InícioNotíciasEmpreendedorismo5 principais mitos e verdades sobre MEI que você precisa saber

5 principais mitos e verdades sobre MEI que você precisa saber

5
(2)

Desde 2008, todo profissional autônomo e pequenas empresas podem se formalizar na modalidade de Microempreendedor Individual, o MEI. Entretanto, quem nunca ouviu alguma fake news sobre? Confira agora os mitos e verdade sobre MEI.

A princípio, o MEI veio para facilitar a vida de quem é dono de seu próprio negócio. Afinal, ele facilita muitas coisas como a emissão de nota fiscal, benefícios que somente quem é MEI consegue como empréstimos com valores mais acessíveis e outras vantagens fiscais.

Por ser uma modalidade de empresa relativamente nova dentro da realidade brasileira, é normal encontrar algumas inverdades sobre o regime ou ainda mitos. Por isso, fizemos uma seleção para você com os principais mitos e verdade sobre o MEI.

Antes de mais nada, se você é uma pessoa que deseja se formalizar para ter seu CNPJ e outras vantagens fiscais proporcionadas pelo regime MEI, não perca tempo. Solicite imediatamente a abertura do seu MEI para ter acesso aos benefícios.

Até porque, para se tornar um Microempreendedor Individual você não precisa desembolsar nenhum tipo de custo e ainda garante benefícios semelhantes aos que pessoas com CLT recebem quando trabalham. Dá para receber auxílio maternidade, afastamento por doença, entre outras possibilidades de direitos.

Confira abaixo as principais verdades e mitos sobre o MEI!

Microempreendedor individual em seu escritório
Veja agora o que é fato e o que é fake sobre o MEI

1- “MEI é burocrático e caro

Em primeiro lugar, essa é a mentira mais ouvida por aí por quem deseja se formalizar como MEI. Sempre tem alguém que fala que a abertura do MEI é extremamente burocrática e que há muitos gastos.

A verdade é que abrir um MEI não possui custos. Basta visitar o site do Governo Federal e procurar pela opção de Empresas e Negócios. A partir daí, já é possível se cadastrar como Microempreendedor Individual, sem nenhum tipo de burocracia ou cobrança.

Basta o envio de documentações como RG, CPF e Título de Eleitor. O processo é realizado em poucos minutos e você já pode solicitar documentos do seu CNPJ na mesma semana.

2- “Você precisa ter um endereço comercial para funcionar como MEI”

Mais uma informação falsa! Para funcionar como MEI, você não precisa necessariamente ter um endereço comercial. Principalmente para pequenos empreendedores que trabalham em seu endereço residencial.

Ou seja, você pode cadastrar o seu endereço como a sede de sua empresa e adicionar o seu número de celular como meio de contato da sua empresa.

Ao se formalizar como MEI, tudo funcionará da mesma maneira. Entretanto, você terá acesso a direitos e garantias que não possuía enquanto não era formalizado.

3- “Só é possível ter 1 funcionário como Microempreendedor Individual”

Verdade! Dentro desse regime, é possível a contratação de somente 1 funcionário. Além disso, seu faturamento não pode ultrapassar R$81 mil e não se tornar sócio e titular de outra empresa.

4- “MEI serve apenas para empresas que não desejam crescer”

Falso! Desde quando entrou em vigor, o MEI ampliou o teto anual de R$60 mil para R$81 mil reais, justamente para acompanhar o crescimento e surgimento de novos negócios.

É um regime de formalização indicado, sobretudo, para empresas que estão em crescimento. Ou seja, caso você ultrapasse o teto de R$81 mil, é possível realizar a transição para outras modalidades.

5- “Você tem acesso a benefícios do INSS”

Verdade! Uma das principais vantagens de se tornar um MEI está nos benefícios que você garante ao se formalizar.

Isso porque, apesar de não ter que pagar nada para abrir o MEI, você terá de contribuir com o INSS e algumas taxas de tributação.

Por fim, esses valores vão depender da área que você atua. Por exemplo, MEI’s que trabalham com a indústria e comércio contribuem com R$56, já os prestadores de serviço contribuem com R$ 60. Para quem trabalha com ambos, R$61.

Gostou do nosso conteúdo? Confira agora como funciona o empréstimo para MEI.

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 2

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui