Dash hoje - Valor e Cotação

BRL
USD
EUR
dashDash (DASH)
R$787,59
dashDash (DASH)
$ 155.78
dashDash (DASH)
129,78

Tempo de leitura: 4 minutos
 
Não dá mais para negar que as moedas virtuais ganharam o seu espaço no mercado financeiro e já competem com outros investimentos. E quem está buscando por alternativas ao Bitcoin e Ethereum pode encontrar o Dash. Talvez você ainda não tenha escutado falar no Dash, mas ele é uma criptomoeda utilizada para realizar pagamentos online. E é claro que também pode ser uma grande oportunidade de investimento. Uma curiosidade sobre essa criptomoeda é que o nome vem de digital cash. Além disso, ela tem uma organização autônoma e totalmente descentralizada.  Uma vantagem é a possibilidade das transações ocorrerem com mais agilidade, segurança e preços mais baixos quando comparadas ao Bitcoin. Ficou curioso e quer saber mais sobre o Dash? O FinanceOne preparou um artigo completo com as informações mais importantes que você precisa saber. Confira abaixo!

Dash: o que é?

Para quem não conhece a criptomoeda Dash, ela é peer-to-peer, que significa par a par. O Dash conta com código aberto, seguindo o modelo de organização autônoma como já foi dito acima. O principal resultado dessa criptomoeda é garantir a privacidade, anonimato e velocidade da transação que é realizada. Além de ser uma bifurcação do Bitcoin. O Dash foi criado por Ryan Taylor e lançado em 2014. A moeda virtual surgiu a partir de uma versão modificada do sistema do Bitcoin. E é por esse motivo que você pode achar as funcionalidades das duas criptomoedas bem parecidas.  Vale ressaltar ainda que o Dash é open source, sendo assim, qualquer usuário pode implementar o software da criptomoeda para realizar pagamentos, enviar e receber moedas. Além de ser uma alternativa ao dinheiro e até mesmo aos cartões de crédito. O Dash ainda é uma solução para as remessas internacionais, principalmente em países em que a liberdade financeira é mais limitada. Dessa forma, a moeda permite uma liberdade e um controle para os usuários.  Sendo assim, não é preciso lidar com a burocracia, as complexidades das taxas de câmbio, os atrasos e as cobranças que aumentam a carga financeira.

Quais são as vantagens e riscos da Dash?

É sempre bom conhecer a fundo todas as novidades que surgem no mercado financeiro. E, por isso, você vai conferir agora algumas vantagens e riscos da Dash, que são muito importantes para avaliar se vale a pena este investimento. Como já mencionado, uma das principais vantagens da moeda é a descentralização. Mas, além dessa, há várias outras que podem te fazer escolher. Como por exemplo, a boa aceitação como moeda. Isso mesmo, muitos comerciantes já aceitam o Dash. E mais, permitem que os usuários comprem serviços e produtos em qualquer lugar do mundo usando tokens do próprio Dash. Outra vantagem é que a taxa média de transação ainda é baixa. Isso significa que os usuários não precisam pagar muito pelo uso da conveniência, bem como pela eficiência da moeda virtual.  Além disso, é possível comprar a criptomoeda facilmente em exchanges e de forma online. Também é bem fácil receber a moeda de outros usuários.  Para quem ainda não sabe, o Dash conta com um aplicativo móvel para diversas plataformas. O objetivo é trazer mais conveniência e recursos para o dia a dia. Mas nem só de vantagens vive o Dash. Tem também os riscos que se corre. O maior é com relação à volatilidade. Isso porque o preço das criptomoedas geralmente pode aumentar ou diminuir rapidamente e de maneira imprevisível.  E o que isso significa? Que é preciso ter bastante cuidado com seus investimentos. Além disso, também é importante estar sempre atualizado sobre novos desenvolvimentos para garantir que você tome decisões mais acertadas. 

Diferença do Dash para as outras criptomoedas

São várias as criptomoedas que existem. Mas, nem todas são iguais e possuem as suas peculiaridades. E com o Dash não seria diferente, né? Com relação às demais criptomoedas, principalmente o Bitcoin, a principal diferença está nas suas funcionalidades. Isso porque o Dash introduziu masternodes para incentivar os consumidores com pagamentos para proteger a rede e adicionar recursos. Além disso, diferentemente do Bitcoin, cujas suas contribuições são voluntárias e não incentivadas, parte de cada bloco do Dash é alocada no Orçamento de Desenvolvimento e Promoção de Rede. Dessa forma, os desenvolvedores e promotores da moeda recebem pagamentos por suas contribuições.

Últimos Artigos sobre Criptomoedas

Real Digital: o que já se sabe sobre a moeda digital brasileira

O Banco Central está trabalhando na criação de uma moeda digital brasileira, conhecida como Real Digital. A instituição divulgou, no dia 24 de maio, os critérios...

Com as inovações do setor bancário, como fica o mercado de câmbio?

O setor bancário tem inovado bastante nos últimos anos, tanto na segurança quanto na melhoria de experiências do cliente com o setor financeiro e...

Mercado cambial: conheça os conceitos básicos

Sempre que vamos viajar para outro país é preciso fazer uma operação de câmbio. Em termos simples, é a compra de moeda de outro...

Como é calculada a cotação do dólar na fatura do cartão?

Você já realizou compras internacionais com o cartão de crédito, seja pela internet ou durante uma viagem? Se a resposta foi sim, pode ser...

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui