Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioFGTSFGTS: trabalhadores podem sacar até R$3,9 mil em julho? Entenda!

    FGTS: trabalhadores podem sacar até R$3,9 mil em julho? Entenda!

    0
    (0)

    Já pensou receber mais de R$3,9 mil do Fundo de Garantia em um único mês? Se você ouviu falar nessa possibilidade por aí, saiba que isso se refere ao que muitos chamam de saque duplo do FGTS. 

    Publicidade

    Basicamente, significa recorrer a duas modalidades de saque simultaneamente, desde que elas estejam disponíveis. Isso é possível porque o saque extraordinário de R$1 mil, liberado este ano, pode coincidir com o saque-aniversário. 

    É importante esclarecer que esses R$3,9 mil do FGTS no mês de julho não se tratam de nenhuma nova modalidade liberada pela Caixa, nem de um novo valor disponibilizado. É apenas o valor que se pode alcançar combinando os dois saques.

    Isso é possível não apenas em julho, mas até o fim do ano e enquanto durar o saque extraordinário, desde que ele coincida com o mês de seu aniversário ou que você guarde as parcelas para sacá-las juntas.

    Quer saber mais? Então continue lendo!

    Como funciona o saque duplo do FGTS?

    O saque duplo do FGTS consiste em sacar, coincidentemente, o saque-aniversário e o saque extraordinário do Fundo de Garantia. Mas é necessário que essas duas opções estejam disponíveis para o trabalhador.

    Publicidade

    Imagine a seguinte situação: o trabalhador João aderiu ao saque-aniversário e faz aniversário em maio. Portanto, neste mês ele teve direito a receber uma parte do fundo disponível e uma parcela adicional. 

    Vamos explicar mais a frente como calcular a quantia a que o trabalhador tem direito no seu aniversário. No entanto, já adiantamos que essa parcela adicional pode chegar a, no máximo, R$2.900. 

    Seguindo o calendário do saque extraordinário, no dia 14 de maio foram depositados os R$1 mil de todos os trabalhadores que nasceram naquele mês. 

    Logo, João tinha disponível para sacar do Fundo de Garantia: R$1 mil referente ao extraordinário mais a parcela do saque-aniversário. Dependendo de qual era o saldo que ele tinha, se era a partir de R$20 mil, por exemplo, ele pôde sacar mais de R$3,9 mil no total.

    E para os trabalhadores nascidos em outros meses? 

    O calendário do FGTS emergencial é estabelecido de acordo com o mês de aniversário do trabalhador.

    Publicidade

    Quem nasceu em julho, por exemplo, recebeu R$1 mil em maio. Já nascidos em outubro, receberam no início de junho. 

    O único mês em que coincidiram as datas de saque extraordinário e aniversário, foi o mês de maio. Portanto, apenas naquele mês realmente esteve disponível um “saque duplo do FGTS” para os trabalhadores nascidos em maio.

    No entanto, o trabalhador não é obrigado a sacar o valor emergencial assim que ele é depositado na conta da Caixa. Ele pode fazer isso até o dia 15 de dezembro deste ano, independente de quando o depósito foi feito. 

    Logo, um trabalhador que nasceu em qualquer mês pode, por exemplo, manter os R$1 mil na sua conta da Caixa e sacar esse valor junto com a parcela do saque-aniversário quando ela estiver disponível. 

    Mas é importante atentar-se a dois fatos:

    Publicidade
    • mantendo o saldo extraordinário na conta da Caixa, ele não estará rendendo como rende na conta do Fundo de Garantia
    • quando o saque-aniversário for disponibilizado, o trabalhador deve resgatá-lo em 90 dias, ou seja, entre o mês de seu nascimento e o segundo mês subsequente

    Como calcular a parcela do saque-aniversário do FGTS?

    Quem aderiu ao saque-aniversário do FGTS, tem direito a receber uma parcela do seu Fundo no mês de seu nascimento. Essa parcela é composta por: 

    • um percentual do fundo disponível, que vai de 5% a 50%
    • e um valor adicional 

    Tanto a parcela adicional, quanto o percentual variam, dependendo do saldo que o trabalhador tem em suas contas do FGTS. Confira na tabela:

    Saldo do trabalhadorPercentual para saqueParcela adicional 
    Até R$50050%
    R$500,01 até R$1.00040%R$50
    R$1.000,01 até R$5.00030%R$150
    R$5.000,01 até R$10.00020%R$650
    R$10.000,01 até R$15.00015%R$1.150
    R$15.000,01 até R$20.00010%R$1.900
    Acima de R$20.000,01  5%R$2.900

    Um trabalhador que optou pelo saque-aniversário e tem até R$500 nas suas contas do FGTS, receberá R$250 (50% de R$500) no mês de seu aniversário. 

    Já um trabalhador que tem R$1 mil, receberá R$450, sendo R$400 referente ao percentual 40% e R$50 da parcela adicional. E assim segue, conforme os valores da tabela.

    O conteúdo ajudou? Leia também: Confira 9 perguntas e respostas sobre o Fundo de Garantia e tire suas dúvidas de uma vez!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioFGTSFGTS: trabalhadores podem sacar até R$3,9 mil em julho? Entenda!

    FGTS: trabalhadores podem sacar até R$3,9 mil em julho? Entenda!

    0
    (0)

    Já pensou receber mais de R$3,9 mil do Fundo de Garantia em um único mês? Se você ouviu falar nessa possibilidade por aí, saiba que isso se refere ao que muitos chamam de saque duplo do FGTS. 

    Publicidade

    Basicamente, significa recorrer a duas modalidades de saque simultaneamente, desde que elas estejam disponíveis. Isso é possível porque o saque extraordinário de R$1 mil, liberado este ano, pode coincidir com o saque-aniversário. 

    É importante esclarecer que esses R$3,9 mil do FGTS no mês de julho não se tratam de nenhuma nova modalidade liberada pela Caixa, nem de um novo valor disponibilizado. É apenas o valor que se pode alcançar combinando os dois saques.

    Isso é possível não apenas em julho, mas até o fim do ano e enquanto durar o saque extraordinário, desde que ele coincida com o mês de seu aniversário ou que você guarde as parcelas para sacá-las juntas.

    Quer saber mais? Então continue lendo!

    Como funciona o saque duplo do FGTS?

    O saque duplo do FGTS consiste em sacar, coincidentemente, o saque-aniversário e o saque extraordinário do Fundo de Garantia. Mas é necessário que essas duas opções estejam disponíveis para o trabalhador.

    Publicidade

    Imagine a seguinte situação: o trabalhador João aderiu ao saque-aniversário e faz aniversário em maio. Portanto, neste mês ele teve direito a receber uma parte do fundo disponível e uma parcela adicional. 

    Vamos explicar mais a frente como calcular a quantia a que o trabalhador tem direito no seu aniversário. No entanto, já adiantamos que essa parcela adicional pode chegar a, no máximo, R$2.900. 

    Seguindo o calendário do saque extraordinário, no dia 14 de maio foram depositados os R$1 mil de todos os trabalhadores que nasceram naquele mês. 

    Logo, João tinha disponível para sacar do Fundo de Garantia: R$1 mil referente ao extraordinário mais a parcela do saque-aniversário. Dependendo de qual era o saldo que ele tinha, se era a partir de R$20 mil, por exemplo, ele pôde sacar mais de R$3,9 mil no total.

    E para os trabalhadores nascidos em outros meses? 

    O calendário do FGTS emergencial é estabelecido de acordo com o mês de aniversário do trabalhador.

    Publicidade

    Quem nasceu em julho, por exemplo, recebeu R$1 mil em maio. Já nascidos em outubro, receberam no início de junho. 

    O único mês em que coincidiram as datas de saque extraordinário e aniversário, foi o mês de maio. Portanto, apenas naquele mês realmente esteve disponível um “saque duplo do FGTS” para os trabalhadores nascidos em maio.

    No entanto, o trabalhador não é obrigado a sacar o valor emergencial assim que ele é depositado na conta da Caixa. Ele pode fazer isso até o dia 15 de dezembro deste ano, independente de quando o depósito foi feito. 

    Logo, um trabalhador que nasceu em qualquer mês pode, por exemplo, manter os R$1 mil na sua conta da Caixa e sacar esse valor junto com a parcela do saque-aniversário quando ela estiver disponível. 

    Mas é importante atentar-se a dois fatos:

    Publicidade
    • mantendo o saldo extraordinário na conta da Caixa, ele não estará rendendo como rende na conta do Fundo de Garantia
    • quando o saque-aniversário for disponibilizado, o trabalhador deve resgatá-lo em 90 dias, ou seja, entre o mês de seu nascimento e o segundo mês subsequente

    Como calcular a parcela do saque-aniversário do FGTS?

    Quem aderiu ao saque-aniversário do FGTS, tem direito a receber uma parcela do seu Fundo no mês de seu nascimento. Essa parcela é composta por: 

    • um percentual do fundo disponível, que vai de 5% a 50%
    • e um valor adicional 

    Tanto a parcela adicional, quanto o percentual variam, dependendo do saldo que o trabalhador tem em suas contas do FGTS. Confira na tabela:

    Saldo do trabalhadorPercentual para saqueParcela adicional 
    Até R$50050%
    R$500,01 até R$1.00040%R$50
    R$1.000,01 até R$5.00030%R$150
    R$5.000,01 até R$10.00020%R$650
    R$10.000,01 até R$15.00015%R$1.150
    R$15.000,01 até R$20.00010%R$1.900
    Acima de R$20.000,01  5%R$2.900

    Um trabalhador que optou pelo saque-aniversário e tem até R$500 nas suas contas do FGTS, receberá R$250 (50% de R$500) no mês de seu aniversário. 

    Já um trabalhador que tem R$1 mil, receberá R$450, sendo R$400 referente ao percentual 40% e R$50 da parcela adicional. E assim segue, conforme os valores da tabela.

    O conteúdo ajudou? Leia também: Confira 9 perguntas e respostas sobre o Fundo de Garantia e tire suas dúvidas de uma vez!

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?