ABF aponta as 50 melhores franquias do Brasil para 2020

Escrito por: Tamires Silva em 7 de fevereiro de 2020

Empreender é o sonho de milhares de pessoas e novos modelos de negócios são cada vez mais valorizados, como as franquias. Por isso, vale a pena conhecer a lista com as 50 melhores franquias para abrir no Brasil em 2020.

O levantamento é feito anualmente pela Associação Brasileira de Franchising (ABF). É uma entidade sem fins lucrativos que representa oficialmente o sistema de franquias brasileiro.

A lista aponta as maiores redes por número de unidades em operação. As Top 50 aumentaram em 9% o número de lojas no último ano, dois pontos percentuais a mais do que em 2018. A média de unidades por marca, passou de 861 em 2018 para 897 no ano passado.

maiores-franquias-do-Brasil
Conheça as 50 maiores franquias do Brasil

Ou seja, fica claro que as franquias estão se fortalecendo cada vez mais no Brasil e que esse investimento pode ser uma excelente oportunidade de negócio.

Os segmentos de Serviços e Outros Negócios cresceram, equiparando-se com o de Moda. O presidente da ABF, André Friedheim, destaca que o franchising está crescendo no Brasil e se tornando mais seguro.

“Esse levantamento confirma mais uma vez que o franchising brasileiro avança de forma contínua, segura, com redes cada vez mais maduras e com boas práticas de gestão. É uma grande satisfação acompanhar o desenvolvimento deste grupo das 50 Maiores que, certamente, é uma referência importante para todo o setor”.

André Friedheim

Conheça as 50 melhores franquias para abrir em 2020

Melhores franquias para abrir em 2020
Melhores franquias para abrir em 2020
  • O BOTICÁRIO
  • MCDONALD´S
  • AM/PM
  • CACAU SHOW
  • SUBWAY
  • ACQIO
  • LUBRAX +
  • KUMON
  • JET OIL
  • CVC BRASIL
  • ÓTICAS CAROL
  • SEGURALTA – BOLSA DE SEGUROS
  • WIZARD BY PEARSON
  • BURGER KING BRASIL
  • BR MANIA
  • ÓTICAS DINIZ
  • BOB´S
  • CORREIOS
  • FARMÁCIAS FTB A FARMÁCIA DO TRABALHADOR DO BRASIL
  • DIA%
  • CHILLI BEANS
  • FISK CENTRO DE ENSINO
  • CCAA
  • HELP! LOJA DE CRÉDITO
  • ODONTOCOMPANY
  • CNA
  • HERING STORE
  • CLUBE TURISMO
  • LOCALIZA HERTZ
  • ESPAÇOLASER
  • CHIQUINHO SORVETES
  • HAVAIANAS
  • PITICAS MODA CRIATIVA
  • 5 À SEC
  • AREZZO
  • HINODE
  • OGGI SORVETES
  • CARMEN STEFFENS
  • PREPARA CURSOS PROFISSIONALIZANTES
  • MICROLINS
  • KOPENHAGEN
  • CHOCOLATES BRASIL CACAU
  • MUNDO VERDE
  • SAN MARTIN
  • GIRAFAS
  • CASA DE LOBOS
  • JAN-PRO
  • NUTRIMAIS
  • SPOLETO
  • CEOPAG
  • CEOFOOD
  • SUPERA – GINÁSTICA PARA O CÉREBRO

Acesse o estudo completo da ABF aqui!

A data de referência para compor o retrato das informações foi 31 de dezembro de 2019. A lista deste ano é composta por 53 marcas em virtude do empate em três posições.

A pesquisa da ABF para identificar as top 50 franquias no Brasil é realizada exclusivamente com marcas associadas, a partir do banco de dados da entidade com informações registradas pelas próprias redes.

Levantamento da ABF demonstra destaque de alguns setores

Entre as Top 10 das melhores franquias brasileiras, é importante observar os segmentos de destaque. São quatro operando em Alimentação; duas em Saúde, Beleza e Bem-Estar; e outras duas em Serviços Automotivos.

Embora tenha apresentado uma queda, o segmento de Alimentação continua a concentrar a maior parte das unidades.

Há ainda uma representante em Comunicação, Informática e Eletrônicos, Serviços Educacionais e Hotelaria e Turismo.

O Boticário (Saúde, Beleza e Bem-Estar) lidera o ranking, com um crescimento de 2% em unidades na comparação com 2018. O número de franquias subiu de 3.724 para 3.806.

Em segundo lugar, McDonald’s (Alimentação) teve alta no volume de unidades abertas em 2019. Pois a rede de fast food ampliou de 2.289 para 2.459 suas operações.

A rede AM/PM (Alimentação), que ficou em terceiro, tem um total de 2.377 unidades. Em quarto, Cacau Show, com 2.322 operações. E em quinto, a Subway, com 1.864 unidades.

Alimentação tem destaque entre as melhores franquias do Brasil

Comunicação, Informática e Eletrônicos ganham destaque este ano

A Acqio, do segmento de Comunicação, Informática e Eletrônicos, ingressou pela primeira vez entre as dez maiores franquias no Brasil.

A rede de franquias avançou para o sexto lugar. O número de unidades foi de 1.114 para 1.703 em operação.

A ABF avalia que a alta demanda por soluções de meios de pagamento eletrônicos, aliada à praticidade e segurança no uso das “maquininhas” foram algumas das principais razões para essa expansão. Além disso, o menor investimento inicial para abrir a franquia.

O sétimo lugar ficou com a marca Lubrax+ (Serviços Automotivos), que voltou a figurar na lista das 50 Maiores e totalizou 1.643 unidades. A rede Kumon (Serviços Educacionais) vem a seguir, com 1.563 operações.

Mais uma do segmento de Serviços Automotivos entre as primeiras foi a Jet Oil. Ficou em nono lugar, com 1.491 unidades em operação. Fechando as Top 10, a rede CVC (Hotelaria e Turismo), com 1.414 pontos de venda.

+ Conheça as profissões em alta para 2020

As marcas estreantes no rol das 50 maiores neste ano são: Odontocompany (25º), Espaçolaser (30º), Oggi Sorvetes (37º), San Martin (42º), KNN Idiomas (45º), Nutrimais (47º), Ceopag (48º), Ceofood (49º lugar) e Supera – Ginástica para o Cérebro (50º).

Estudos da ABF apontam crescimento das franquias

De acordo com a ABF, assim como nos estudos realizados em outros anos, este último demonstra a continuidade dos investimentos em novos modelos de negócios. Ou seja, muitas apostas em empreendimentos como franquias.

De acordo com a entidade, nos dois últimos anos, enquanto o percentual de lojas tradicionais diminuiu de 88% para 85%, outros formatos – como quiosques, unidades móveis e operações home based – passaram de 12% para 15%.

Em relação ao tempo de atividade como franqueadora, o perfil das 50 maiores mostrou mais uma vez que a experiência é um fator importante para se atingir um determinado porte. Embora haja exceções.

Além disso, por conta do ingresso de novas marcas, o percentual de redes que detêm o Selo de Excelência em Franchising (SEF) caiu um pouco. Passou de 78% para 75% nos dois últimos anos.

Porém, a ABF avalia que o alto índice de marcas selistas no grupo reafirma a importância de se obter a principal chancela do mercado de franquias brasileiro.

O SEF é conquistado pelas redes inscritas que alcançam maior pontuação na pesquisa feita pela ABF com os respectivos franqueados.

Tamires Silva

Jornalista atuando como repórter e produtora de conteúdo. Produz conteúdo para internet desde 2015.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Economizar com produtos de beleza
melhores franquias