Seguro viagem: vale a pena contratar? | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,4040
Euro R$ 4,3630
Bitcoin R$ 31.616,95
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 4,975
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Seguro viagem: vale a pena contratar?

Uma das maiores dúvidas de quem viaja é se vale a pena contratar um seguro viagem. Tirando os casos em que o seguro é obrigatório, como quando o destino é algum país da Europa, essa é uma decisão pessoal.

Quando planejamos uma viagem, costumamos pensar apenas em coisas boas. Os momentos, as paisagens, a gastronomia loca. Os passeios, experiências, novas aventuras. Mas imprevistos podem acontecer em qualquer lugar do mundo. Não há como prever um acidente ou um problema de saúde. E você não quer que nada estrague sua viagem, certo?

É para isso que serve o seguro viagem. Como o próprio nome já diz, ele é uma segurança quando você está em territórios estranhos, sob leis e sistemas diferentes do seu país de origem.

Imprevistos podem acontecer com qualquer um. Uma comida que não cai bem, uma febre repentina, alergia a temperos ou mosquitos. Pode acontecer de tudo! Por isso, é melhor estar preparado para não passar perrengue em outro país.

seguro viagem

O que é seguro viagem

O seguro viagem é uma espécie de plano de saúde temporário. Geralmente feito para destinos internacionais, onde os planos de saúde brasileiros não possuem cobertura.

Pode ser também uma garantia de indenização para outras situações e acidentes. As coberturas variam de acordo com a seguradora e o tipo de plano. Todos cobrem custos com enfermidade e acidentes, e muitos oferecerem também outras coberturas.

Os planos vão de básicos a completos. Veja as principais coberturas:

  • Atendimento médico e odontológico 24h;
  • Seguro no caso de interrupção ou cancelamento da viagem, em caso de emergência médica;
  • Visita ao segurado hospitalizado;
  • Acompanhante em caso de hospitalização prolongada;
  • Despesas farmacêuticas;
  • Hospedagem após alta hospitalar;
  • Remarcação de passagem para regresso;
  • Repatriação médica e funerária, que garante o retorno do viajante ao Brasil tanto em caso de doença e acidente quanto em caso de falecimento;
  • Assistência funeral;
  • Indenização no caso de morte;
  • Indenização no caso de invalidez permanente ou total;
  • Localização de bagagem extraviada;
  • Indenização no caso de extravio de bagagem;
  • Despesas jurídicas;
  • Pagamento antecipado de fiança.

O seguro viagem é válido durante um período determinado escolhido no momento da contratação. Todas as normas são especificadas no contrato.

Seguro X assistência

Seguro viagem e assistência viagem são comumente interpretados como a mesma coisa. Mas não são. Muitas seguradoras vendem os dois serviços no mesmo pacote, para que o viajante use o que preferir.

No seguro, você escolhe onde quer ser atendido e paga todas as despesas médicas do próprio bolso. Depois, solicita o reembolso à seguradora. Dentro dos limites estabelecidos no plano contratado.

É preciso apresentar comprovantes de despesas médicas, laudos e notas fiscais. Mas há uma certa burocracia que pode trazer transtornos ao viajante.

Já com a assistência viagem, o atendimento é todo arcado pela seguradora. Você entra em contato com a empresa, que indicará um local para seu atendimento médico. Não é preciso desembolsar nada. A desvantagem é não poder escolher o local, sendo obrigado a fazer o atendimento no local indicado.

Quanto custa um seguro viagem?

dolar simboloO seguro viagem internacional tem preços bastante variados. O valor depende da quantidade de dias da viagem, do motivo (aventura, por exemplo) e do destino. A idade influencia somente se o viajante tiver mais de 70 anos, devido aos riscos maiores de problemas de saúde.

O preço médio costuma ser de aproximadamente U$100 para uma viagem de dez dias. Se você parar para pensar nos riscos que envolvem uma viagem, esse valor é relativamente baixo. Para viagens nacionais, o valor é bem inferior, custando menos de R$100.

Na hora de planejar uma viagem ao exterior, é bom já colocar esse custo no seu planejamento. Vale pesquisar os melhores preços em diferentes seguradoras, e fazer cotações simuladas pela internet. O site SegurosPromo, por exemplo, é um comparados que busca os melhores preços de seguro viagem do mercado, de acordo com a sua pesquisa.

. Vai viajar para o exterior? Saiba que moeda levar!

Como escolher seu seguro viagem

Como já dissemos aqui, são vários tipos de planos, coberturas e preços. Para escolher, é preciso estar atento a alguns pontos. Confira!

Motivo da viagem e destino – Avalie que tipo de viagem você vai fazer. Alguns países são mais suscetíveis a doenças ou possuem uma gastronomia peculiar. Destinos de esportes radicais exigem um seguro melhor. Se for uma viagem de aventura, com esportes e natureza, vale a pena investir um pouco mais. Para lugares mais tranquilos, um plano básico já resolve.

Quem oferece – O seguro viagem pode ser contratado em empresas especializadas, no próprio banco, com a companhia aérea, agências de turismo ou operadoras de cartão de crédito.

A escolha da empresa – Procure contratar empresas conhecidas e com bom atendimento. Dê preferência para seguradoras grandes e de referência no mercado.

Onde contratar – Quase todos os serviços podem ser contratados diretamente no site das empresas. Sem burocracia, com rapidez e agilidade.

Cobertura e atendimento – Ao contratar um seguro viagem, fique atento aos serviços oferecidos, coberturas do plano e condições gerais para uso. Certifique-se de todas as formas de acionar o seguro e canais de atendimento. Procure planos com assistência 24h por dia, com atendimento por telefone, e-mail ou até WhatsApp.

Preço – Quase todos os contratos têm preços originais em moeda estrangeira. Por isso, fique atento à cotação do dólar e do euro na hora de fechar o contrato.

Duração do seguro – O tempo mínimo do seguro viagem é o mesmo tempo de duração da viagem. É bom acrescentar uns dois dias, contando com atrasos de companhias aéreas e imprevistos.







Mais lidos

Como fazer cartão de crédito pela internet
As compras com cartões de crédito são cada vez maiores. A Abecs, associação das empresas de ca...
Como escolher o seguro de vida mais adequado para você
Você já pensou o quanto um seguro de vida pode ser útil nos dias de hoje? Quando as pessoas busca...
7 livros sobre Bitcoin, Blockchain e Criptomoedas
Algumas pessoas aprendem mais lendo, outras vendo vídeos ou até mesmo escutando música. Cada um t...
FGTS inativo: quem tem direito e como sacar
Todo trabalhador brasileiro com contrato formal, regido pela Consolidação das Leis do Trabalho, a ...
Férias de julho no Brasil: para onde ir?
O meio do ano está chegando e é hora de decidir onde passar as férias em família. Mesmo com algu...
Como limpar seu nome no SPC e Serasa
Seu nome está no SPC e Serasa? Muitos brasileiros estão nessa situação. Em fevereiro, 61,7 milh...




Publicidade