Mais
    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo será o pagamento do IPVA 2019?

    Como será o pagamento do IPVA 2019?

    0
    (0)

    Os donos de veículos de todo o Brasil começam a pagar o IPVA 2019 já em meados de janeiro. O imposto é calculado por cada unidade federativa. Normalmente, sobre o valor de mercado dos veículos, de acordo com pesquisa elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

    A tabela leva em consideração o valor venal do veículo. Ou seja, o valor pelo qual ele pode ser comercializado.

    A fixação do valor venal leva em conta características do automotor, como:

    – ano de fabricação;
    – marca e modelo;
    – se é nacional ou importado.

    A boa notícia é que na maioria dos estados, a cota única do IPVA 2019 terá um desconto de 3%. O percentual é o mesmo oferecido no ano passado.

    ipva 2019

    Como pagar o IPVA 2019?

    Quem controla a cobrança do IPVA são os Detrans de cada estado. Os proprietários dos veículos costumam receber informações do calendário do pagamento sempre no mês dezembro. Devendo pagar a taxa a partir de meados do mês de janeiro.

    Portanto, os contribuintes devem seguir as datas informadas no calendário para pagar seu imposto. Se houver atraso receberão uma multa de 0,33% por dia e juros de mora de acordo com a base Selic.

    Após 60 dias do vencimento, a multa chega ao limite de 20% do valor total do imposto. Vale ressaltar que o imposto pode ser pago à vista ou em parcelas.

    Pagar à vista ou parcelado?

    A decisão de pagar o IPVA 2019 à vista ou parcelado vai depender de vários fatores. Para escolher o que é melhor, o motorista deve verificar primeiro o desconto oferecido em seu Estado.

    Embora o desconto seja pequeno, vale a pena pagar o IPVA à vista. No entanto, isso só deve ser feito caso o motorista tenha o dinheiro na reserva ou aplicado.

    Isso porque em geral o desconto é superior ao rendimento que se conseguiria nas aplicações caso parcelasse e fosse sacando aos poucos. Mesmo se for necessário tirar o dinheiro da poupança, pagar à vista ainda é a melhor decisão.

    Além disso, quem paga à vista não corre o risco de acabar se esquecendo da dívida e pagar juros por atraso. No entanto, para quem também tem um imóvel e está decidindo entre pagar o IPTU ou o IPVA à vista, a dica é optar pelo imposto que dá o maior desconto para o pagamento.

    Há algum tipo de isenção do IPVA 2019?

    Alguns estados podem isentar alguns proprietários do pagamento do imposto.

    Veja que pode ser isento:

    – Automotivos que realizam atividades filantrópicas;
    – Proprietários portadores de deficiência física;
    – Taxistas;
    – Proprietários que tiveram, naquele ano, perda total do veículo ou foram vítimas de roubo;
    – Carros fabricados há mais de 20 anos;
    – Veículos pertencentes a fundações ou autarquias públicas.

    Quais os riscos de não pagar o IPVA 2019?

    A inadimplência do IPVA 2019 implica em uma série de consequências. A primeira é que você não conseguirá fazer o licenciamento do seu veículo, processo responsável por validar a documentação do automóvel. Sem estar devidamente licenciado, o carro pode ser apreendido.

    Além disso, o cenário pode ficar ainda pior. Em caso de IPVA atrasado, você poderá receber um comunicado pelos Correios com o prazo para acertar a pendência. Caso não pague mesmo assim, seu nome pode ser encaminhado para a lista de maus pagadores dos órgãos de proteção ao crédito, como Serasa e SPC.

    Escala de pagamento do IPVA 2019 SP

    Final de placa / Cota única ou 1ª parcela / 2ª parcela / 3ª parcela

    0 – 22 de jan / 22 de fev / 22 de mar
    1 – 09 de jan / 11 de fev / 11 de mar
    2 – 10 de jan / 12 de fev / 12 de mar
    3 – 11 de jan / 13 de fev / 13 de mar
    4 – 14 de jan / 14 de fev / 14 de mar
    5 – 15 de jan / 15 de fev / 15 de mar
    6 – 16 de jan / 18 de fev / 18 de mar
    7 – 17 de jan / 19 de fev / 19 de mar
    8 – 18 de jan / 20 de fev / 20 de mar
    9 – 21 de jan / 21 de fev / 21 de mar

    Escala de pagamento do IPVA 2019 RJ

    Final de placa / Cota única ou 1ª parcela / 2ª parcela / 3ª parcela

    0 – 21 de jan / 20 de fev / 22 de mar
    1 – 22 de jan / 21 de fev / 25 de mar
    2 – 23 de jan / 22 de fev / 26 de mar
    3 – 24 de jan / 25 de fev / 27 de mar
    4 – 25 de jan / 26 de fev / 28 de mar
    5 – 28 de jan / 27 de fev / 15 de mar
    6 – 29 de jan / 28 de fev / 01 de abr
    7 – 30 de jan / 01 de mar / 02 de abr
    8 – 31 de jan / 07 de mar / 08 de abr
    9 – 01 de fev / 08 de mar / 09 de abr

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Rafael Massadar
    Rafael Massadar
    Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasFinanças PessoaisComo será o pagamento do IPVA 2019?

    Como será o pagamento do IPVA 2019?

    0
    (0)

    Os donos de veículos de todo o Brasil começam a pagar o IPVA 2019 já em meados de janeiro. O imposto é calculado por cada unidade federativa. Normalmente, sobre o valor de mercado dos veículos, de acordo com pesquisa elaborada pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE).

    A tabela leva em consideração o valor venal do veículo. Ou seja, o valor pelo qual ele pode ser comercializado.

    A fixação do valor venal leva em conta características do automotor, como:

    – ano de fabricação;
    – marca e modelo;
    – se é nacional ou importado.

    A boa notícia é que na maioria dos estados, a cota única do IPVA 2019 terá um desconto de 3%. O percentual é o mesmo oferecido no ano passado.

    ipva 2019

    Como pagar o IPVA 2019?

    Quem controla a cobrança do IPVA são os Detrans de cada estado. Os proprietários dos veículos costumam receber informações do calendário do pagamento sempre no mês dezembro. Devendo pagar a taxa a partir de meados do mês de janeiro.

    Portanto, os contribuintes devem seguir as datas informadas no calendário para pagar seu imposto. Se houver atraso receberão uma multa de 0,33% por dia e juros de mora de acordo com a base Selic.

    Após 60 dias do vencimento, a multa chega ao limite de 20% do valor total do imposto. Vale ressaltar que o imposto pode ser pago à vista ou em parcelas.

    Pagar à vista ou parcelado?

    A decisão de pagar o IPVA 2019 à vista ou parcelado vai depender de vários fatores. Para escolher o que é melhor, o motorista deve verificar primeiro o desconto oferecido em seu Estado.

    Embora o desconto seja pequeno, vale a pena pagar o IPVA à vista. No entanto, isso só deve ser feito caso o motorista tenha o dinheiro na reserva ou aplicado.

    Isso porque em geral o desconto é superior ao rendimento que se conseguiria nas aplicações caso parcelasse e fosse sacando aos poucos. Mesmo se for necessário tirar o dinheiro da poupança, pagar à vista ainda é a melhor decisão.

    Além disso, quem paga à vista não corre o risco de acabar se esquecendo da dívida e pagar juros por atraso. No entanto, para quem também tem um imóvel e está decidindo entre pagar o IPTU ou o IPVA à vista, a dica é optar pelo imposto que dá o maior desconto para o pagamento.

    Há algum tipo de isenção do IPVA 2019?

    Alguns estados podem isentar alguns proprietários do pagamento do imposto.

    Veja que pode ser isento:

    – Automotivos que realizam atividades filantrópicas;
    – Proprietários portadores de deficiência física;
    – Taxistas;
    – Proprietários que tiveram, naquele ano, perda total do veículo ou foram vítimas de roubo;
    – Carros fabricados há mais de 20 anos;
    – Veículos pertencentes a fundações ou autarquias públicas.

    Quais os riscos de não pagar o IPVA 2019?

    A inadimplência do IPVA 2019 implica em uma série de consequências. A primeira é que você não conseguirá fazer o licenciamento do seu veículo, processo responsável por validar a documentação do automóvel. Sem estar devidamente licenciado, o carro pode ser apreendido.

    Além disso, o cenário pode ficar ainda pior. Em caso de IPVA atrasado, você poderá receber um comunicado pelos Correios com o prazo para acertar a pendência. Caso não pague mesmo assim, seu nome pode ser encaminhado para a lista de maus pagadores dos órgãos de proteção ao crédito, como Serasa e SPC.

    Escala de pagamento do IPVA 2019 SP

    Final de placa / Cota única ou 1ª parcela / 2ª parcela / 3ª parcela

    0 – 22 de jan / 22 de fev / 22 de mar
    1 – 09 de jan / 11 de fev / 11 de mar
    2 – 10 de jan / 12 de fev / 12 de mar
    3 – 11 de jan / 13 de fev / 13 de mar
    4 – 14 de jan / 14 de fev / 14 de mar
    5 – 15 de jan / 15 de fev / 15 de mar
    6 – 16 de jan / 18 de fev / 18 de mar
    7 – 17 de jan / 19 de fev / 19 de mar
    8 – 18 de jan / 20 de fev / 20 de mar
    9 – 21 de jan / 21 de fev / 21 de mar

    Escala de pagamento do IPVA 2019 RJ

    Final de placa / Cota única ou 1ª parcela / 2ª parcela / 3ª parcela

    0 – 21 de jan / 20 de fev / 22 de mar
    1 – 22 de jan / 21 de fev / 25 de mar
    2 – 23 de jan / 22 de fev / 26 de mar
    3 – 24 de jan / 25 de fev / 27 de mar
    4 – 25 de jan / 26 de fev / 28 de mar
    5 – 28 de jan / 27 de fev / 15 de mar
    6 – 29 de jan / 28 de fev / 01 de abr
    7 – 30 de jan / 01 de mar / 02 de abr
    8 – 31 de jan / 07 de mar / 08 de abr
    9 – 01 de fev / 08 de mar / 09 de abr

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?