Hurb vai falir? Reclamações no Procon aumentam mais de 400% e preocupam clientes

1
3408
Homem de terno com as mãos na cabeça avalia queda na bolsa de valores por causa da crise na Evergrande
4.6
(24)

Se o Hurb (antigo Hotel Urbano) vai falir, ainda não se sabe. Mas de fato a plataforma de pacotes de viagens está passando por um momento de crise que preocupa os clientes com viagens previstas.

Anúncios

Segundo reportagem do portal de notícias G1, nesta semana a Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça, abriu um processo administrativo contra o site.

Para entender o que está acontecendo, é necessário retomar à época da pandemia, quando o Hurb explodiu vendendo pacotes muito baratos. Naquela época, com a crise sanitária, essa foi a saída para lidar financeiramente com a situação.

Anúncios

Funcionou assim: o cliente comprava pacotes para os anos seguintes (2023, 2024 etc) e escolhia o período no qual gostaria de viajar, desde que fosse na baixa temporada. Em até 45 dias antes da viagem o Hurb deveria confirmar a data de embarque, voo e acomodação.

De fato, mesmo em meio a pandemia, as vendas destes pacotes foram um sucesso. No entanto, depois da reabertura do mundo o número de pessoas que não conseguiam marcar suas viagens só foi aumentando. 

O principal problema identificado é que o Hurb não estaria repassando o pagamento às hospedagens. De acordo com o Procon de São Paulo, as reclamações subiram mais de 400%.

Anúncios

Mas o que acontece agora? E, principalmente, como ficam os clientes que estão com pacotes comprados? É que o explicamos ao longo deste artigo!

O que vai acontecer com o Hotel Urbano?

De acordo com as denúncias feitas contra a empresa Hurb, ela não tem pago pelos serviços de hospedagem desde o dia 12 de fevereiro. Como resultado, vários hotéis decidiram cancelar as reservas e estão pedindo aos clientes que entrem em contato com a empresa.

Somando-se a essa crise, o CEO e fundador da plataforma, João Ricardo Mendes, renunciou ao cargo após a polêmica envolvendo reclamações de clientes nas redes sociais. 

Ele foi filmado ameaçando e expondo dados de consumidores que usaram as redes sociais para reclamar de problemas com reservas.

A Secretaria Nacional do Consumidor (Senacom) abriu um processo administrativo sancionador contra a Hurb em resposta à situação. Esse procedimento tem como objetivo combater práticas abusivas no mercado de turismo e tornar os consumidores mais informados.

O resultado final do processo pode ser a imposição de uma multa à Hurb. Segundo o secretário da Senacom, Wadih Damous, houve desrespeito aos consumidores, afetando milhares deles em todo o Brasil.

No entanto, a abertura do processo administrativo não garante que as viagens dos clientes que estão sendo canceladas ou suspensas serão realizadas.

Pessoa segura um passaporte na frente de uma mala
Com viagens canceladas, reclamações contra o Hurb sobem 400%

O que fazer se o meu pacote do Hurb for cancelado?

Ao ser questionada pelo portal G1, a Hurb explicou que lida com cada caso individualmente em parceria com hotéis e pousadas, mas não pode fornecer detalhes específicos por motivos legais.

O Procon recomenda que, se um cliente tiver sua viagem cancelada ou seus direitos violados, ele deve coletar qualquer prova possível, como capturas de tela e gravações de conversas, além de manter uma cópia do contrato.

Com essas evidências, a primeira coisa a ser feita é tentar resolver o problema diretamente com a Hurb. Caso isso não seja possível, o cliente pode buscar reparação judicial.

O que você acha da crise no Hurb? Será que a plataforma vai falir? Se você também é um dos clientes prejudicados, deixe seu relato nos comentários!

O que achou disso?

Média da classificação 4.6 / 5. Número de votos: 24

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

1 COMENTÁRIO

  1. A hurb só vem enganando o povo destruindo sonho como o meu .
    Hoje me sinto muito triste por ser tão ingênuo de acreditar que iria algum dia viajar com a hurb , nesse momento fico pensando se alguém ou a justiça fará alguma coisa pra amenizar a frustração de comprar um pacote pagando com sacrifício prestação por prestação pra no final ser enganado e pelo que estou lendo nem meu recurso vou aver novamente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui