Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Latam - Ofertas Imperdíveis

Calor leva ao maior consumo de energia em 5 anos. Como economizar?

Escrito por: Rafael Massadar em 18 de janeiro de 2019

As ondas de calor intensificaram o uso de aparelhos de ar-condicionado em todo o Brasil. O que fez com que o consumo de energia no país batesse dois recordes consecutivos.

Para muitos, a missão de economizar luz no verão ficar cada vez mais difícil. O que pode acarretar em um desequilíbrio do orçamento familiar, já que o início do ano é marcado pela cobrança de impostos como o IPTU e IPVA.

No dia 15 de janeiro, a demanda passou de 85 mil megawatts e logo em seguida, na quarta-feira, 16, atingiu 87 mil megawatts, superando a marca de 2014.

Sorte do consumidor é que a conta de luz está com bandeira tarifária verde, sem custos para os consumidores. Esse sistema foi instituído pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), em 2015.

O objetivo é sinalizar ao consumidor o custo real da geração de energia elétrica.  As cores das modalidades – verde, amarela ou vermelha – indicam se haverá ou não acréscimo no valor da energia a ser repassada ao consumidor final.

Ainda de acordo com a Aneel, o período de chuvas de novembro e dezembro de 2018 propiciou a elevação da produção de energia pelas usinas hidrelétricas e do nível dos reservatórios.

Portanto, a bandeira verde vista em janeiro continuará em vigor no próximo mês.

Calor será intenso em todo o verão

Calor, muito calor, e como economizar luz no verão? O ano começou quente em todo o Brasil. Temperaturas acima de 40°C foram registradas em várias cidades, com sensação térmica chegando aos 50°C!

A notícia ruim é que segundo o Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o calor será intenso em todo o verão.

A estação climática deve ter temperaturas que irão superar a média histórica no país.

Diversas podem ser as causas, de acordo com especialistas, variando de momento para momento e de região para região.

No entanto, no Brasil, elas podem estar associadas a fenômenos de variabilidade climática, como o El Niño.

A elevação da temperatura global aumentou a exposição de populações a ondas de calor extremo em todas as regiões.

Na meteorologia, um período prolongado de tempo com temperaturas excessivamente quentes caracteriza uma onda de calor.

consumo de energia

Dá para usar o ar-condicionado e economizar?

economizar luz no verãoO ar-condicionado, embora seja um alívio para os dias mais quentes, pode ser um verdadeiro vilão no consumo de energia.

Portanto, fique atento se o seu aparelho possui o Selo Procel de Economia de Energia.

Essa etiqueta garante que o modelo escolhido está entre os condicionadores de ar que apresentam os melhores níveis de eficiência energética. Logo, você conseguirá economizar luz no verão.

Lembre-se ainda de verificar se o aparelho é adequado para o seu ambiente. Caso ele não seja ideal para o tamanho do ambiente, pode ser mais interessante comprar mais uma unidade ou mesmo trocar de aparelho.

Fique de olho também na instalação. Ela pode fazer com que o consumo de energia de um ar-condicionado aumente. Portanto, ao decidir onde ele vai ficar, observe se a parte externa terá uma boa circulação de ar e ficará protegida dos raios solares diretos, sem que as grades sejam bloqueadas.

Outra opção para economizar luz no verão é manter uma temperatura moderada. Ela será bastante confortável e não vai gastar tanta energia assim.

Por fim, não custa nada lembrar que, para o ar-condicionado funcionar de forma eficiente, as portas e janelas do ambiente devem estar bem fechadas. Além disso, mantenha os filtros limpos.

9 dicas para economizar no consumo de energia

1 – Chuveiro elétrico

Ele é um dos principais inimigos da conta de energia. Neste calor, não precisa ser utilizado com a mesma frequência com a qual ele é exigido nos dias mais frios do ano.

Portanto, nos dias mais quentes, mude a chave para a posição “verão” e, se for comprar um chuveiro novo, opte sempre pela menor potência (2 a 6 Kw).

2 – Iluminação

Durante o dia, desligue as luzes e abra as janelas e cortinas. Além de trazer benefícios para a saúde, a luz natural contribui com a iluminação, dispensando o uso de lâmpadas.

E por falar em lâmpadas, você sabia que as incandescentes são as que mais consomem energia elétrica?

As fluorescentes podem ser uma opção viável para substituí-las.

No entanto, as lâmpadas de LED, além de durarem por anos, são ainda mais econômicas. Elas são grande aliadas para economizar luz no verão.

3 – Ventilador

Refrescar-se em pleno rigor do verão é tarefa difícil. No entanto, o ventilador pode ser uma alternativa ao ar-condicionado.

Lembre-se, no entanto, que existem modelos com 30cm, 40cm, 50cm e 60 cm. Isso influencia na quantidade de vento gerado.

Mas, para que a economia valha mesmo a pena, lembre-se de manter portas e janelas abertas.

4 – Geladeira

Mantenha sempre sua geladeira longe da luz do sol e do calor de eletrodomésticos como fogão e microondas. Além de deixá-la a uma distância de 15 cm da parede para o ar circular.

Certifique-se também de que a vedação das portas está em dia, para evitar que o ar frio escape. E, por fim, evite o abre e fecha constante da geladeira.

Ou seja: ao abri-la, tente pegar todos os itens necessários de uma vez. E atenção: geladeiras com mais de 10 anos de uso consomem o dobro de energia.

5 – Ferro de passar

Não passe uma peça de roupa por vez, sempre que sentir vontade de usá-la. Procure acumular o máximo de roupas possível e, então, passe todas de uma vez só.

Isso porque o ferro consome muita energia no aquecimento inicial. Ele é uma vilão quando se tem como objetivo economizar luz no verão.

Neste calor, use e abuse de roupas que não necessitam ser passadas.

6 – Micro-ondas

Embora seja conveniente, procure ter a certeza da necessidade de usar o micro-ondas.

Uma boa medida para economizar energia é lembrar sempre de descongelar os alimentos naturalmente.

Também não é recomendado deixa-lo em stand-by.

7 – Computador

Não coloque o computador em modo “hibernar” em vez de desliga-lo completamente. Isso pode até poupar seu tempo, mas redobra seu gasto com energia elétrica.

Evite também deixar seu notebook carregando durante a noite ou quando está fora de casa. O melhor é sempre tirá-lo da tomada assim que ele completar sua carga de bateria.

O mesmo vale para carregadores de celulares, iPods e baterias de câmeras digitais.

8 – Máquina de lavar

Por causa do calor, acabamos trocando de roupa mais vezes ao dia.

Para evitar desperdício de energia e economizar luz no verão, junte o máximo de peças e pule a função “pré-lavagem”.

A água fria economiza 90% mais que a quente.

9 – Energia solar

Por fim, se possível, invista em energia fotovoltaica.

Afinal, é uma possibilidade de gerar energia limpa e economizar. A manutenção dos painéis solares tem custo baixo e a durabilidade pode chegar a 25 anos.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Ter um seguro para a casa
regras para cancelamento de viagem
C6 Bank é o mais novo banco digital do Brasil
plano de saúde