Quer fazer compras na Shein? Veja dicas para não ser taxado na Alfândega

2
55864
mulher sentada em frente a um notebook com um sorriso no rosto
4.6
(797)

As compras na Shein viraram febre por conta do baixo valor das peças e pelos modelos diferentes que você consegue encontrar no e-commerce. Porém, apesar dos preços do site chinês serem atrativos, é preciso estar atento na taxa de importação que o Brasil cobra.

Anúncios

Sim, as suas compras podem acabar sendo taxadas ao chegarem no país. E, caso isso aconteça, pode ser que as suas compras que foram baratas acabam saindo um pouco mais caras do que você imaginava. 

Por esse motivo, é preciso que você entenda um pouco sobre como funciona a taxação de compras internacionais. E isso vale não só para a Shein, mas para todas as encomendas que você realizar e vierem do exterior.

Anúncios

Isso significa que você precisa saber tudo sobre produtos importados? É claro que não, mas o básico é importante.

O que você precisa saber é que a legislação brasileira fala que todo produto importado ou bagagem que venha do exterior sofre cobrança de imposto. E quem deve pagá-lo? O próprio consumidor. 

E o papel de fiscalizar todas essas compras vindo do exterior é da Receita Federal. Mas é claro que com a quantidade de encomendas que chegam no país, nem todas são fiscalizadas e taxadas.

Anúncios

Todas as minhas compras na Shein são taxadas?

A resposta para essa pergunta é que depende. Sim, nem todas as suas compras na Shein serão taxadas. Isso porque chegam no Brasil uma média de 300 mil encomendas por dia.

Dessa forma, é inviável que todas passem pela fiscalização da Receita Federal, mesmo com toda a automação do serviço e de funcionários. Por conta disso, grande parte dos pacotes que chega no país não passa pela fiscalização e segue normalmente para entrega.

Mas como saber se você vai ser taxado ou não? Não tem como saber, digamos que vai pela sorte de cada um. Mas é claro que há como minimizar os riscos de você ser cobrado por estar realizando compras no exterior.

Dicas para as suas compras na Shein não serem taxadas na Alfândega

Se você realiza compras na Shein com frequência deve estar querendo saber como não ser taxado, correto? Separamos algumas dicas que podem te ajudar. Confira!

1. Realize compras de até 50 dólares

Para quem não sabe, a Receita sempre converte as compras em dólares americanos. 

Dessa forma, se a sua encomenda passar pela fiscalização e custar até US$3 mil, que é a cotação diária, a sua encomenda será taxada em um imposto de 60% sobre o valor da compra.

mulher usando computador e comprando online na Shein
É possível evitar ser taxado nas compras da Shein

E isso inclui o frete e seguro, se tiver. Mas caso o produto custe acima de US$3 mil, os tributos serão cobrados separadamente, de acordo com a classificação dos itens importados.

+ Como conseguir desconto na Shein? Confira os truques!

2. Opte por encomendas leves e pequenas

Diariamente, chegam milhares de pacotes pequenos e leves no país. Com isso, não há nem fiscal o suficiente para essa demanda e nem um fluxo que favoreça. Dessa forma, as chances dele passar são grandes.

+ Cuidados ao comprar produtos importados pela internet

Exemplos são pacotes com peso de até 2kg (4.4 Ibs). Os maiores e mais pesados, pela lógica, são bem mais perceptíveis e certamente vão passar pela fiscalização.

3. Caixa grande com vários produtos

Embora a caixa grande possa ser um problema, se você envia vários produtos dentro dela, já não é um problema tão grande assim. A falta de fiscais e de tempo o suficiente para fiscalizar cada um, faz com que ela passe sem ser taxada.

Nesses casos das caixas maiores, geralmente a fiscalização acaba sendo uma amostragem, a fim de agilizar o processo de despacho da encomenda.

4. Opte por fretes mais baratos e longos

Estatisticamente, as opções de fretes mais baratos e demorados possuem menos chances de serem taxados. Geralmente, as entregas rápidas, como a via Sedex ou expressa, costumam ser taxadas. A única vantagem é um envio rápido e imediato.

5. Caixas mais discretas

Quanto mais chamativa a caixa da sua entrega for, pior. Por isso, opte por caixas mais neutras, discretas, sem muitas logomarcas ou adesivos. Sobre cores, escolha as mais leves e menos visíveis. Você pode fazer essa solicitação a quem for fazer o envio.

6. Compre perto de datas comemorativas

Geralmente, datas festivas costumam ter um volume maior de entregas. Se geralmente são mais de 300 mil pacotes que chegam diariamente, certamente em datas comemorativas esse número aumenta consideravelmente.

Sem fiscais suficientes, as chances de seu pacote passar aumentam. Com isso, você pode não ser taxado.

Vale destacar que todas essas ações são preventivas e não garantia. Infelizmente não ser taxado na Alfândega contar com a sorte. Mas, você pode tentar essas estratégias para se safar. 

Como descobrir se fui taxado na Alfândega?

Você seguiu todas as dicas acima, mas está com medo de ainda assim ter as suas compras na Shein taxadas? É possível realizar uma consulta para saber se a Alfândega segurou ou não a sua encomenda.

E como fazer isso? Todo o processo é bem simples e fácil e você pode consultar no próprio site dos Correios. Para te ajudar, separamos um passo a passo para você ver como é simples realizar a consulta. Confira!

1º passo: acesse o site dos Correios e no campo “Acompanhe seu objeto” digite o código de rastreio;

2º passo: resolva o ReCaptcha e pressione a tecla “Enter”;

3º passo: caso você tenha sido taxado, o imposto aparecerá da seguinte forma após o status “Fiscalização Aduaneira Finalizada”;

4º passo: se você tiver algum imposto, terá que voltar na página inicial dos Correios e clicar em “Minhas importações”;

5º passo: imprima o boleto e realize o pagamento da taxa.

Pronto, agora você poderá receber a sua encomenda normalmente no endereço cadastrado na hora que a compra foi realizada.

Uma informação importante é que caso você seja taxado, é possível solicitar o reembolso na própria Shein da metade do valor pago. Para isso, é preciso entrar em contato com o site.

Fui taxado, o que eu faço?

Se você fez o passo a passo acima e descobriu que as suas compras da Shein foram taxadas, calma. É possível conseguir de volta parte do valor que foi tributado pela Receita Federal.

Para quem não sabe, a própria Shein se compromete em pagar 50% da taxa da sua compra, caso ela seja parada na alfândega. Mas como fazer isso? Nós vamos te explicar tudo.

Antes de mais nada, você precisa saber que essa solicitação só pode ser realizada depois que o comprador realizar o pagamento da taxa da alfândega. Agora que você já sabe disso, deverá abrir um chamado na empresa.

Veja como solicitar o reembolso da taxa para a Shein:

1º passo: acesse o aplicativo da Shein e entre no seu perfil;

2º passo: toque no ícone “Suportar” e depois no botão “Serviço ao cliente”;

3º passo: vá até a aba “Rastreamento e entrega” e depois na opção “Alfândega”;

4º passo: ao tocar no ícone será aberto um chat que fornece instruções sobre o reembolso, você deverá incluir o comprovante de pagamento da taxa;

5º passo: no final deverá selecionar o pedido que foi tributado.

Gostou das dicas? Então compartilhe com seus amigos que também compram na Shein para que saibam desses detalhes!

*Colaboração: Isabella Mercedes e Juliana Favorito

O que achou disso?

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 797

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

2 COMENTÁRIOS

  1. mas se eu utilizar um cupom, o valor com o desconto é o valor que se refere à esses 50 dólares?
    ou seria o valor total sem o desconto?

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui