Renda Brasil X Bolsa Família: qual a diferença? | FinanceOne

Renda Brasil X Bolsa Família: qual a diferença?

Escrito por: Camila Miranda em 22 de julho de 2020

Em junho, o ministro da Economia, Paulo Guedes, anunciou o Renda Brasil, o novo programa de renda mínima proposto pelo governo federal.

De acordo com Guedes, o projeto está sendo desenvolvido e o objetivo é que ele substitua o Bolsa Família e outros programas sociais.

A ideia do Renda Brasil ganhou força após a criação do auxílio emergencial, benefício concedido pelo governo para brasileiros devido a pandemia do coronavírus.

Mas qual a diferença entre o Renda Brasil e o Bolsa Família? A seguir, confira o que separamos sobre os dois programas e o que pode mudar.

coronavírus
Ministro da Economia, Paulo Guedes, anuncia novo programa de renda mínima

Há diferença entre o Bolsa Família e o Renda Brasil?

Inicialmente, o governo federal informou que o novo programa Renda Brasil é para remodelar o Bolsa Família e unificar outros programas sociais, além de substituir o auxílio emergencial.

Em junho, Paulo Guedes sinalizou que o objetivo do Renda Brasil é “fazer uma unificação de vários programas sociais”.

Mas o que propõe o novo programa do Bolsa Família? Veja a seguir a comparação entre os dois.

Programa Renda Brasil

Embora o programa esteja sendo estudado pela equipe econômica do governo, alguns pontos já foram definidos. São eles:

Público que será atendido:

O público do novo programa atenderá mais pessoas que o Bolsa Família. No entanto, nem todos que recebem o auxílio emergencial serão contemplados.

A proposta inicial é de um público de, aproximadamente, 57,3 milhões de pessoas. O número é maior do que o Bolsa Família, que atualmente atende 41 milhões de brasileiros.

Valor do benefício:

Um dos textos que está em discussão no governo é oferecer um valo de R$232 para as famílias cadastradas.

A recomendação é que o valor não fique tão abaixo da última parcela do auxílio emergencial.

Os critérios que o governo usará para cadastrar os beneficiados, porém, ainda estão em análise.

Benefícios que podem ser afetados:

Como já mencionamos, o Renda Brasil prevê a unificação de outros projetos sociais. Portanto, outros programas do governo poderão ser revistos para abrir espaço no Orçamento.

Entre os programas estão o abono salarial, benefício pago anualmente para trabalhadores com carteira assinada e que recebem até dois salários mínimos. Atualmente, o abono custa em torno de R$20 bilhões por ano.

Programa Bolsa Família

O Bolsa Família é um programa de transferência de renda e foi criado em 2003 pelo Governo Lula.

O programa possui três eixos principais: complemento da renda, acesso a direitos e articulação com outras ações a fim de estimular o desenvolvimento das famílias beneficiadas.

Público atendido:

O Bolsa Família atende às famílias que vivem em situação de pobreza ou de extrema pobreza. O governo utiliza um limite de renda para definir esses dois fatores.

Dessa maneira, todas as famílias com renda por pessoa de até R$89 mensais ou famílias com renda por pessoa entre R$89,01 e R$178,00 mensais, mas que tenham crianças ou adolescentes de zero a 17 anos, podem participar do programa.

Valor do benefício:

De acordo com o site do governo, o valor que cada família recebe por mês é a soma de vários tipos de benefícios previstos no programa.

Os tipos e as quantidades de benefícios dependem, no entanto, da composição familiar (número de pessoas, idades, presença de gestantes etc.) e da renda familiar.

Os tipos de benefícios são: benefício básico, benefício variável, benefício variável vinculado ao adolescente e benefício para superação da extrema pobreza.

O valor médio pago pelo Bolsa Família, porém, gira em torno de R$178 reais por família.

Essas são algumas diferenças do Bolsa Família e do novo programa Renda Brasil.

Além do novo projeto de sistema de transferência de renda, o ministro Paulo Guedes aposta também na Carteira Verde Amarela — programa para incentivar o mercado de trabalho de pessoas informais.

A expectativa do governo é que o Renda Brasil e a Carteira Verde Amarela estejam prontos até o mês de outubro.

E você? Gostou do nosso texto explicando as diferenças entre os programas sociais? Aproveite a visita em nosso site e assine a nossa newsletter. Dessa maneira, você recebe as notícias diretamente na sua caixa de entrada.

Camila Miranda

Jornalista com experiências em jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalha com produção de conteúdo e gerenciamento de mídias sociais.

Deixe uma resposta

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Funções do Banco Central do Brasil
Profissões em alta no Brasil
recuperação da economia brasileira
Saiba tudo sobre vacinação.