Início Notícias Economia SRC do Banco Central: o que é e como funciona?

SRC do Banco Central: o que é e como funciona?

1
0
(0)

Você já escutou falar no Sistema de Informação de Crédito do Banco Central (SRC)? Sabe o que é e como funciona?

Se você nunca escutou falar nisso, fique tranquilo porque não é o único brasileiro.

Para quem não sabe, o SRC é um banco de dados alimentado pelas próprias instituições financeiras. Nele contém informações sobre todas as operações de crédito realizadas pelo consumidor junto ao sistema bancário brasileiro.

Sendo assim, o SRC é uma fonte de consulta na análise de crédito de algumas instituições financeiras.

Isso porque o sistema mostra de maneira abrangente as operações de crédito do consumidor, seja ele pessoa física ou jurídica. 

Mas quando o Sistema de Informação de Crédito do Banco Central pode ser consultado? Quando o consumidor solicita um cartão de crédito, empréstimo, abertura de conta corrente ou qualquer outro produto financeiro.

Vale ressaltar que a consulta só pode ser realizada caso o consumidor tenha autorizado, no momento da contratação do produto.

Entenda a importância do SRC

Esse sistema tem importância tanto para a sociedade, quanto para as instituições financeiras e a supervisão bancária. Todos saem ganhando com o SRC. Confira abaixo!

Importância para a sociedade

A sociedade tem acesso a informações mais seguras e confiáveis que facilitam a tomada de decisões de crédito. Dessa forma, as instituições financeiras se veem obrigadas a oferecer produtos melhores e mais competitivos.

Por ser uma forma de acompanhamento regular e sistemática dos riscos de crédito, o sistema atende às demandas da sociedade. Isso porque ajuda a identificar os bons e maus pagadores. 

Supervisão bancária

O SRC garante a estabilidade do Sistema Financeiro Nacional, já que identifica e previne possíveis crises.

Isso acontece porque é possível monitorar e fiscalizar de forma mais precisa os riscos e perdas das carteiras de créditos das instituições financeiras.

O SRC é vantajoso e importante tanto para os consumidores quanto para as instituições financeiras

Reconhecer esses riscos é importante por conta do extenso histórico de falência bancária, que acontece por conta dos não pagamentos de créditos.

Instituições financeiras

O Sistema de Informação de Crédito beneficia também as instituições financeiras na medida em que permite que tenham um conhecimento mais aprofundado. E até mesmo mais preciso sobre o perfil dos clientes.

O que acaba permitindo uma melhor quantificação de riscos de endividamento. Além de também permitir à instituição observar a forma de utilização dos créditos.

Como funciona o SRC?

Primeiramente, é importante destacar e pontuar que diversas ou quase todas as instituições financeiras são responsáveis por repassar as informações contidas em seus processos.

Este repasse é do total das operações de seus clientes com responsabilidade total igual ou superior ao valor de R$1 mil. 

Mas, também ficam armazenadas nos bancos do Sistema de Informações de Crédito do Banco Central (SRC) as operações de clientes com responsabilidades igual ou superior a R$200, que estejam a vencer ou vencidas.

E toda essa transação e processo precisa, obrigatoriamente, respeitar a privacidade e sigilo do cliente, necessário e firmado em contrato com a instituição. Até porque as empresas só poderão realizar esse tipo de consulta se autorizada pelo cliente.

Ele funciona como um banco de dados onde ficam concentradas as informações sobre concessão de crédito ao consumidor – seja pessoa física ou jurídica.

Além disso, o sistema poderá ter benefícios concedidos ao consumidor ou não, dependendo do seu histórico com transações financeiras: empréstimos, financiamento e outros.

É válido ressaltar neste cenário, porém, que quanto mais crédito você tiver ativo, mais favorável as empresas se sentirão para aceitar as suas solicitações ou sugerir novas.

Quem tem acesso ao SRC?

Essa pergunta também é muito importante e de muita relevância para ser respondida.

Apenas têm acesso ao SRC as instituições financeiras e algumas áreas do próprio Banco Central, sendo sempre autorizadas pelos clientes.

Mas, também poderão ter esse acesso pessoas físicas e/ou jurídicas. Esse acesso ao sistema somente poderá ser feito via internet, correspondência ou presencialmente.

O órgão informa que sob nenhuma condição haverá consulta ao SRC por meio de telefone.

E aí, gostou dessas informações? Este conteúdo te ajudou? Então o compartilhe com mais pessoas para que possam conhecer e saber como funciona o SRC.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

1 COMENTÁRIO

  1. Como gerente geral, somos obrigados a consultar essa ferramenta de trabalho útil para a Instituição Financeira, e, em especial a nossa função no cargo que exercemos para definirmos ações conjuntas com esse cliente na hora de operar com ele.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui