Início Criptomoeda Descubra se ainda dá tempo de investir em criptomoedas

Descubra se ainda dá tempo de investir em criptomoedas

0
moeda sendo retirada de uma carteira
4.8
(5)

O mercado de criptomoedas global passa por um período sensível e desafiador por causa de recentes perdas. Por isso, cada vez mais aumenta a dúvida se ainda vale investir em criptomoedas.

Especialistas no assunto dizem que segue valendo a pena, como mais uma opção entre tantos ativos. A questão é o quanto de volatilidade o investidor aguenta. Afinal, como ficou exemplificado nesta semana, o bitcoin é mais recomendado para os que têm nervos de aço.

Mas os números não mentem. Tem, sim, muita gente aposta e ganha dinheiro investindo em criptomoedas.

Para se ter ideia, o investimento em criptomoeda está entre os três preferidos dos clientes de plataformas no Brasil.

É o que aponta uma pesquisa da Escola de Economia de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EESP) em parceria com a gestora de fundos de criptoativos Hashdexe.

De acordo com o site CoinTraderMonitor, os brasileiros negociaram R$103,5 bi em criptomoedas em 2021. Esse valor representa um crescimento de 417% em relação ao mesmo período de 2020.

Além do bitcoin, existem mais de 1.000 criptomoedas diferentes. São muitas as opções de investimento. Se você ainda tem dúvidas sobre o que é e como funciona a criptomoeda, veremos isso a seguir.

E também vamos analisar se esse cenário pode ser realmente uma bolha, como dizem. Será que ainda dá tempo de você ganhar dinheiro com moedas virtuais?

O que é criptomoeda e como funciona

Criptomoeda, moeda virtual, moeda digital. Os três termos querem dizer a mesma coisa. É um código virtual que pode ser convertido em valores reais.

A cotação, compra e venda acontece anonimamente pela internet. A negociação se dá sem burocracias e sem intermediários. Caracterizada pela ausência de um sistema monetário regulamentado e da submissão a uma autoridade financeira.

A inovação tecnológica por trás da criptomoeda é conhecida como blockchain ou “protocolo da confiança”. São bases de registros e dados compartilhados, tendo como principal medida de segurança a descentralização.

A moeda digital funciona como o dinheiro em espécie. Sua função é permitir transações de compra e venda de bens e serviços. E também a transferência de valores pela internet, sem as taxas cobradas por instituições financeiras e bancárias. Confira vantagens e desvantagens da moeda virtual.

Afinal, criptomoeda é bolha?

Vinicius Maximiliano Carneiro é advogado corporativo e gestor contábil. Em entrevista ao FinanceOne, ele apontou que a demanda atual pela criptomoeda é alta, principalmente, por dois motivos:

  • A mídia contribuindo para que a procura seja maior, quando famosos passam a investir e cria-se uma credibilidade “frágil”;
  • A ideia de guardar a criptomoeda como um patrimônio financeiro, já que ela não é comercializável fisicamente.

Mas diante desse boom, pode realmente surgir o momento de quebra. A oferta baixa e a alta procura forçam a cotação a um patamar muito elevado.

Ainda vale a pena investir em criptomoedas

“A história se repete, quase que à perfeição: um ativo espetacular, com valorização estrondosa, com investidores de credibilidade, uma bolha de mercado e uma quebra sem precedentes quando o sistema se torna insustentável”, explicou o advogado.

Para ele, estamos vivendo uma “Serra Pelada digital”. Mas em vez de pás e picaretas, são CPUs e GPUs ultra-potentes para decifrar milhares de algoritmos. Entenda mais sobre essa história de bolha!

+ ETF de Criptomoedas: o que é e como funciona

Ainda dá para investir em criptomoedas?

O fato é que as moedas digitais ainda dividem bastante os investidores. De um lado, perfis ousados arriscam nela. E de outro, investidores mais cautelosos dão passos para trás com medo da ideia da bolha.

Há muitos argumentos para dizer que as criptomoedas não vão desaparecer. Fica aquela pergunta: será que você deveria investir em bitcoins antes que estoure essa bolha? Há uma grande corrente entre especialistas que defende que sim, ainda dá tempo de ganhar dinheiro.

O que você precisa fazer é analisar suas possibilidades. A unanimidade é que as criptomoedas são um investimento de risco. Não vá, por exemplo, vender tudo para investir nelas.

As principais recomendações são experimentar comprando pequenas quantidades. É possível, inclusive, não comprar nem uma unidade inteira, mas apenas uma parte. Com 10 dólares você já pode investir.

Outra dica é não investir a sério em algo que você não entende. Os bitcoins ainda são uma grande incógnita para muitos investidores. Comece com um pequeno portfólio de criptomoedas e brinque com ele. Assim você não corre o risco de perder quantias grandes.

O advogado Vinicius Maximiliano avalia esse mercado como uma excelente opção de investimento de altíssimo risco, com altíssimos ganhos. É mesmo para quem está disposto a perder dinheiro. Se você não tem perfil de investidor agressivo, jamais se aventure no mercado das criptomoedas.

@financeonebr

A queda livre do Bitcoin tem assustado muita gente nos últimos dias… mas já parou pra pensar que isso pode ser uma oportunidade de compra? #btc #bitcoin #cripto #criptomoedas

♬ ACORDA PEDRINHO – Jovem Dionisio

Investir em criptomoedas: entenda a diferença entre risco e volatilidade

Se você quer investir em criptomoedas precisa saber que é preciso aprender sobre elas e assim como todo aprendizado, isso é um processo. Sendo assim, pode levar algum tempo, por isso quanto antes começar melhor.

E quando surge o interesse por criptoativos, junto aparece a seguinte pergunta: será que é arriscado? Assim como tudo na vida, existem diversos níveis de risco no mercado. O Bitcoin até o momento não é tão arriscado assim.

+ Como minerar Bitcoin? Confira o guia completo

Além disso, é necessário entender a diferença entre risco e volatilidade. Isso porque é a volatilidade que fará os investidores ganharem dinheiro ao comprar na baixa de uma criptomoeda.

E é importante estar atento à volatilidade, já que as altcoins, quando corrigem, podem perder muito mais valor que o Bitcoin. Por isso, ao investir nessas criptomoedas, é preciso analisar o projeto como um todo.

Como investir em Bitcoins?

Para investir é preciso ter uma conta em uma corretora de valores que trabalhe com Bitcoins, ou em uma exchange, empresa que se dedica à comercialização de criptomoedas.

As exchanges são diferentes das corretoras nas quais você investe em títulos do Tesouro direto ou fundos de investimento. Nelas, os únicos produtos oferecidos são as moedas virtuais.

Lembre-se que é possível investir em Bitcoin com pouco. Apesar de a unidade da moeda estar com alto valor em reais, não é preciso ter todo esse valor para investir.

Afinal, é possível comprar o Bitcoin fracionado, com o valor proporcional ao número de partes que você adquire.

Uma vez aberta a sua conta na corretora ou exchange, o processo é parecido com o da compra de uma ação: você transfere o seu dinheiro para a empresa e os reais serão utilizados para a compra de Bitcoins.

Contudo, um ponto a considerar na hora de escolher uma exchange é que podem ser cobradas algumas taxas, como taxa de execução de ordem e taxa de saque, o que interfere no custo da operação.

E a informação mais importante é: o valor de compra não assegura que o mesmo valor servirá para a venda, isso depende da demanda e procura.

Por ser a criptomoeda mais popular do mercado, o Bitcoin não tem risco tão alto de liquidez. Ou seja, a procura pela moeda é grande, o que dá uma certa facilidade para a venda.

Mas, se você está pensando em investir em outra moeda digital, a liquidez é um ponto a se considerar devido à menor procura.

Gostou do conteúdo? Então compartilhe com um amigo que ainda esteja na dúvida se deve ou não investir em criptomoedas.

O que achou disso?

Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 5

Seja o primeiro a avaliar este post.

O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui