Início Notícias Economia Renda Cidadã: o que é e quem terá direito?

Renda Cidadã: o que é e quem terá direito?

5
(1)

O Renda Cidadã, novo programa de transferência de renda, foi anunciado no final de setembro pelo governo federal. O objetivo é substituir o atual Bolsa Família.

Além disso, o programa visa ampliar o número de pessoas atendidas, aumentar o valor do benefício e substituir o auxílio emergencial.

Para que o programa vá para frente, no entanto, é preciso que o governo convença o Congresso Nacional a aprovar uma proposta para financiar o Renda Cidadã.

Para quem se destina o Renda Cidadã?

Ainda há dúvidas sobre o novo programa social. Mas, até agora, sabe que se trata de uma variação do Renda Brasil, o qual foi suspenso pelo presidente Jair Bolsonaro em agosto.

+ Entenda por que Bolsonaro cancelou o programa

A ideia do governo é reaproveitar algumas ideias do Renda Brasil no novo programa social. Ou seja, o Renda Cidadã é para substituir o atual programa Bolsa Família.

Ainda não há um valor definido para o novo programa. Mas o presidente Jair Bolsonaro já deu indícios de que a intenção é que o benefício acompanhe o valor definido das parcelas do auxílio emergencial, que atualmente é de R$300.

+ Auxílio emergencial de R$300: veja como consultar se você tem direito

O Bolsa Família alcançou mais de 14 milhões de famílias em julho deste ano, de acordo com a divulgação do governo federal. Isso gerou aos cofres públicos um investimento de mais de R$15 bilhões.

Instituído pelo governo de Luiz Inácio Lula da Silva, o Bolsa Família tem como objetivo contribuir com o combate às desigualdades no Brasil.

Atualmente, o programa é para quem está na chamada linha de pobreza, atende famílias com renda por pessoa de R$89, além daquelas que possuem renda de R$178 mensais por pessoa.

Essas, no entanto, precisam ter crianças ou adolescentes com idade entre zero até 17 anos matriculados em escola.

Até o momento, o governo não divulgou as novas regras para participar no programa Renda Cidadã. Contudo, a expectativa é que seja o mesmo procedimento para as famílias que estão cadastradas no CadÚnico.

Imagem com notas de cem, cinquenta, vinte, dez e cinco reais, além de moedas para ilustrar o texto sobre Renda Cidadã
Um dos objetivos do programa Renda Cidadã é substituir o atual Bolsa Família. Valor do novo programa ainda está sendo estudado

Governo quer tirar dinheiro do Fundeb e de precatórios para financiar programa

A proposta anunciada pelo governo e também pelos líderes do Legislativo mexe em pontos do Orçamento federal.

O primeiro deles, por exemplo, é em relação ao Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Funded). A ideia é destinar 5% dos novos recursos do Fundo, aprovados pelo Congresso este ano.

Além disso, a outra alternativa do governo é limitar o pagamento de precatórios a 2% das receitas correntes líquidas da União. Dessa maneira, utilizaria o restante no Renda Cidadã.

Os precatórios são valores devidos pelo governo a pessoas físicas ou empresas após sentença definitiva na Justiça.

Com isso essas duas fontes de dinheiro somariam ao Orçamento do Bolsa Família, o qual tem previsão de ser quase R$35 bilhões em 2021, segundo o governo.

Renda Cidadã substituirá o ‘cancelado’ Renda Brasil

O novo programa social será, de acordo com o governo, uma continuação do auxílio emergencial, criado para ajudar trabalhadores informais devido à pandemia do novo coronavírus. Além de substituir o Bolsa Família também.

Anteriormente, o programa vinha sendo chamado de Renda Brasil pela equipe econômica, que buscava formas de financiá-lo. No entanto, no dia 15 de setembro, o presidente Bolsonaro declarou que não se falaria mais na proposta até 2022.

A irritação do presidente e, por consequência, o cancelamento do Renda Brasil veio após a equipe econômica do ministro Paulo Guedes cogitar medidas como o congelamento de aposentadorias e pensões para a elaboração do Renda Brasil.

Com isso, com a repercussão negativa, o presidente Bolsonaro foi a público para dizer que o programa não existiria mais.

Para que o novo programa Renda Cidadã entre em vigor, porém, a proposta ainda deve ser aprovada pelo Congresso Nacional.

Qual sua opinião sobre o programa Renda Cidadã? O que achou da sua possível forma de financiamento? Deixe sua posição aqui nos comentários!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Renda Cidadã: programa ficará para depois das eleições

O senador Márcio Bittar, relator do Renda Cidadã, novo programa de transferência de renda do governo, confirmou que o projeto só será...

6 vantagens de trabalhar em um coworking

O coworking é uma tendência de local de trabalho em crescimento. E quem é profissional liberal ou freelancer sempre tem a dúvida...

Eleições dos EUA: qual impacto para Economia do Brasil?

Faltam poucos dias para as eleições dos EUA. Na disputa estão: o republicano Donald Trump, atual presidente do país, e o democrata...

Dicas de planejamento financeiro para quem é autônomo

Ser um profissional autônomo não quer dizer que você pode ter as finanças bagunçadas. Mesmo que você não tenha uma renda fixa por mês,...

Conheça 10 franquias com investimentos de até R$10 mil

A pandemia do novo coronavírus fez com que a procura por microfranquias aumentasse. Em especial, as franquias de até R$10 mil.

Quais são os gastos para manter um carro próprio?

Muitos brasileiros sonham em ter o carro próprio, mas esquecem dos gastos que um veículo pode trazer. E isso acontece porque a...