Calor leva ao maior consumo de energia. Veja como economizar

0
3790
uma lâmpada se colocando na tomada
0
(0)

O verão deste ano está sendo marcado por chuvas e ondas de calor que intensificaram o uso de aparelhos de ar-condicionado em todo o Brasil. O que fez com que o consumo de energia no país aumentasse.

Anúncios

O boletim mais recente divulgado pelo Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) sinaliza que o consumo de energia no Brasil deve registrar um aumento ainda em janeiro de 1,8%, em relação ao mesmo período do ano passado.

Cenário que, para muitos, faz com que a missão de economizar luz na estação climática fique cada vez mais difícil. O que pode acarretar em um desequilíbrio do orçamento familiar, já que o início do ano é marcado pela cobrança de impostos, como o IPTU e IPVA.

Anúncios

Sorte do consumidor é que a conta de luz está com bandeira tarifária verde. Ou seja, os custos não são muito elevados para os consumidores. O anúncio foi feito em dezembro de 2021 pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

Segundo a agência, a bandeira indica condições favoráveis de geração de energia. Não há acréscimos na tarifa.

“Com essa bandeira, que indica condições favoráveis de geração de energia, não há acréscimos na tarifa”, afirmou à agência reguladora em nota.

Calor será intenso em todo o verão

Muito calor e como economizar luz no verão? O ano começou com chuva, mas abafado em todo o Brasil.

Anúncios

De acordo com Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), o verão será marcado pela influência do fenômeno La Niña, que tem como principais características o resfriamento das águas do oceano Pacífico tropical.

Época em que historicamente ocorrem pancadas de chuvas passageiras e localizadas em dias mais quentes e umidade alta, o verão de 2022 será de muito calor.

Entretanto, intercalado com chuvas, que em alguns casos poderão ser intensas e acompanhadas de ventos fortes e descargas elétricas.

Dá para usar o ar-condicionado e economizar?

pessoa ligando o ar-condicionado pelo controle
Com a chegada da estação mais quente, em que as pessoas utilizam mais os ventiladores, ar-condicionados e tendem a tomar mais banho, o bolso pode pesar ainda mais

O ar-condicionado, embora seja um alívio para os dias mais quentes, pode ser um verdadeiro vilão no consumo de energia.

Portanto, fique atento se o seu aparelho possui o Selo Procel de Economia de Energia.

Essa etiqueta garante que o modelo escolhido está entre os aparelhos que apresentam os melhores níveis de eficiência energética. Logo, você conseguirá economizar luz no verão.

Lembre-se ainda de verificar se o aparelho é adequado para o seu ambiente. Caso ele não seja ideal para o tamanho do ambiente, pode ser mais interessante comprar mais uma unidade ou até mesmo trocar de aparelho.

Fique de olho também na instalação. Ela pode fazer com que o consumo de energia de um ar-condicionado aumente. Portanto, ao decidir aonde ele vai ficar, observe se a parte externa terá uma boa circulação de ar e ficará protegida dos raios solares diretos, sem que as grades sejam bloqueadas.

Outra opção para economizar luz no verão é manter uma temperatura moderada. Ela será bastante confortável e não vai gastar tanta energia assim.

Por fim, não custa nada lembrar que, para o ar-condicionado funcionar de forma eficiente, as portas e janelas do ambiente devem estar bem fechadas. Além disso, mantenha os filtros limpos.

9 dicas para economizar no consumo de energia

Confira nove dicas eficazes para reduzir o consumo de energia:

1 – Chuveiro elétrico

Ele é um dos principais inimigos da conta de energia. Neste calor, não precisa ser utilizado com a mesma frequência com a qual ele é exigido nos dias mais frios do ano.

Portanto, nos dias mais quentes, mude a chave para a posição “verão” e, se for comprar um chuveiro novo, opte sempre pela menor potência (2 a 6 Kw).

2 – Iluminação

Durante o dia, desligue as luzes e abra as janelas e cortinas. Além de trazer benefícios para a saúde, a luz natural contribui com a iluminação, dispensando o uso de lâmpadas.

E por falar em lâmpadas, você sabia que as incandescentes são as que mais consomem energia elétrica?

As fluorescentes podem ser uma opção viável para substituí-las.

No entanto, as lâmpadas de LED, além de durarem por anos, são ainda mais econômicas. Elas são grandes aliadas para economizar luz no verão.

3 – Ventilador

Refrescar-se em pleno rigor no verão é tarefa difícil. No entanto, o ventilador pode ser uma alternativa ao ar-condicionado.

Lembre-se, no entanto, que existem modelos com 30cm, 40cm, 50cm e 60 cm. Isso influencia na quantidade de vento gerado.

Mas, para que a economia valha mesmo a pena, lembre-se de manter portas e janelas abertas.

4 – Geladeira

Mantenha sempre sua geladeira longe da luz do sol e do calor de eletrodomésticos como fogão e microondas. Além de deixá-la a uma distância de 15 cm da parede para o ar circular.

Certifique-se também de que a vedação das portas está em dia, para evitar que o ar frio escape. E, por fim, evite o abre e fecha constante da geladeira.

Ou seja: ao abri-la, tente pegar todos os itens necessários de uma vez. E atenção: geladeiras com mais de 10 anos de uso consomem o dobro de energia.

5 – Ferro de passar

Não passe uma peça de roupa por vez, sempre que sentir vontade de usá-la. Procure acumular o máximo de roupas possível e, então, passe todas de uma vez só.

Isso porque o ferro consome muita energia no aquecimento inicial. Ele é um vilão quando se tem como objetivo economizar luz no verão.

Neste calor, use e abuse de roupas que não necessitam ser passadas.

6 – Micro-ondas

Embora seja conveniente, procure ter a certeza da necessidade de usar o micro-ondas.

Uma boa medida para economizar energia é lembrar sempre de descongelar os alimentos naturalmente.

Também não é recomendado deixá-lo em stand-by.

7 – Computador

Não coloque o computador em modo “hibernar” em vez de desligá-lo completamente. Isso pode até poupar seu tempo, mas redobra seu gasto com energia elétrica.

Evite também deixar seu notebook carregando durante a noite ou quando está fora de casa. O melhor é sempre tirá-lo da tomada assim que ele completar sua carga de bateria.

O mesmo vale para carregadores de celulares, iPods e baterias de câmeras digitais.

8 – Máquina de lavar

Por causa do calor, acabamos trocando de roupa mais vezes ao dia.

Para evitar desperdício de energia e economizar luz no verão, junte o máximo de peças e pule a função “pré-lavagem”. A água fria economiza 90% mais que a quente.

9 – Energia solar

Por fim, se possível, invista em energia fotovoltaica. Afinal, é uma possibilidade de gerar energia limpa e economizar. A manutenção dos painéis solares tem custo baixo e a durabilidade pode chegar a 25 anos.

Você gostou deste texto e ele foi relevante para você? Então siga o FinanceOne nas redes sociais e esteja sempre atualizado sobre o mercado financeiro. Estamos no FacebookInstagram e Linkedin.

O que achou disso?

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui