Dolar neste momento: R$ 5,20

Faça sua busca de cotação por período:

Tabela de valores em Dolar convertidos em real

DolarREAL
US$ 1,00 (um Dolar)R$ 5,20
US$ 2,00 (dois Dólares)R$ 10,40
US$ 5,00 (cinco Dólares)R$ 26,00
US$ 10,00 (dez Dólares)R$ 52,00
US$ 25,00 (vinte e cinco Dólares)R$ 130,00
US$ 50,00 (cinquenta Dólares)R$ 260,00
US$ 100,00 (cem Dólares)R$ 520,00
US$ 500,00 (quinhentos Dólares)R$ 2.600,00
US$ 1.000,00 (mil Dólares)R$ 5.200,00
US$ 10.000,00 (dez mil Dólares)R$ 52.000,00
US$ 50.000,00 (cinquenta mil Dólares)R$ 260.000,00
US$ 100.000,00 (cem mil Dólares)R$ 520.000,00
US$ 500.000,00 (quinhentos mil Dólares)R$ 2.600.000,00
US$ 1.000.000,00 (um milhão de Dólares)R$ 5.200.000,00

Tabela de valores em Real convertidos em Dolar

REALDolar
R$ 1,00 (um Real)US$ 0,19
R$ 2,00 (dois Reais)US$ 0,38
R$ 5,00 (cinco Reais)US$ 0,96
R$ 10,00 (dez Reais)US$ 1,92
R$ 25,00 (vinte e cinco Reais)US$ 4,81
R$ 50,00 (cinquenta Reais)US$ 9,62
R$ 100,00 (cem Reais)US$ 19,23
R$ 500,00 (quinhentos Reais)US$ 96,15
R$ 1.000,00 (mil Reais)US$ 192,31
R$ 10.000,00 (dez mil Reais)US$ 1.923,08
R$ 50.000,00 (cinquenta mil Reais)US$ 9.615,38
R$ 100.000,00 (cem mil Reais)US$ 19.230,77
R$ 500.000,00 (quinhentos mil Reais)US$ 96.153,85
R$ 1.000.000,00 (um milhão de Reais)US$ 192.307,69

Histórico do Dolar

DataValor
22/12/2020R$ 5,13
21/12/2020R$ 5,19
20/12/2020R$ 5,10
19/12/2020R$ 5,10
18/12/2020R$ 5,11
17/12/2020R$ 5,08
16/12/2020R$ 5,11
15/12/2020R$ 5,10
14/12/2020R$ 5,02
13/12/2020R$ 5,07
12/12/2020R$ 5,07
11/12/2020R$ 5,07
10/12/2020R$ 5,09
09/12/2020R$ 5,11
08/12/2020R$ 5,11
07/12/2020R$ 5,10
06/12/2020R$ 5,16
05/12/2020R$ 5,16
04/12/2020R$ 5,17
03/12/2020R$ 5,18
02/12/2020R$ 5,21
01/12/2020R$ 5,30
30/11/2020R$ 5,29
29/11/2020R$ 5,34
28/11/2020R$ 5,34
27/11/2020R$ 5,36
26/11/2020R$ 5,33
25/11/2020R$ 5,36
24/11/2020R$ 5,39
23/11/2020R$ 5,35
22/11/2020R$ 5,38

O dólar é a moeda mais influente e importante no mundo. Não é à toa que influencia diversos aspectos mercadológicos, investimentos e até o seu dia a dia, como veremos a seguir.

No momento em que uma pessoa decide comprar ação de uma grande empresa até quando vai viajar, ou mesmo nos preços do supermercado do seu bairro. Em todas essas situações a cotação da moeda pode impactar.

Por isso é tão importante estar atento às oscilações da moeda e por isso ela está presente diariamente no noticiário nacional. Saiba mais sobre o dólar e sua cotação!

Como funciona a cotação do dólar

A cotação da moeda nada mais é que o valor da moeda norte americana em relação a uma outra. Por exemplo, se a cotação estiver a R$4 (moeda brasileira), significa que US$1,00 (1 dólar) está valendo quatro reais.

Por outro lado, R$1 (real) valerá US$0,25 (dólar). Mas, afinal, como esse valor é determinado?

Todas essas questões envolvendo câmbio, cotações e mercado internacional podem parecer complicadas. Mas, para entender o básico da cotação do dólar basta conhecer a lei da oferta e da procura.

Quando a demanda é maior do que a oferta, os preços tendem a subir. Porém, quando a oferta é maior que a procura, os preços tendem a baixar!

dólar
Entenda como é feita a cotação do dólar

O valor da moeda, ou seja, a cotação do dólar, também varia de acordo com essa lógica.

Fatores econômicos e políticos de um país vão atrair ou afastar o capital estrangeiro, fazendo com que ele entre em maior ou menor quantidade. É nesse ponto que entra a lei da oferta e da procura definindo o valor da moeda para compra e venda.

Mas não para por aí. O Banco Central pode intervir com práticas para equilibrar o valor de moeda caso julgue necessário.

Por exemplo, se o Banco Central achar que o valor do dólar pode prejudicar a economia brasileira, ele está autorizado a realizar leilões e compras para interferir na demanda e oferta da moeda. Desta forma, o preço é impactado.

Você conhece os tipos de cotação do dólar?

Na hora de consultar a cotação da moeda você vai reparar que existem alguns tipos diferentes, como o dólar comercial e turismo. Se já viajou, talvez tenha reparado também que pagou mais caro pela moeda na casa de câmbio.

Isso acontece porque a cotação do dólar comercial é referente ao valor utilizado nas transações de importação e exportação, movimentações financeiras.

Já o dólar turismo, utilizado nas casas de câmbio e bancos, é mais caro devido aos custos que possibilitam que o dinheiro esteja em mãos: transporte, armazenagem, segurança etc.

Ainda há o dólar paralelo, cujo valor é resultante de compras e vendas em locais não autorizados pelo Banco Central. E os contratos futuros de dólar, que consistem em acordos de compra ou venda da moeda para um período futuro a uma cotação fixada.

Como o dólar impacta na sua vida

Fique sabendo que a cotação não é importante somente para quem vai viajar ou investe em capital estrangeiro. A relevância da moeda mundialmente é tamanha, que seu valor impacta em vários aspectos da nossa vida.

A maior parte das transações internacionais, como acordos de importação e exportação, são feitas em dólar. Várias relações podem ser traçadas entre o câmbio e os preços internos.

Com isso, boa parte dos produtos que consumimos no Brasil é impactada direta ou indiretamente pela cotação da moeda norte americana.

Podemos pensar em importados, como celulares, cosméticos, alimentos etc. Até o pão da padaria na sua esquina, cuja matéria prima para fabricação também é influenciada.

Também são impactos o preço do combustível, a geração de empregos, a inflação e, é claro, os seus investimentos. Saiba como investir em dólar!

Como comprar carro com o nome no SPC

Uma pergunta muito comum que as pessoas se fazem é: “posso comprar carro com o nome no SPC?”. A resposta é sim, porém a...

5 lições do esporte para administrar as finanças pessoais

Você gosta ou é fã de esportes? Você sabia que o esporte pode te ajudar a administrar as suas finanças pessoais? Cerca de 39% da...

Nômade digital: o que é e como funciona esse estilo de vida?

Você nunca se acostumou com aquela rotina de trabalho tradicional? Não gosta, por exemplo, daqueles empregos mais formais que precisam ir para o escritório?...

Como dar entrada no seguro-desemprego? Veja opções

O Brasil registrou mais de 5 milhões de pedidos de seguro-desemprego entre janeiro e outubro deste ano. Os dados são da Secretaria de Trabalho...

6 lições financeiras que a pandemia do coronavírus ensina

Por mais que este momento de pandemia esteja sendo complicado para milhares de pessoas, é possível tirar algumas lições financeiras de períodos assim. De...

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.