FGTS: quem optou pelo saque-aniversário poderá sacar os R$1.045?

Escrito por: Mateus Carvalho em 25 de junho de 2020

Após o anúncio do saque emergencial do FGTS, surgiu a seguinte dúvida: quem optou pelo saque-aniversário também terá direito a sacar os R$1.045? A resposta é sim, essas pessoas também poderão sacar o dinheiro.

Então quem aderiu o saque-aniversário poderá, assim como todos os trabalhadores, sacar o FGTS emergencial. E para quem não sabe, o saque-aniversário permite sacar todo ano um valor do saldo do FGTS. 

auxílio-doença
Quem optou o saque-aniversário poderá sacar o FGTS emergencial

O trabalhador tem a opção de escolha dessa modalidade. Porém, caso opte não poderá realizar o saque por completo do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço em caso de demissão por justa causa. Sendo assim, somente poderá sacar a multa de 40%.

O saque emergencial foi anunciado pelo governo federal tendo como objetivo ajudar os brasileiros a combater a crise econômica causada pela pandemia do coronavírus.

FGTS emergencial só não pode ser sacado em uma situação

De acordo com o governo, o brasileiro que aderiu ao saque-aniversário só não conseguirá sacar os R$1.045 apenas em uma situação: caso tenha utilizado o pagamento anual como garantia para solicitar um empréstimo com os bancos.

Mas é importante estar atento, já que o valor do saque-aniversário estará disponível a partir do dia 26 de junho. E nesse caso, o saldo total do trabalhador ficará bloqueado, sendo o objetivo garantir o pagamento do empréstimo.

Sendo assim, o valor ficará bloqueado como garantia, não podendo ser realizado o saque emergencial.

Solicite um empréstimo pessoal a partir do FGTS

Calendário do FGTS emergencial já foi divulgado

A Caixa Econômica divulgou no último dia 13, o calendário do saque emergencial do FGTS. As datas foram definidas de acordo com o mês de nascimento dos trabalhadores. Veja!

Janeiro: crédito em conta 29 de junho e saques a partir de 25 de julho;

Fevereiro: crédito em conta 06 de julho e saques a partir de 08 de agosto;

Março: crédito em conta 13 de julho e saques a partir de 22 de agosto;

Abril: crédito em conta 20 de julho e saques a partir de 5 de setembro;

Maio: crédito em conta 27 de julho e saques a partir de 19 de setembro;

Junho: crédito em conta 03 de agosto e saques a partir de 03 de outubro;

Julho: crédito em conta 10 de agosto e saques a partir de 17 de outubro;

Agosto: crédito em conta 24 de agosto e saques a partir de 17 outubro;

Setembro: crédito em conta 31 de agosto e saques a partir de 31 de outubro;

Outubro: crédito em conta 08 de setembro e saques a partir de 31 de outubro;

Novembro: crédito em conta 14 de setembro e saques a partir de 14 de novembro;

Dezembro: crédito em conta 21 de setembro e saques a partir de 14 de novembro;

Você sabe quem poderá sacar o novo FGTS?

Além de saber que é possível sacar o valor mesmo quem já tenha realizado o saque-aniversário, você sabe para quem é destinado o novo calendário?

O valor ficará disponível para todos os brasileiros com saldo na conta ativa ou inativa do Fundo. Vale ressaltar que não necessariamente o trabalhador precisa estar desempregado.

Ele pode estar trabalhando e ainda assim retirar o dinheiro do FGTS. Para isso é preciso ter um valor liberado na conta. 

O valor para saque deve estar liberado para janeiro deste ano, o que também vale para os aposentados.

Auxílio emergencial poderá ser prorrogado

Além do novo saque do FGTS, outra medida criada pelo governo para amenizar os impactos causados pela pandemia do coronavírus foi o auxílio emergencial.

O valor é destinado a desempregados, profissionais autônomos, liberais, microempreendedores individuais (MEI). Além de mães solteiras chefes de família e mães adolescentes.

Tem direito ao valor quem não tem emprego formal, não recebe outro benefício do governo (com exceção do Bolsa Família) e não tem renda familiar mensal maior que  R$3.135 ou R$522,50 per capita (por pessoa).

Recentemente, uma matéria do jornal O Globo confirmou um estudo para que haja a prorrogação do pagamento.

A intenção do governo, segundo a reportagem, é pagar o benefício em novas parcelas, em escala decrescente, sendo R$500, R$400 e R$300. Essa possibilidade, no entanto, ainda está em estudo pelo Ministério da Economia.

Luiz Eduardo Ramos, ministro da Secretaria de Governo, publicou nas redes sociais a informação de que o governo Bolsonaro teria decidido pelo pagamento dessas novas três parcelas. No entanto, ainda não foram divulgadas informações oficiais.

O presidente, por sua vez, se limitou a dizer que o ministro Paulo Guedes decidiu pagar a quarta e quinta parcela, mas que o o governo não tem condições de manter R$600, como nas três primeiras.

Guedes, por sua vez, disse que o custo da extensão do auxílio seria de, aproximadamente, R$100 bilhões.

Calendário de pagamento da terceira parcela do auxílio

Neste momento, quem recebe o pagamento da terceira parcela do auxílio, para o primeiro lote, são os beneficiários do programa Bolsa Família. O pagamento irá até 30 de junho, sendo:

-> Quinta-feira, dia 25: 921.061 pessoas das 1.355.907 famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 7

-> Sexta-feira, dia 26: 917.991 pessoas das 1.353.741 famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 8

-> Segunda-feira, dia 29: 920.953 pessoas das 1.355.831 famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 9

-> Terça-feira, dia 30: 918.047 pessoas das 1.353.780 famílias beneficiárias do Bolsa Família cujo último dígito do NIS é igual a 0

O calendário da terceira parcela para os demais beneficiários ainda não foi divulgado pela Caixa, tampouco o da segunda parcela para a turma do segundo lote.

Leia também: Novo saque do FGTS seguirá modelo do auxílio emergencial

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Como funciona o Consórcio Honda
pib
Serviços da conta corrente gratuita
Muitas fintechs oferecem serviços de bancos digitais e de cartões de crédito
Como cancelar compra com cartão de crédito?