Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Como conseguir um financiamento para empreender

Escrito por: Priscila Gomes em 21 de setembro de 2018

Empreender no Brasil é “coisa de louco”. São impostos, taxas e muita burocracia, mas as dificuldades devem ser enfrentadas. O financiamento está à disposição para isso. Você sabe como conseguir um financiamento para empreender?

Neste artigo você verá:

• Onde buscar financiamento

• Como conseguir um financiamento para empreender

• Tipos de financiamento

financiamento para empreender
Você sabe como conseguir um financiamento para empreender? Confira nossas dicas

Pequenas e médias empresas optam por esta linha de crédito por precisarem investir à curto prazo grande quantidade de verba em seus negócios. Sempre há alguma finalidade, sendo que a mais comum é conseguir ampliar o empreendimento.

Mas são necessários alguns cuidados antes de pedir recursos aos bancos ou demais instituições que oferecem o serviço. Um dos cuidados mais básicos é avaliar a necessidade e analisar qual é o melhor lugar para fazer um financiamento.

Onde buscar financiamento?

Escolher a instituição financeira é uma decisão difícil porque cada uma oferece uma linha de credito diferente para situações diversas. Para empresas que ainda não nasceram, por exemplo, conseguir financiamento é mais difícil por conta da dificuldade do banco de analisar os riscos da transação.

Conheça algumas opções e condições de linhas de credito para empreender:

Cartão BNDES: crédito pré aprovado de até R$1 milhão para micro, pequenas e médias empresas. Disponível no Banco do Brasil, Caixa, Bradesco, Itaú e outros.

BNDES Finame: costuma financiar maquinas e equipamentos cadastrados em sua plataforma. Cobra por volta de 4% de juros, com prazo de pagamento de até 120 meses.Pode ser solicitado em todos os bancos.

Linhas de capital de giro: ofertada por todos os bancos, libera recursos para gastos relacionados ao estoque, pagamento de funcionários e fornecedores. Juros de 1% ao mês.

Proger Urbano: especialmente para micro e pequenas empresas, com juros de até 5% ao ano. Financia com o sem capital de giro interligado, podendo pagar em até 96 meses. Disponível no Banco do Brasil e Caixa.

Crescer: este programa oferece microcrédito de até R$15 mil para negócios. Com juros de 5% ao ano, pode ser pedido no Banco do Brasil e na Caixa.

Instituições governamentais também são fontes de recursos para quem deseja inovar em pesquisa e empreendedorismo. Os mais utilizados são o CNPq e o Finep. Ambos oferecem financiamentos reembolsáveis e não reembolsáveis, de acordo com suas regras específicas.

Como conseguir um financiamento para empreender

Em uma pesquisa, a Firjan identificou que 76,4% dos jovens veem o empreendedorismo com uma realização pessoal ou sonho. Este dado mostra que existe motivação para buscar a concretização de um sonho.

Por conta das dificuldades financeiras, muitos destes sonhadores recorrem ao financiamento para empreender. Caso você se identifique com estas questões, veja o passo a passo para conseguir um financiamento.

Passo 1: verifique a necessidade da empresa

Há, realmente, necessidade de obtenção de crédito? Reveja os cálculos e a finalidade do investimento. O financiamento para empreender deve ser feito se houver a real necessidade, como último recurso disponível para o negócio.

Passo 2: pesquise sobre as instituições

É um dos itens mais importantes deste processo. Confira se o banco oferece um financiamento que se encaixa com seu negócio, além das taxas e prazos de pagamento. As condições serão essenciais para que se consiga cumprir com os pagamentos.

Passo 3: faça um bom plano de negócios

Para conseguir um financiamento para empreender será preciso organizar um plano de negócio para apresentar ao banco ou instituição. É importante para que o financiador veja se o projeto é viável.

O banco irá aceitar financiar um projeto com o menor risco possível, por isso, foque no planejamento e mostre que seu negócio vale a pena. Mostre toda a capacidade da empresa.

Passo 4: realize o pedido de financiamento

Vá até a instituição e apresente a proposta e toda a documentação indicando sempre a viabilidade do planejamento e aguarde o retorno.

Tipos de financiamento para empresas

Há diferentes tipos de financiamentos para empreender, sendo os mais comuns:

• Cheque especial – alternativa ideal para dívidas a curto prazo por conta do Imposto sobre Movimentação Financeiras (IOF) e a taxa de contrato;

• Leasing – para médio e longo prazo, indicado para compra de equipamentos e veículos;

• Antecipação de recebíveis – modalidade de crédito onde se antecipa o recebimento do dinheiro da própria empresa;

• Conta garantida – parecida com o cheque especial na qual a maior vantagem é liberdade para utilizar a verba;

• Empréstimo – por conta da taxa de juros e carência, é necessário ter cuidado com esta opção.

Vantagens e orientações

Uma vantagem do financiamento é o crédito é obtido com rapidez e certa facilidade – dependendo dos riscos do negócio. Também há flexibilidade nos pagamentos e liberação de mais dinheiro para a empresa, já que normalmente não há cláusulas de impedimento.

Esteja ciente que conseguir o financiamento para empreender é a parte mais fácil de um negócio. Por isso, tenha sempre em mente que para ter um bom desempenho é necessário boa administração para que consiga arcar com os prazos e demais compromissos da empresa.

Uma vantagem do financiamento é o crédito é obtido com rapidez e certa facilidade – dependendo dos riscos do negócio. Também há flexibilidade nos pagamentos e liberação de mais dinheiro para a empresa, já que normalmente não há cláusulas de impedimento.

Mas, de todo modo, antes de solicitar o seu financiamento para empreender, saiba o valor exato e liste todas as informações sobre como o recurso será investido. Estes dados devem constar em seu plano de negócios. Lembre-se: o ideal é sempre acrescentar algum valor no capital de giro para dar margem a dívidas extras não planejadas.

Priscila Gomes

Jornalista. Gosto de abraços, aniversários e do Natal. Atualmente produzo conteúdo para internet e faço assessoria sindical.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

hábitos dos investidores inteligentes
aposentadoria compulsória
empresas fechadas
Robô
máquina-de-cartão-de-crédito no celular