Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Setembro tem a maior criação de empregos formais desde 2013

Escrito por: Mateus Carvalho em 8 de novembro de 2019

A criação de empregos formais com carteira assinada atingiu, em setembro, o maior nível para o mês em seis anos. Além do sexto mês seguinte de crescimento, beneficiada pelos serviços e pela indústria.

De acordo com os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do extinto Ministério do Trabalho, 157.213 postos formais de trabalho foram criados no mês de setembro.

Vale ressaltar que o indicador mede a diferença entre contratações e demissões.

Como sacar FGTS e outras dúvidas
O mês de setembro teve aumento no número de vagas criadas no emprego formal

Além disso, a última vez em que a criação de emprego formal tinha superado esse nível foi em setembro de 2013. Quando as contratações superaram as dispensas em 211.068.

De janeiro a setembro. a criação de emprego formal totalizou 761.776. O que representa 6% a mais que no mesmo período do ano passado.

Sete setores criaram emprego formal em setembro

Ao tratar da divisão por ramos de atividades, sete dos oito setores pesquisados criaram emprego formal no mês de setembro. O campeão foi o setor de serviços, que abriu 64.533 vagas.

Seguido pela indústria de transformação, com 42.179. Em terceiro lugar, ficou o comércio, com 6.918 vagas.

O nível de emprego formal também aumentou na construção civil, com 18.331 postos; na agropecuária, com 4.4463 vagas. Além do extrativismo mineral com 745 oportunidades e na administração pública com 492 vagas.

Um único setor, no entanto, demitiu mais do que contratou: os serviços industriais de utilidade pública. Essa categoria engloba energia e saneamento e contou com o fechamento de 448 vagas.

É importante frisar que tradicionalmente a geração de emprego formal é alta em setembro. Isso acontece pela produção da indústria para o Natal. Além do aquecimento do comércio e dos serviços para as festas de fim de ano.

Já na agropecuária, o início da safra de cana-de-açúcar é a principal responsável pela geração de empregos, principalmente na região do Nordeste.

Conheça as regiões que mais criaram emprego formal

No mês de setembro, todas as regiões brasileiras criaram empregos formais, ou seja, com carteira assinada. O Nordeste ficou na liderança na abertura de 57.035 vagas, seguida pelo Sudeste, com 56.833 oportunidades.

Logo em seguida veio o Sul, com 23.870 vagas abertas, o Centro-Oeste criou 10.073 postos, enquanto na região Norte, 9.325 empregos formais foram abertos em setembro. 

Na divisão por estados, todas as 27 unidades da Federação geraram emprego formal no mês de setembro.

As maiores variações positivas no saldo de emprego ocorreram em São Paulo, com a abertura de 36.156 vagas.

Já em Pernambuco foram abertas 17.360 vagas, enquanto em Alagoas foram criados 16.529 emprego formal e no Rio de Janeiro foram 13.957 vagas.

3 dicas para conseguir um emprego formal

Com o aumento na criação de empregos formais, existe uma expectativa de que a quantidade de vagas criadas continuem em ascensão . Uma vez que as lojas costumam contratar agora na época das festas de fim de ano.

Se você está a procura de um emprego, confira três dicas para conseguir um emprego formal que pode te ajudar.

1) Priorize suas opções

Faça uma lista com os nomes das empresas que você sempre quis trabalhar, as organizações que estão em destaque no setor da sua formação. 

Depois verifique a sua motivação para cada instituição que escolheu e pesquise se há vagas disponíveis. Com isso, você terá uma lista composta pelas organizações que possuem características que chamam a sua atenção.

2) Atualize o seu currículo

É importante que o seu currículo esteja sempre atualizado, contendo as informações pessoais que sejam relevantes para a empresa.

Como por exemplo, a experiência profissional, formação superior, trabalhos anteriores, entre outros.

Aproveite o tempo livre para aperfeiçoar as suas técnicas de mercado e invista em novos cursos ou recicle os que já fez. Dessa forma, você estará mais bem preparado do que os seus concorrentes.

3) Encontre seu objetivo

Procure pesquisar por empresas que atendam às suas necessidades. É importante que você conheça os seus pontos fortes e fracos.

Isso porque ao saber quais são as suas dificuldades e facilidades ficará mais fácil direcionar a sua procura de oportunidades.

Além disso, tenha sempre em mente em qual área da empresa deseja trabalhar. Crie ainda uma lista com as atividades que mais lhe agradam e procure por áreas relacionadas a elas.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

Como viajar com cruzeiros baratos?
empresas fechadas
vagas para as festas de fim de ano