Início Notícias Economia Recolhimento do FGTS poderá ser feito por Pix

Recolhimento do FGTS poderá ser feito por Pix

5
(1)

O Pix está trazendo mais uma novidade para 2021. O Banco Central (BC) anunciou na última quinta-feira, 22, que o novo sistema de pagamento instantâneo poderá ser utilizado para o recolhimento de contribuições do FGTS.

A informação foi dada pelo diretor de Organização do Sistema Financeiro e de Resolução do BC, João Manoel Pinho de Mello, durante a abertura da 11ª reunião plenária do Fórum Pix.

Ele ainda contou que foi realizado um acordo de cooperação técnica com a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho para permitir o recolhimento do FGTS.

“Esse acordo com a secretaria tem como objetivo viabilizar o Pix como uma opção para o recolhimento de contribuições ao FGTS e da contribuição social a partir do lançamento do FGTS Digital, previsto para janeiro de 2021”, informou o diretor.

O que é o FGTS Digital que permitirá o recolhimento por meio do Pix

Para ficar mais fácil de entender, o FGTS Digital será uma plataforma que irá centralizar a arrecadação, apuração, lançamento e cobrança.

De acordo com o Ministério da Economia, a expectativa é que a plataforma permita o acompanhamento virtual das contribuições pelas empresas.

E isso acontecerá por meio do sistema digital de informações trabalhistas e previdenciárias em desenvolvimento pelo Governo Federal.

Ainda segundo João Manoel, essa possibilidade irá trazer competição ao sistema financeiro. Além de permitir que qualquer instituição participante do Pix possa efetivar o pagamento do FGTS.

Ou até mesmo da contribuição social, sem a necessidade de estabelecimento de convênios bilaterais.

O recolhimento do FGTS por meio do Pix irá reduzir os custos para as empresas, que em 2019 emitiram 70 milhões de guias de recolhimento. A informação foi dada pelo chefe da Divisão de Fiscalização do FGTS da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho.

“É certo, oportuno e um dos alvos do nosso projeto de impacto na redução de custo. Eles estariam diretamente associados, em princípio, às tarifas de arrecadação.”

O que é o Pix: novo sistema de pagamentos?

No último mês, muito começou a se falar sobre o cadastro do Pix pelos principais bancos, tradicionais e digitais.

Mas, você já parou para tentar entender o que é essa novidade? Já está por dentro de todos os detalhes?

O Pix foi anunciado pelo Banco Central como um novo sistema de pagamentos a ser oferecido pelas instituições financeiras de todo o país a partir de novembro.

Homem mexendo no celular para consultar as plataformas de afiliados
A partir de 2021, o recolhimento do FGTS poderá ser realizado por meio do Pix

A experiência permitirá que usuários realizem transferências entre bancos diferentes e usuários de outra titularidade em dez segundos.

Além disso, é importante ressaltar que o pagamento via Pix poderá ser realizado em qualquer dia e horário, incluindo finais de semana. O grande diferencial desse novo meio de pagamento será, de fato, a rapidez para tornar as transferências mais rápidas e ágeis.

Afinal, se você não sabe, atualmente há certas restrições na realização de DOC e TEC por dias e horários, que atrasam pagamentos e transferências.

Com o Pix, todas as transações poderão ser realizadas a qualquer momento.

Quem poderá realizar essas transações do Pix?

De acordo com o Banco Central, o sistema do Pix funcionará 24 horas por dia e sem limitações, podendo ser feitas as transações em qualquer dia do ano.

Isso ocorrerá sem que seja preciso o intermédio ou meio de campo de qualquer terceiro. Mas, quem de fato poderá realizar essas novas transações rápidas?

Segundo o Banco Central, as transações podem ser feitas por:

  • Entre pessoas;
  • Pessoas e estabelecimentos comerciais;
  • Entre estabelecimentos;
  • Para entes governamentais, no caso de impostos e taxas.

É importante destacar que, para usar o Pix, será necessário que tanto o pagador (quem envia o dinheiro) quanto o recebedor (quem receberá os valores) tenham uma conta em banco, instituição de pagamento ou fintech.

E essa conta não necessariamente precisa ser corrente, podendo também ser uma poupança.

Gostou dessas informações? Este conteúdo te ajudou? Você já sabia do recolhimento do FGTS com Pix? Então salve este artigo para ver depois e compartilhe-o nas redes sociais para que seus amigos também conheçam a novidade.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Auxílio emergencial: confira calendário para os reavaliados

O Ministério da Cidadania publicou nesta sexta-feira, 27, um novo calendário de pagamento para as parcelas do auxílio emergencial. Este calendário é...

4 carreiras promissoras no setor de beleza para 2021

O segmento da beleza não para de crescer no Brasil. Nosso país, por exemplo, é considerado o terceiro maior mercado consumidor do...

Nubank x Inter: compare os cartões sem anuidade

Os cartões sem anuidade estão ganhando cada vez mais espaço no mercado e no coração dos brasileiros. Com tantas opções pode ser...

Black Friday 2020: confira os melhores sites e ofertas

Você já se preparou para as ofertas da Black Friday 2020? Está com a lista de compras feita e separada para aproveitar...

5 dicas para saber se uma loja virtual é confiável

A pandemia da Covid-19 impulsionou o e-commerce e a Black Friday deve alavancar ainda mais as vendas online. Cerca de 80% dos...

Salário mínimo na Suíça chega a R$25 mil

Você já se perguntou quanto é o salário mínimo na Suíça, mesmo que seja só por curiosidade? Se a resposta é sim,...