Ripple XRP hoje - Valor e Cotação

XRP
R$4,91
6,94%
USD
EUR
xrpXRP (XRP)
$ 0.927842
xrpXRP (XRP)
0,791978

Gráfico de cotações do Ripple XRP

XRP (XRP)
6.94%
R$4,91
R$0,340577
⇣ 4,81
24 Sep
⇡ 5,29
Você já escutou falar na Ripple? Essa é mais uma opção de investimento em criptomoeda para quem gosta do assunto.

A moeda digital Ripple (XRP) também é chamada de XRP Ledger e, apesar de não ser tão conhecida quanto o Bitcoin, já funciona em larga escala. A Ripple também facilita a transferência entre as mais diferentes moedas fiduciárias, isso acontece por meio de uma rede global de parceiros, chamada de RippleNet.Mas o que é e como funciona essa criptomoeda? É segura? Essas são perguntas muito comuns quando o assunto é Ripple.

Quer conhecer um pouco mais sobre a moeda virtual? Continue lendo este texto!

O que é Ripple XRP?

Para quem não conhece, a Ripple é um sistema de pagamento distribuído, que tem código aberto. Existe um protocolo que utiliza uma tecnologia de infraestrutura básica para transações interbancárias.  

Sendo assim, o protocolo Ripple permite realizar pagamentos de baixo custo, seguros e de alta velocidade entre as pessoas e instituições financeiras. Dessa forma, é possível que os bancos e empresas financeiras incorporem o protocolo Ripple nos sistemas, fazendo com que os clientes também utilizem esse serviço.

E como surgiu essa criptomoeda?

A empresa Ripple Labs, nasceu em 2012, de um trabalho anterior de Ryan Fugger que já havia criado em 2004 a RipplePay, buscando uma rede de pagamentos ponto-a-ponto.

Porém, foi a nova tecnologia criada por Jed McCaleb em 2011 que deu início à tecnologia da XRP. E essa equipe integrou a de Chris Larsen, David Schwartz e Arthur Britto, inicialmente.

Vale ressaltar que a Ripple Labs é uma empresa de investimento com capital de risco.

Além disso, Ripple e XRP são coisas diferentes. A Ripple é a empresa criadora da moeda, da tecnologia e de toda a estrutura organizacional da criptomoeda.

Já a XRP é o token. Ou seja, a criptomoeda utilizada dentro do blockchain da Ripple.

Acontece que é bastante comum que as pessoas usem o nome Ripple apenas para se referir à moeda digital, mas ambos não devem ser confundidos.

Como funciona a cotação do Ripple?

A cotação do XRP funciona como a de outras criptomoedas e utilizam como base a Lei da Oferta e da Procura.

Resumidamente, essa “lei” diz que quanto mais procura, maior o seu valor. E quanto menos procura, menor o valor. Essa regra leva em consideração também outras questões como a quantidade disponível daquele artigo, entre outras coisas.

Criptomoedas que possuem uma quantidade limitada disponível em blockchains, possuem uma valorização mais alta, como é o caso do Bitcoin.

Como e onde comprar Ripple?

Você sabe como adquirir a Ripple? Você precisa saber, inicialmente, que os tokens XRP são negociados em corretoras ou exchanges de criptomoedas

Além disso, vale destacar que a cotação da XRP é determinada única e exclusivamente pela oferta e demanda em cada local de negociação.

A Ripple (XRP) é negociada simultaneamente em diferentes países e moedas. E são as corretoras de criptomoedas que intermediam a compra e venda entre usuários. Elas cobram uma taxa para cada negociação realizada, com variações de preço entre si devido a cada uma delas ter um perfil e quantidade diferente de clientes.

As principais exchanges que negociam XRP no mercado brasileiro hoje são:

  • Mercado Bitcoin
  • Binance
  • NovaDAX e
  • Bitcoin Trade

Existem também outras corretoras de criptomoedas que negociam, mas essas citadas são as mais reconhecidas.

Antes de comprar Ripple, certifique-se de que o local que você está adquirindo é confiável. Existem locais que possuem um valor mais baixo de aquisição, no entanto, não são de confiança. Por isso, verifique seu histórico em sites como o Reclame Aqui.

Onde guardar Ripple?

Há, também, muitas dúvidas sobre onde guardar a Ripple que é adquirida com essas corretoras de moedas digitais. É recomendado que os clientes armazenem suas criptomoedas em carteiras próprias.

Isso assegura um maior conforto e inviabiliza o acesso a estes valores por quem quer que seja.

São vários os tipos de carteiras, por exemplo:

  • online, que armazenam os dados na nuvem;
  • mobile (apps) para celulares;
  • software (desktop) para computadores;
  • hardware (offline) usualmente em dispositivos USB;
  • papel (paper) usualmente impressas em placas de metal.

Dependendo do local que você adquirir seu XRP, já existem carteiras para deixar sua criptomoeda guardada. Como é o caso da Binance que já possui sua própria carteira, a Trust Wallet.

Além disso, ela possui compatibilidade com outras criptomoedas, sendo possível diversificar seus ativos sem ter várias carteiras.

No entanto, dentro dos nichos de carteiras já citados, existem aquelas que se destacam entre as demais. Vamos a elas:

  • Ledger Nano S e Cool Wallet S: a Ledger e a Cool Wallet são duas carteiras de hardware (offline) que são uma excelente opção para quem deseja guardar Ripple. Elas são carteiras frias e possuem mais segurança.
  • Toast Wallet, Attomic Wallet e GateHub: a Toast, Attomic e GateHub são três tipos de carteiras de software via desktop, ou seja, armazenadas em computador, que são muito indicadas para quem deseja armazenar Ripple.
  • Cryptonator, Abra Wallet e Exarpy: outros três modelos de carteiras, desta vez para quem quer armazenar suas criptomoedas de forma online ou pelo celular. Todos eles possuem uma interface amigável, o que facilita a interação com o app.
  • XRP Paper Wallet: a XRP é um modelo de carteira de papel (paper wallet) indicada para guardar Ripple.

Investir na Ripple é seguro? Vale a pena?

A resposta é sim. E muito. Ela é conhecida por ser uma solução para pagamentos globais com a segurança blockchain, com propostas de aumentar a velocidade e reduzir custos de transação.  Como todos sabem, a blockchain é uma rede de negócios altamente segura, inteligente e transparente.

Dessa forma, torna a Ripple também um investimento completamente seguro.

Quais os riscos de investir no Ripple?

Assim como toda criptomoeda, o investimento em Ripple é considerado uma renda variável. Ou seja, não dá para saber se você vai ganhar ou perder ao investir naquela aplicação.

Isso significa que a aplicação em criptomoedas não é um investimento recomendado para qualquer investidor. Primeiro é preciso saber qual o seu tipo de perfil de investidor.

Além disso, uma desvantagem apresentada também é a presença ativa da Ripple dentro das negociações de XRP. Como a maioria das criptomoedas atuam de forma descentralizada, a presença de uma empresa faz com que muitas pessoas a rejeitem.

Outro problema que surge são os processos que correm na justiça de investidores que se sentiram lesados após o ICO, oferta inicial das criptomoedas, que recaem sobre a empresa Ripple Labs. Esta incerteza pressiona negativamente a cotação do XRP.

Conheça as vantagens e desvantagens da Ripple

Quais são as vantagens desse tipo de moeda virtual? Além da integração com os sistemas financeiros tradicionais, esse sistema oferece a segurança necessária para realizar as transações em segundos.

A Ripple também é considerada um padrão-aberto, ou
open source. Dessa forma, é possível realizar uma conexão mais simples com as redes de pagamentos. E sobre a regulamentação dessa criptomoeda, a Ripple conta com a BitLicense desde 2016.

Para quem não sabe, essa é a autorização do  Departamento Financeiro do Estado de Nova Iorque. Mas como nem tudo são flores, a Ripple também possui suas desvantagens. Uma delas é que ela não requer mineração e os incentivos para este trabalho de validação das transações é menor. 

Qual é a diferença entre Ripple e Bitcoin?

Quando se fala em moeda digital é muito comum lembrar do Bitcoin. Mas, como o assunto aqui é a Ripple, que tal conhecer algumas diferenças entre essas duas opções de investimento no mercado financeiro?

Diferentemente do Bitcoin, que é mais destinado como meio de pagamentos de bens e serviços, a Ripple pode ser classificada como um sistema de liquidação, troca de moeda e remessa de pagamento. Este, destinado aos bancos e redes de pagamentos.

Além disso, a Ripple não usa o blockchain, enquanto o Bitcoin é baseado nesta tecnologia. O que a Ripple usa é um livro de consenso distribuído. E a rede de servidores de validação dos tokens criptografados XRP tem nome, conhecida como XRP Ledger.

Outra diferença é nos prazos para confirmar uma transação. No Bitcoin, o tempo para confirmação é de dez minutos, enquanto na Ripple é de quatro segundos. Com isso, sua capacidade computacional é bem maior.

Quer saber qual apresenta o maior crescimento? acesse o link ao lado!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 8

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui