InícioNotíciasInvestimentosJá é hora de pensar nos melhores investimentos 2020?

Já é hora de pensar nos melhores investimentos 2020?

Tempo de leitura: 4 minutos
()

O ano está terminando e, com isso, chega a hora de pensar em 2020. O que também conta para os investidores, tendo em vista que este é o momento de identificar quais serão os melhores investimentos 2020. 

Será que dá para saber quais serão os melhores investimentos? Não é possível dar 100% de certeza que um determinado ativo terá mais lucros que o outro.

Mas dá para ter noção de algumas aplicações que têm chances de dar certo no próximo ano.

Com tantas opções, ficar na dúvida entre quais serão os melhores investimentos 2020 é comum. Por isso, fique tranquilo.

Porém, lembre-se que antes de pensar em aplicar o seu dinheiro, é necessário entender qual o seu perfil de investidor.

Avaliar a liquidez do investimento é importante para saber o prazo que poderá resgatar os lucros
Avaliar a liquidez do investimento é importante para saber o prazo que poderá resgatar os lucros

Para começar, o ano de 2020 promete ser o de taxas de juros mais baixos. O que irá influenciar diretamente na forma como os investimentos são geridos.

A taxa Selic, que regula os juros no Brasil, está em seu mais baixo patamar da história, 5,5%. E tudo indica que esse número deve cair ainda mais.

Com a Selic mais baixa, os investimentos de renda fixa irão se tornar menos atraentes. Isso acontece porque são regulados tendo a Selic como indicador.

Assim, o investidor precisará diversificar mais a carteira de aplicações. Caso as previsões se confirmem, a Selic deverá começar 2020 em queda, na casa dos 4,5% ou até menos.

Por isso, fique atento para mudar as suas estratégias de investimentos, ou pode acabar tendo prejuízos.

++ Saiba como se planejar para os gastos de fim de ano

Como escolher os melhores investimentos 2020

Para saber como escolher os melhores investimentos 2020, é necessário levar em consideração diversas questões bem particulares. Sendo duas delas:

-> Seu perfil ou como você lida com os riscos das aplicações;
-> Os seus objetivos financeiros.

Além disso, outro fator que deve ser considerado é a sua experiência com os investimentos. Isso porque não faz sentido sair da poupança para investir direto em ações ou em outros ativos que sejam mais arriscados.

Por esse motivo, o ideal é que o investidor comece aos poucos, entendendo como cada aplicação funciona e conhecendo cada uma delas.

Depois de se familiarizar, poderá aumentar os aportes e até começar a testar outros tipos de investimentos.

É importante deixar claro que você não precisa ser especialista para realizar boas aplicações e muito menos ter muito dinheiro para dar os primeiros passos.

++ Conheça 5 investimentos para começar com 100 reais

Conheça os melhores investimentos 2020

Agora que você já sabe como escolher os melhores investimentos 2020 e o que pode fazer com que eles sofram variações, está na hora de conhecer cada um deles:

-> Renda Variável

Para começar, a renda variável consiste em ter mais ousadia por parte dos investidores. Isso porque esse investimento tem como principal característica o alto risco de perder dinheiro.

Por isso, é importante estar atento às variações deste mercado. São exemplos de renda variável e que poderão ser os melhores investimentos 2020:

– Fundos de ações, que tem como objetivo seguir os índices como o Ibovespa;
– Certificado de Operações Estruturadas (COE);
– Fundos imobiliários, que é destinado a empreendimentos imobiliários;
– Mercado de ações, compra e venda de papéis ou lucro com dividendos;
– Fundos multimercado, que mescla renda fixa com a renda variável.

-> Letras de Crédito Isentas de Imposto de Renda (LCI e LCA)

Esse tipo de aplicação é um dos melhores investimentos 2020 devido o fato de haver a possibilidade de efetuar empréstimos para bancos.

Estes vão automaticamente destinar o valor investido para o financiamento de imóveis, construção e reforma.

Porém, quando se fala em LCA, são recursos diretamente voltados para o financiamento do agronegócio. 

E nesse tipo de investimento, existe um requisito que consiste no fato de a aplicação mínima geralmente ser de um valor equivalente a R$10.000.

Dessa forma, é preciso ter ciência de que quanto maior for o investimento, maior deverá ser a taxa paga.

Tendo isso em mente, é possível encontrar rentabilidades maiores no mercado a partir do investimento de R$50 mil.

Além desses investimentos, a dica é evitar as taxas administrativas. Isso porque algumas corretoras e bancos cobram essas taxas para gerir seus investimentos.

Apesar de parecer pouco, algumas taxas podem chegar até a 2% ao ano do valor dos rendimentos. O que num cenário de pouca rentabilidade poderá fazer toda a diferença.

Também é importante analisar com cuidado as aplicações que cobram imposto de renda.

De acordo com o tipo de investimento o valor pago poderá passar dos 20%. Vale ressaltar que a regra regressiva: quanto mais tempo o dinheiro ficar aplicado, menos imposto irá pagar.

Além disso, a maioria dos produtos, depois de dois anos, sofrem redução da alíquota que passa para 15% sobre os lucros obtidos.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 4 minutos
Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui