Conta poupança: o que é, como funciona e quanto rende | FinanceOne
Conversor de moedas Transferência internacional

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.




Conta poupança: o que é, como funciona e quanto rende

O mais tradicional e famoso investimento brasileiro, a conta poupança continua sendo sinônimo de segurança e baixo risco. Foi criada no século XIX com a finalidade de ser uma espécie de cofre que renderia juros anualmente.

Sem perder suas principais características durante os anos, a conta poupança é isenta de impostos e taxas administrativas, sendo a maneira mais simples de se juntar dinheiro. Ela também tem a vantagem de ter as mesmas características em todos os bancos.

conta poupança
Conta poupança continua sendo sinônimo de segurança e baixo risco. Entenda

Entre as principais vantagens da conta poupança, é possível listar:

• o valor depositado pode ser sacado a qualquer momento;
• ausência total de taxas de administração;
• isenção no Imposto de Renda (IR) e Imposto sobre movimentações financeiras (IOF);
• pouco risco no investimento;
• caso o banco entre em falência, contas com até R$60 mil são ressarcidas integralmente.

Além destes, a conta poupança oferece serviços gratuitos como acompanhamento online, dois saques por mês (no banco ou em caixa eletrônico), transferências, extratos de movimentação mensal e extrato detalhado anualmente.

Como funciona a conta poupança

Para quem está começando a guardar dinheiro e ainda se sente inseguro com maiores investimentos, esta é a melhor a alternativa quando se compara segurança x rendimento. Ela funciona da seguinte maneira:

– Abrir conta poupança: é necessário apresentar documento de identidade, CPF e comprovante de residência, não sendo preciso comprovar renda ou pagar taxa de abertura.

– Depósito: você faz um depósito no banco e, um mês após a data o dinheiro irá render de acordo com a porcentagem e taxas.

– Banco: não faz diferença porque irá render da mesma forma, os valores são iguais para todos os bancos.

– Aniversário: o ideal é que os depósitos sejam feitos todos os meses na mesma data. A data de aniversário é, basicamente, o número de dias que seu depósito irá render e você conseguirá sacar com o reajuste.

Rendimento da conta poupança

A caderneta de poupança está atrelada à taxa referencial (TR) e à taxa básica de juros (Selic). A primeira é a média da rentabilidade oferecida pelo banco, que tem intervém diretamente no quanto irá render a caderneta. Já a taxa Selic é utilizada para controlar a inflação e gerar circulação de dinheiro no país e quanto mais alta, melhor.

Em 2012, o governo alterou as regras fazendo com que o rendimento da conta poupança fosse de acordo com a taxa Selic somada à taxa referencial. A partir de então, começou a ser calculado no dia em que o depósito foi feito, mais 0,5% (por mês) ou 6,17% (por ano). Para facilitar o cálculo, o Banco do Brasil criou a Calculadora do Cidadão, onde é possível ficar de ciente do rendimento.

A caderneta possui outra regra: se a Selic ficar igual ou menor que 8,5% ao ano, a poupança irá render 70% da taxa vigente no período mais a TR. Na prática, é simples: em uma simulação, caso tenha sido aplicado R$4 mil em 1º de março de 2015, 30 dias após teríamos R$4.025,21 em conta.

Sim, inicialmente o valor não é alto, mas tudo depende do período em que o dinheiro continuará aplicado.

Por oferecer a possibilidade de sacar o dinheiro depositado sem ter que esperar um tempo de carência, a conta poupança é ideal para formar uma reserva de dinheiro. A maior facilidade da poupança é poder retirar em qualquer loteria do país ou utilizar o cartão de débito quando for necessário.

Para investidores iniciantes também é uma boa escolha, mas, por ter baixíssimo risco, os rendimentos não são muito atraentes. A Renda Fixa, por exemplo, apresenta ótimas soluções e maiores lucros. Cabe ao investidor, portanto, identificar o tipo de investimento que se encaixa ao seu perfil, melhores taxas e rendimentos. Além disso, identificar e observar os riscos.

Como escolher o banco ideal para abrir a poupança

Como já foi dito, os bancos possuem basicamente os mesmos serviços quando o assunto é conta poupança. Não existem taxas, cobrança de imposto de renda e IOF – Imposto sobre movimentações financeiras. Outro ponto é que a rentabilidade é igual em qualquer banco. Mas, ainda assim, há certas diferenças entre eles. Veja algumas:

– Banco Bradesco: oferece a possibilidade de ter uma conta poupança junto da conta corrente, sem exigência de taxa para abertura de ambas.

– Banco Itaú: criou o Poupança Multidata que possibilita depósito em datas alternadas, ou seja, mais de um dia de aniversário. A “desvantagem” é a obrigatoriedade de R$50 para abertura da conta.

– Banco Santander: dá desconto em tarifas na conta corrente de quem possui poupança. Também é possível agendar a transferência, o que facilita não perder a data de aniversário da conta. Não é necessário depósito inicial.

– Caixa Econômica Federal: é possível abrir a conta em qualquer agência do banco e em lotéricas, além de permitir saques também nestes dois locais. Não é cobrada taxa de abertura.

– Banco do Brasil: apesar de não solicitar taxa de abertura, pede ao novo correntista depósito para que a conta seja oficializada.

O ideal é que o correntista escolha com cuidado o banco para abrir a conta poupança. Avaliar itens como distância da moradia, atendimento e até mesmo a possibilidade de resolver questões pela internet, telefone ou aplicativos.

A comodidade e agilidade são itens que devem ser sempre levados em consideração no momento desta escolha. Afinal de contas, o serviço deve ser útil para você.

Deixe um comentário

Receba novidades

Cadastre-se em nossa newsletter para receber novidades em seu email.

Posts relacionados

25 de outubro de 2018
Fundo de renda fixa ou poupança: qual o melhor?

É sempre bom ter uma reserva de dinheiro para emergências, certo?! Entre os vários tipos de investimento disponíveis no mercado, é muito comum su...

17 de agosto de 2018
Pesquisa mostra maior uso da reserva da poupança

Cada vez mais brasileiros usam parte da reserva da poupança. É o que mostra uma pesquisa do Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio V...

27 de abril de 2018
Poupança fica atrativa com redução da Selic

Investir na poupança voltou a ser interessante. Fato motivado pelas sucessivas reduções da taxa básica de juros. Desde outubro de 2016, a Selic j...

28 de fevereiro de 2018
Saiba como calcular o rendimento da poupança

Que a poupança é o tipo de investimento para perfis conservadores não é novidade. Já aqui falamos sobre investimentos melhores que a poupança. M...

26 de fevereiro de 2018
Por que poupança não é um bom investimento?

Na hora de pensar em economizar dinheiro, muitos brasileiros começam a investir uma determinada quantia na poupança, todo mês. Mas você já parou ...

Mais lidos

Cartões de crédito sem anuidade: veja os 10 melhores
Procurando cartões de crédito sem anuidade? Eles definitivamente conquistaram o seu espaço na eco ...
Trabalhar em casa: 28 profissões para ganhar dinheiro
Trabalhar em casa e ganhar dinheiro no conforto do lar é um sonho para muitas pessoas. No Brasil, o ...
Quais são as moedas mais valorizadas do mundo?
Sabe quais são as moedas mais valorizadas do mundo? Você vai se surpreender! O Real é a terceira ...
Aposentadoria por idade 2018: como funciona?
A aposentadoria é um dos benefícios da Previdência Social. O Regime Geral de Previdência Social ...
Cartão de crédito com aprovação imediata existe?
Quem não quer ter um cartão de crédito hoje em dia para realizar as compras? Muitas instituiçõe ...

Ebook do FinanceOne

Ebook gratuito investidor iniciante

Quer investir mas não sabe como? O Guia Completo do Investidor Iniciante traz os primeiros passos para você começar a investir e ganhar dinheiro!

BAIXAR AGORA!

Publicidade


           




Guias

Calculadoras