Início Notícias Finanças Pessoais Como usar bem o 13º salário? Sicredi dá dicas!

Como usar bem o 13º salário? Sicredi dá dicas!

0
(0)

Segundo a última pesquisa divulgada pelo Serasa, mais de 50 milhões de brasileiros estão endividados e devem usar o 13º salário deste ano para pagar as contas.

Outros também não contam com economias e tiveram dificuldades financeiras por causa da pandemia provocada pelo coronavírus. Por isso, é preciso ter cautela para usar bem o dinheiro.

De acordo com Márcia Silva, gerente de investimentos na Sicredi Vale do Piquiri Abcd PR/SP, o primeiro passo é planejar o que vai fazer com o benefício, lembrando que o valor também é descontado na folha de pagamento. 

“Faça uma planilha dividindo as prioridades e organize quanto você precisará para pagar dívidas, se houver, ou comprar um presente de amigo secreto, por exemplo, e nunca perca de vista a possibilidade de investir”.

Para os endividados, Márcia orienta que é muito importante escolher os valores mais altos e que geram juros maiores para priorizar o pagamento.

“Com o dinheiro em mãos, é possível, em muitos casos, negociar as dívidas e conseguir um bom desconto, e até efetuar o pagamento integral à vista”.

Especialista alerta para as contas do início do próximo ano

A especialista também alerta que vale lembrar das contas do início do próximo ano.

“Na hora que recebem o décimo terceiro, muitos acabam se esquecendo dos gastos de janeiro do ano seguinte, como IPVA, IPTU, matrícula escolar, entre outros. Diante disso, é importante planejar o orçamento doméstico ao longo do ano. Com um bom planejamento anual, o benefício pode ser melhor aproveitado no final do ano, como para fazer uma viagem”, explica.

+ 5 dicas para economizar na viagem de fim de ano

Se as dívidas foram quitadas e o valor das despesas de início do ano está reservado, a dica de ouro é investir. “Caso sobre parte do 13º vale buscar um rendimento extra ao invés de gastá-lo desnecessariamente”, ressalta.

Ainda de acordo com a especialista, é sempre bom ter em carteira de investimentos de curto prazo e que podem ser resgatados rapidamente, sempre que necessário.

Durante esse período de pandemia, muitos precisaram recorrer a reserva para cobrir despesas inesperadas.

13º salário
Planejamento é fundamental para usar bem o 13º salário

Saiba como usar bem o 13º salário

Pensando em como ajudar você com o seu 13º salário, a especialista Márcia cita algumas dicas. Veja quais são!

1. Planejamento

Se planejar é o primeiro passo. Entender e decidir quais as prioridades e definir os tipos de investimentos e quanto aplicar são passos necessários para montar uma carteira sólida e diversificada, além de criar uma boa reserva de emergência.

2. Alinhe seu orçamento

Organize as contas. É importante entender quais são as suas despesas fixas e possíveis emergências. Se estiver gastando mais que o orçamento, fica mais complicado economizar.

+ Poupar, economizar e investir: entenda as diferenças

3. Desperdício

Evitar despesas desnecessárias também ajuda a aumentar a reserva. Mesmo que já tenha atingido o objetivo inicial, coloque dinheiro extra, porque nunca se sabe por quanto tempo pode-se precisar desse recurso.

Como fica o 13º salário de quem teve jornada reduzida?

Durante 2020 ocorreram algumas mudanças nas regras trabalhistas por conta da pandemia da Covid-19.

Essas regras refletem diretamente no valor do 13º salário dos trabalhadores. Uma das alterações foi a possibilidade de reduzir a jornada e o salário dos empregados. Além da suspensão dos contratos de trabalho.

Por isso, de acordo com uma nota técnica da Secretaria de Trabalho do Ministério da Economia, ficou decidido que trabalhadores que tiveram a jornada reduzida devem receber o 13º salário e as férias com base na remuneração integral.

Enquanto isso, os que tiveram os contratos suspensos, o pagamento deverá ser proporcional. Deverá ser considerado os meses em que houve 15 dias ou mais de trabalho.

Leia também: Especialista explica como funcionará o pagamento do 13º salário

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui