana marcada por dólar forte no exterior

SÃO PAULO  –  O movimento no câmbio brasileiro nesta sexta-feira (6) foi mais uma evidência da resiliência adotada pelo real, efeito da melhora de expectativas para a economia doméstica. O dólar subiu bem menos aqui do que no exterior, e, na semana, a divisa americana perdeu terreno frente à brasileira, destoando do movimento global.

No fechamento desta sexta, o dólar subiu 0,11%, a R$ 3,1571, longe da máxima intradiária (R$ 3,1785). Na semana, a cotação recuou 0,28%.

Como investir em dolar

Em graus diferentes, casas estrangeiras têm destacado as boas perspectivas para o câmbio doméstico. O UBS aposta em dólar a R$ 2,90 até o fim do ano, o que daria o real o título de moeda com melhor desempenho no período, considerando uma lista de 16 divisas emergentes. O banco, que trabalha com um cenário mais positivo para a economia brasileira do que a média, acredita inclusive que a melhora da atividade beneficiará o câmbio.

Ao longo de toda esta semana, analistas comentaram que o bom desempenho do real esteve ligado à expectativa de mais entradas de capital, em meio à aceleração de captações externas diante de sinais mais evidentes de retomada da economia – o que pode melhorar os lucros das empresas. Não por acaso, o Ibovespa testou o nível recorde de 78 mil pontos nos últimos dias.

Sem receios em torno de rolagens parciais de swaps cambiais do Banco Central, a exemplo do verificado em setembro, o mercado tem espaço para operar em cima de fluxos – ou da perspectiva para eles. E o cenário externo benigno, com farta liquidez e desejo do investidor de rentabilizar seu capital, contribui para sustentar um cenário de câmbio pelo menos comportado.

Mesmo que o real não performe tão bem frente ao dólar, o risco/retorno da moeda brasileira parece melhor em relação a outras moedas. O Morgan Stanley iniciou, ontem, recomendação comprada em reais contra pesos mexicanos. Os estrategistas não ignoram o fato de que o real poderá ser afetado pela volatilidade oriunda das eleições presidenciais do próximo ano. Mas ponderam que “não só a régua está mais alta para a vitória de um candidato da esquerda, como também o pleito ocorrerá apenas mais para o fim do ano”.

“Achamos que o peso mexicano começará a se depreciar antes devido ao calendário eleitoral”, dizem os profissionais do Morgan. As eleições no Brasil estão previstas para outubro, enquanto as do México estão marcadas para julho.

Na mesma linha, o BofA se diz “neutro” em real, ao passo que está “pessimista” com o peso mexicano.

Fonte: Valor Econômico







Mais lidos

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...
10 marcas mais valiosas do mundo em 2018
O ano está chegando quase no fim e as empresas não param de crescer. Para se ter uma ideia, a  p ...
Os jogadores mais bem pagos do mundo em 2018
Quem são os jogadores mais bem pagos do mundo? Muito provavelmente você vai responder Cristiano Ro ...




Ebook do FinanceOne

Ebook gratuito investidor iniciante

Quer investir mas não sabe como? O Guia Completo do Investidor Iniciante traz os primeiros passos para você começar a investir e ganhar dinheiro!

BAIXAR AGORA!

Publicidade


 

Guias

Calculadoras