Início Notícias Investimentos Tesouro Selic x Poupança: qual rende mais?

Tesouro Selic x Poupança: qual rende mais?

5
(1)

O dilema de boa parte dos investidores brasileiros é sobre Tesouro Selic X Poupança. Essa dúvida deve-se ao perfil conservador na hora de aplicar seu dinheiro.

É o que comprova a pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil). O levantamento mostra que 65% dos entrevistados guardam algum dinheiro na poupança.

Outros 8% dizem que investem no Tesouro Direto. Boa parte em busca da facilidade de sacar e por não ter sobras para procurar outros investimentos. Outros, por costume e medo de perder dinheiro.

Tesouro Selic x Poupança: como fica com a Selic a 2%?

Com uma taxa de juros tão baixa, onde investir o dinheiro para ter alguma rentabilidade? A dúvida Tesouro Selic x Poupança ainda vale a pena?

A resposta é não. Na prática, a Selic a 2% deixou aplicações em renda fixa ainda menos atraentes. Em muitos casos com rentabilidade negativa.

No caso da poupança caiu para 1,40% ao ano neste cenário. Porém com a expectativa do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), índice oficial de inflação do governo, terminar 2020 em 1,63% ao ano, a taxa real de rendimento da poupança fica negativa em 0,23%

“Investimentos tradicionais como Tesouro Selic e poupança estão se tornando mais uma reserva de valor. O rendimento do Tesouro empata com a inflação, e o da poupança até perde dela. O dinheiro que estiver nessas aplicações é o de curto prazo, aquele que precisamos ter à mão para uma necessidade”, explica o analista de investimentos da Suno Research, Gabriela Mosmann.

Rendimentos da Poupança e Tesouro Selic para 2020

Tesouro Selic x Poupança: qual a melhor aplicação para este ano e no cenário de Selic baixo? A resposta é: Tesouro Direto!

A Poupança rende 70% da Selic. Ou seja, passa a render menos ainda. Com a taxa a 4,5%, a poupança rendia 3,15% ao ano.

Contudo, com os recentes cortes, passou a render 2,625%, caiu para 1,575% e agora chegamos a 1,4% ao ano como explicado acima.

Tesouro Selic X Poupança: os rendimentos não devem ser o único fator que você deve considerar

Portanto, não tem porque investir na poupança que rende 1,4% se você pode investir com risco igual ou menor no tesouro e ter rentabilidade de 2%.

Entretanto, para escolher entre investir em Tesouro Selic ou Poupança, os rendimentos não devem ser o único fator que você deve considerar.

Leve em consideração também:

  • Imposto de Renda;
  • Taxa de custódia;
  • Imposto sobre Operações Financeiras (IOF);
  • Custos da corretora.

Qual melhor investimento para ter mais rentabilidade?

Embora a Taxa Selic tenha reduzido drasticamente, os juros continuam altos, e a renda fixa não precisa ser totalmente descartada de sua carteira de investimentos.

Ela ainda pode fazer parte do portfólio. Contudo, as ações podem (e até devem) fazer parte de seu portfólio, desde que feito com estudo e planejamento, de acordo com seu perfil.

Entretanto, sair da zona de conforto da renda fixa é o primeiro passo para quem deseja dar um “up” na rentabilidade de seus investimentos.

Para tanto, é fundamental se conhecer e, sobretudo, traçar um raio-x o mais completo possível de sua atual situação financeira.

A Selic interfere na vida de todo brasileiro, não importa quem. Portanto, se você tem um bom conhecimento de como anda a taxa básica de juros e como ela funciona, saberá como e quando investir.

Afinal, esta é uma boa informação, principalmente para evitar riscos e desperdícios. O interessante é que a taxa de juros Selic pode funcionar como comparativo para as aplicações de renda fixa, dando um norte para quem investe nesses segmentos.

Descubra a importância do índice aqui!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Rafael Massadar
Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui