Início Notícias Finanças Pessoais Confira 15 tipos de gastos para cortar do orçamento

Confira 15 tipos de gastos para cortar do orçamento

0
mulher mexendo em um celular e em moedas que estão empilhadas em uma mesa
5
(1)

A inflação está em alta, e a renda do brasileiro sofre queda. É a pior situação possível, e, por isso, é preciso saber cortar gastos para economizar e não faltar dinheiro em casa.

Para isso, é necessário definir suas prioridades e montar um planejamento financeiro. É ideal para quem precisa diminuir o orçamento.

Manter um orçamento equilibrado é a receita para uma vida financeira saudável. E se você está vendo que as coisas não estão se encaixando ou o salário não tem sido suficiente é porque tem gastos para cortar do orçamento.

Mudar seus hábitos e da família será essencial para isso. Por exemplo, o lazer comum fora de casa precisa ser trocado por algum divertimento interno, ou substituído por algo que vá custar menos. É preciso estabelecer quais são as prioridades para que consiga ver o seu dinheiro render, caso contrário terá mais despesas do que economias.

Você já pensou em receber os amigos em casa em vez de marcar em um bar ou restaurante? Todos ficam mais à vontade e ainda economizam com a conta final.

E com os filhos: já pensou em fazer uma sessão de cinema em casa? Alugar filmes no pay per view ou pagar por um serviço de streaming de filmes, como Netflix ou Amazon, sai bem mais em conta do que uma ida ao cinema de todos.

Com esses poucos exemplos, provamos que é possível sim diminuir seus gastos. Basta que todos da casa colaborem para esse fim. Além de evitar problemas com dívidas e juros que só causam mais dor de cabeça depois. Mas há outras dicas, como veremos a seguir.

Gastos para cortar do orçamento

Se parar para pensar, são muitos os gastos que podem ser cortados do orçamento para dar aquela aliviada. Alguns desnecessários, outros que podem ser substituídos.

Para ajudar, confira abaixo cinco tipos de gastos que podem estar presentes no seu orçamento, mas se forem retirados não farão tanta falta assim.

#1 Supermercado

Entender como diminuir gastos com supermercado inclui uma avaliação do consumo da sua família. Já pensou se todos os itens da sua lista são mesmo essenciais?

As marcas que vocês consomem são as mais baratas? É possível substituir algum alimento por outro ou trocar a marca? Os mercados também costumam ter dias de promoção de determinados produtos, o que pode ajudar nessa economia.

#2 Gastos com papéis e impressões

Procure evitar gastar muitas folhas e papéis, seja na vida pessoal ou profissional. Isso pode refletir na sua vida financeira.

Corte o consumo de folhas para impressão no seu orçamento. Utilize mais o virtual, os textos online ou ebooks, para evitar a necessidade de imprimir.

Além disso, se você gosta de anotações, também pode utilizar o bloco de notas do celular ou algum anotador de seu eletrônico, assim, evitará o gasto com cadernos, agendas, e folhas.

Caso seja necessário, reduza o consumo. Como? Utilizando sempre frente e verso.

#3 Consumo de energia elétrica

Trocar as lâmpadas pelas fluorescentes, não ficar abrindo a geladeira para então pensar no que vai pegar ali, evitar deixar eletrodomésticos no modo stand by, evitar muitos utensílios elétricos como forninhos e panelas, adquirir uma geladeira com modo econômico, são apenas alguns itens que você pode reduzir.

#4 Consumo de água

Evitar banhos demorados e desligar a torneira enquanto passa o sabão, reduzir o registro hidráulico, lavar o quintal e o carro com o auxílio de um balde em vez de deixar a mangueira aberta desperdiçando, são apenas algumas maneiras de economizar ainda mais nas suas contas domésticas.

#5 Ligações

Se você está disposto a cortar gastos do orçamento pode começar pelas ligações, principalmente se você não tem um plano controle e faz recarga de créditos regularmente.

Com um mundo cada vez mais tecnológico, o que não falta são aplicativos de mensagens que podem facilitar o contato e evitar o custo com ligações.

Além disso, se você não quer deixar de ter o contato por voz, alguns disponibilizam essa opção, basta ter uma conexão com a internet.

Esse tipo de economia é válido para pessoas físicas e também para as empresas. Isso porque há tempos surgem formas ainda mais econômicas de se comunicar também corporativamente.

A maioria das empresas possuem um sinal de Wi-fi, assim como as residências. Além disso, todos os aplicativos disponíveis são gratuitos, o que facilita ainda mais a cortar esses gastos.

#6 Salão de beleza

Você realmente precisa fazer as unhas toda semana no salão de beleza? E hidratação, não seria melhor optar por tratamentos caseiros? A escova é realmente necessária com frequência?

Por que não assumir os cachos naturais? Trocar as idas semanais por soluções caseiras, como você mesma fazer as unhas – lembre-se que esse gasto é em torno de R$40, R$50, no mínimo – , pode ajudar a enxugar seu orçamento.

#7 Estacionamento

Esse é um custo bastante discutível, que pode ser claramente cortado do orçamento. Muita gente costuma pagar por estacionamento de maneira antecipada, por mês, e esse valor, se muito alto, pode pesar no final do mês.

Além disso, há quem opte por pagar a diária ou a hora no estacionamento, que costuma ser fracionada. Nesses casos, a despesa pode ser ainda maior pois varia de acordo com o dia de uso.

A dica é que se possível corte essa despesa do orçamento. Mas como? Deixando o carro em casa. Vá de transporte público ou utilize os carros de aplicativo particular. Você pode, também, procurar por estacionamentos públicos.

É possível cortar alguns gastos do orçamento para economizar

#8 Alimentos pré-prontos

Essa opção pode trazer comodidade, mas é mais um gasto que pode ser cortado do seu orçamento. Se você costuma comprar alimentos pré-prontos, como comidas congeladas e industrializadas, mude esse costume.

Isso porque a quantidade que você adquire em um produto embalado ou enlatado, pode ser obtida em número bem maior se feito manualmente, de maneira natural. O custo-benefício é maior.

Por exemplo, o custo de uma lasanha feita em casa é menor pelo fato de ser em maior quantidade, se for comparada à mesma quantidade por embalagem.

Outro exemplo são as pipocas de microondas. O preço de um pacote de milho sai muito mais em conta e produz mais do que vários pacotes de pipoca de microondas.

#9 Telefone fixo

Esse é um corte de gasto no orçamento que está cada vez mais presente nas famílias e residências. É comum uma casa abrir mão de um telefone fixo e se você pode ter essa opção faça, pois será menos uma despesa no final do mês.

Antigamente, a necessidade de um telefone fixo era muito grande para a comunicação entre as famílias. No entanto, com a chegada do celular, aparelho utilizado por todas as gerações, quase não se vê mais a necessidade do telefone fixo.

Os custos com telefonias são cada vez maiores. E o valor a ser pago por uma conta de celular é cada vez mais vantajoso, pois inclui o uso de internet e mensagens de texto, por isso, pode ser substituído sem impactar tanto assim.

#10 Tarifas bancárias

Poucas pessoas sabem, mas as taxas e tarifas bancárias podem pesar bastante no bolso dos brasileiros. Por isso, cortar essa despesa é uma forma de conseguir aliviar o seu orçamento e também conseguir economizar dinheiro.

Uma curiosidade é que essas tarifas podem chegar a mais de R$1.000 ao ano, juntando as mensalidades da conta e anuidade do cartão de crédito. 

Por isso, a dica é procurar analisar se o serviço bancário que você está utilizando é mesmo essencial para você. Caso não, entre em contato com a instituição financeira para realizar a troca por uma taxa mais em conta.

Além disso, muitos bancos oferecem aos clientes algumas opções gratuitas para a abertura de contas corrente e taxa zero para a utilização de diversos serviços bancários. Esses costumam ser encontrados nas versões de conta digital ou pacotes de serviços básicos, basta escolher o que mais se adequa às suas necessidades.

#11 Juros das contas atrasadas

Ao atrasar o pagamento de uma conta, principalmente a fatura do cartão de crédito, os juros cobrados podem se tornar um problema no seu orçamento financeiro. E é por esse motivo que você deve se atentar ao vencimento de cada conta.

Tenha em mente que pagar uma conta em dia também é uma forma de economizar. Ainda mais as faturas de cartões, que costumam ter juros e taxas de atraso muito altas. Um dia sem pagar já pode ser cobrado um valor exorbitante.

E caso você pense que R$1 ou R$2 de valor pago a mais não faz diferença, saiba que está muito enganado. Isso porque ao longo do ano e, do acúmulo de diversas contas, o valor pago pode ser mais alto do que você imagina.

Sendo assim, tente pagar as suas contas sempre em dia. Caso isso não seja possível, procure pagar o que tem o juros mais alto, assim você evita criar uma bola de neve no seu orçamento financeiro.

#12 TV a cabo e serviços de streamming/assinaturas

Com o aumento na variedade de serviços de streamming, podemos assinar diversos na empolgação e acabar nem consumindo esse tipo de gasto. Como essas cobranças geralmente são realizadas em cartão de crédito, é comum passar “despercebido” e, no fim do mês, acabar somando nos gastos.

Com a TV a cabo acontece a mesma coisa. Será que você consome o quanto paga? Pense em sua rotina, no seu tempo livre e se você não poderia reduzir o plano ou até mesmo abrir mão de tê-lo, caso não valha a pena.

#14 Ingressos de shows, cinemas e teatros

A dica aqui não é parar de comprar os ingressos, de forma alguma. Mas existem muitas formas de barateá-los.

Muitas instituições financeiras possuem promoções periódicas ou permanentes que te possibilitam usar descontos e condições especiais para esse tipo de evento.

Além disso, existe a possibilidade da meia entrada, para quem possui direito.

#15 Dinheiro de lanche e água

Um gasto que pode parecer bobo, mas no fim das contas pode fazer bastante diferença é o valor de lanches e água que você compra fora de casa. Para reduzir, você pode simplesmente prepará-los antes de sair e levar.

Tenha sempre uma garrafinha para manter sua hidratação em dia, além de comidas para que você passe o dia sem precisar comprar coisas fora do orçamento. Invista em frutas, cereais e sucos naturais, que são opções bem saudáveis e baratas.

A sua saúde também vai agradecer, visto que você ficará menos exposto a comidas industrializadas.

Se não puder cortar gastos do orçamento, reduza-os

Em alguns casos não será possível cortar os gastos, seja por motivo profissional, pessoal ou de tradição. Nesse último, por exemplo, um apego ao uso pode não deixar se livrar dessa despesa.

Mas em muitos casos é possível reduzir o consumo e esse gasto poderá ser bem menor, o que já ajuda a interferir no final do mês para o orçamento.

Alguns gastos que podem se reduzidos são:

  • Consumo de energia, dados de internet e comida;
  • Tarifas bancárias;
  • Assinaturas de TV;
  • Mensalidades;
  • Juros por atrasos;
  • Ingressos (pague com desconto, se possível).

Entenda como fazer um orçamento doméstico

O Procon de São Paulo publicou uma cartilha em que ensina os consumidores justamente a montar um orçamento doméstico. Essa forma de planejamento é essencial para ter controle dos gastos e também para economizar.

De acordo com o Procon-SP, os grandes vilões que atrapalham o seu orçamento são: as compras por impulso, uso do cheque especial, pagar apenas o mínimo da fatura do cartão de crédito, fazer um financiamento sem um planejamento e falta de controle em gastos diários e mensais.

A seguir, com base em algumas lições também da cartilha, listamos sete dicas de como diminuir as despesas fixas. Reduzir as fixas e evitar outras que você pode controlar, evitam surpresas no final do mês.

Este conteúdo te ajudou? Procure realizar as dicas que estão neste artigo para você ter uma economia no seu orçamento. Compartilhe com outras pessoas para ajudar a quem também precisa conhecer essas dicas.

*Colaboração: Isabella Mercedes

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui