Vai faltar dinheiro da caderneta de poupança para financiar imóveis, alerta Abecip | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,238
Euro R$ 4,030
Bitcoin R$ 35.500,01
Bovespa 74.538,54
CDI 8,14% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,546
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Vai faltar dinheiro da caderneta de poupança para financiar imóveis, alerta Abecip

Os financiamentos imobiliários lastreados por recursos da caderneta de poupança alcançaram, em 2010, o valor recorde de R$ 56,2 bilhões, 65% a mais do que em 2009. Esse ritmo de crescimento é “ótimo”, segundo a Associação Brasileira de Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip), mas está com o futuro ameaçado. O saldo das cadernetas de poupança não tem crescido tanto quanto a demanda por imóveis.

O presidente da Abecip, Luiz Antonio França, disse que, em cerca de dois anos, o valor dos financiamentos deve chegar ao limite de 65% do saldo das cadernetas que os bancos são obrigados a ofertar. A partir de então, os empréstimos não crescerão mais até que os depósitos da poupança aumentem ou seja encontrada uma outra fonte de recursos para o crédito imobiliário.

Em 2010, o saldo das cadernetas de poupança cresceu 18% e atingiu o valor de R$ 299,9 bilhões. Com este montante, e já considerando o limite dos 65%, os bancos podem emprestar até cerca de R$ 195 bilhões para compra de imóveis. França afirmou que os bancos já emprestam, aproximadamente, R$ 100 bilhões.

“Vamos ter de colocar outra forma de funding [fonte de recursos], pois a demanda cresce mais do que o saldo das cadernetas”, afirmou ele. “Estamos enxergando escassez de funding na caderneta de poupança.”

Segundo França, os bancos já estão discutindo soluções para o problema que se aproxima. Uma das propostas é o governo permitir que as instituições financeiras emitam títulos para captar recursos específicos para o financiamento imobiliário. O que poderá acarretar em mudanças nas atuais condições dos empréstimos. Segundo França, empréstimos que usam a receita dos títulos como fonte de recursos devem ter juros mais altos dos que os que utilizam o dinheiro da poupança.

O presidente da Abecip disse que a redução dos impostos cobrados dos mutuários e dos bancos poderia baratear essa modalidade de crédito. Ele assegurou que o governo está buscando soluções. “Estamos trabalhando muito com a Secretaria de Política Econômica [do Ministério da Fazenda]. Felizmente, o governo se sensibilizou sobre o assunto”.



Fonte: Enfoque Informações Financeiras

Recebido em:
15/02/2011 18:30:50

HeadLines Enfoque
Copr 2007 Enfoque Informações Financeiras







Mais lidos

Para que serve realidade virtual? Vale a pena investir?
Para que serve a realidade virtual? Se você pensou em jogos, está certo. Mas, não é apenas para ...
Trader: o que é e como ele ganha dinheiro
O que é trader? É um investidor do mercado financeiro. Ele busca ganhar dinheiro com operações d...
Aplicativos de gestão: um guia completo
Gerenciar uma equipe e inúmeros projetos sempre foi uma tarefa trabalhosa que poucos davam conta de...
Planejamento financeiro: 5 dicas para fazer o seu
Planejar está no topo da lista de recomendações dos especialistas para quem quer ter sucesso na v...
Captação de recursos: saiba como funciona
A captação de recursos funciona para angariar fundos para financiar ONGs, projetos inovadores e at...
Sites de crowdfunding: como financiar seu projeto
O financiamento coletivo é uma forma de captação de recursos para seus projetos. Isso acontece at...




Publicidade