Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasCarreirasQuer trabalhar como dublê? Conheça a carreira, requisitos e quanto ganha

    Quer trabalhar como dublê? Conheça a carreira, requisitos e quanto ganha

    5
    (1)

    Você já se perguntou como deve ser trabalhar como dublê? A nova novela da Globo “Cara e Coragem” que estreia nesta segunda, 30, vai justamente mostrar o dia a dia dessa profissão.

    Publicidade

    Para quem tem curiosidade ou para quem deseja seguir nessa área é preciso entender como ela funciona. Será que existem requisitos para se tornar um dublê? Quanto ganha o profissional? Existem riscos?

    Mas por que é importante saber disso? Para você ter a certeza de que deseja trabalhar como dublê. E vale ressaltar que essa pesquisa é fundamental para qualquer profissão, até porque você precisa se identificar com ela.

    Além disso, a vida de dublê nem sempre é fácil

    Você pode ter que fugir de explosões, de fogo, se jogar de prédios e muito mais. Você teria coragem de passar por toda essa adrenalina?

    Se a resposta é sim, continue lendo este artigo para saber como é trabalhar como dublê.

    Publicidade

    Trabalhar como dublê: o que é necessário? 

    Muitas pessoas pensam que para trabalhar como dublê é necessário ter nível superior, mas isso é um erro. Você precisa e pode fazer um curso para aprender a lidar com as mais variadas situações que um profissional precisa passar.

    Dependendo do local do curso que você fizer e da intensidade do treinamento, ele pode durar entre dois meses e um ano. 

    Outro ponto muito importante é que só pode se tornar dublê quem é maior de 18 anos. 

    Quem deseja ser dublê de corpo, precisa ter muita disposição e pouco apego com a aparência. Afinal, você precisará ser esteticamente parecido com o ator do qual será o dublê.

    + Confira 16 dicas para se dar bem na entrevista de emprego

    Publicidade

    Sendo assim, poderá ter que pintar ou cortar os cabelos, emagrecer ou engordar um pouco. Tudo para ficar o mais parecido possível com o ator. Mas dependendo da produção que você vá participar, poderá usar perucas para deixar os cabelos mais parecidos.

    dublê de luta
    Um dublê precisa ter um bom preparo físico

    Quanto ganha para trabalhar como dublê?

    A resposta para essa pergunta é bem variável. Isso porque vai depender do projeto que você vai estar escalado e do tipo de dublê que foi contratado para ser.

    Além disso, em alguns países o salário pago ao trabalho de um dublê pode ser bem superior aos demais.

    Por exemplo, aqui no Brasil o cachê mínimo por cena costuma ser de R$150. Além disso, estima-se que após dez anos de atuação o profissional consiga faturar R$6 mil por mês por trabalho desempenhado (acúmulo de cenas).

    Nos Estados Unidos, estima-se que o cachê de um dublê gira em torno de R$100 mil por produção. Ou seja, é uma profissão bem mais valorizada em território nacional.

    Publicidade

    + IBGE abre 253 vagas temporárias para o Censo. Veja editais e como se inscrever!

    Isso acontece muito pelo nível das produções. Inclusive os salários dos atores de Hollywood costumam ser bem superiores ao que é pago no Brasil – o que acaba se refletindo também na profissão de dublê.

    Vale a pena trabalhar como dublê?

    É um tipo de profissão que proporciona muita aventura e gera muita identificação. Ou seja, quem procura ser dublê é porque gosta mesmo e tem muito desejo em trabalhar com aquilo.

    É um tipo de profissão que apresenta bastante variedade e não tem muitos tons burocráticos como outras do mercado. No entanto, torna o dia a dia recheado de desafios e não é qualquer um que se arrisca.

    + Confira 17 dicas para arrumar emprego pelo LinkedIn

    Muita gente, porém, pensa duas vezes em entrar neste meio por conta da instabilidade. Afinal, não é uma profissão com estabilidade, já que o trabalho costuma ser por produção/obra e você pode receber um bom cachê no momento e depois ficar um bom tempo parado sem ser escalado por falta de demanda.

    Além disso, o dublê também está sempre sujeito a acidentes, quedas, ferimentos e isso pode acabar sendo um empecilho para engatar trabalhos seguidos.

    E aí, você se arriscaria a trabalhar como dublê? É uma profissão que tentaria se aventurar? Deixe nos comentários e compartilhe o artigo com um amigo que também ficaria curioso para saber sobre esse universo.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Mateus Carvalho
    Mateus Carvalho
    Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    2 COMENTÁRIOS

    1. Eu amei a reportagem, principalmente por já ter pensado muitas vezes em ser um dublê, amo aventuras, viver coisas novas e me arriscar, e agora vendo a novela cara e coragem me deixou mais motivada.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasCarreirasQuer trabalhar como dublê? Conheça a carreira, requisitos e quanto ganha

    Quer trabalhar como dublê? Conheça a carreira, requisitos e quanto ganha

    5
    (1)

    Você já se perguntou como deve ser trabalhar como dublê? A nova novela da Globo “Cara e Coragem” que estreia nesta segunda, 30, vai justamente mostrar o dia a dia dessa profissão.

    Publicidade

    Para quem tem curiosidade ou para quem deseja seguir nessa área é preciso entender como ela funciona. Será que existem requisitos para se tornar um dublê? Quanto ganha o profissional? Existem riscos?

    Mas por que é importante saber disso? Para você ter a certeza de que deseja trabalhar como dublê. E vale ressaltar que essa pesquisa é fundamental para qualquer profissão, até porque você precisa se identificar com ela.

    Além disso, a vida de dublê nem sempre é fácil

    Você pode ter que fugir de explosões, de fogo, se jogar de prédios e muito mais. Você teria coragem de passar por toda essa adrenalina?

    Se a resposta é sim, continue lendo este artigo para saber como é trabalhar como dublê.

    Publicidade

    Trabalhar como dublê: o que é necessário? 

    Muitas pessoas pensam que para trabalhar como dublê é necessário ter nível superior, mas isso é um erro. Você precisa e pode fazer um curso para aprender a lidar com as mais variadas situações que um profissional precisa passar.

    Dependendo do local do curso que você fizer e da intensidade do treinamento, ele pode durar entre dois meses e um ano. 

    Outro ponto muito importante é que só pode se tornar dublê quem é maior de 18 anos. 

    Quem deseja ser dublê de corpo, precisa ter muita disposição e pouco apego com a aparência. Afinal, você precisará ser esteticamente parecido com o ator do qual será o dublê.

    + Confira 16 dicas para se dar bem na entrevista de emprego

    Publicidade

    Sendo assim, poderá ter que pintar ou cortar os cabelos, emagrecer ou engordar um pouco. Tudo para ficar o mais parecido possível com o ator. Mas dependendo da produção que você vá participar, poderá usar perucas para deixar os cabelos mais parecidos.

    dublê de luta
    Um dublê precisa ter um bom preparo físico

    Quanto ganha para trabalhar como dublê?

    A resposta para essa pergunta é bem variável. Isso porque vai depender do projeto que você vai estar escalado e do tipo de dublê que foi contratado para ser.

    Além disso, em alguns países o salário pago ao trabalho de um dublê pode ser bem superior aos demais.

    Por exemplo, aqui no Brasil o cachê mínimo por cena costuma ser de R$150. Além disso, estima-se que após dez anos de atuação o profissional consiga faturar R$6 mil por mês por trabalho desempenhado (acúmulo de cenas).

    Nos Estados Unidos, estima-se que o cachê de um dublê gira em torno de R$100 mil por produção. Ou seja, é uma profissão bem mais valorizada em território nacional.

    Publicidade

    + IBGE abre 253 vagas temporárias para o Censo. Veja editais e como se inscrever!

    Isso acontece muito pelo nível das produções. Inclusive os salários dos atores de Hollywood costumam ser bem superiores ao que é pago no Brasil – o que acaba se refletindo também na profissão de dublê.

    Vale a pena trabalhar como dublê?

    É um tipo de profissão que proporciona muita aventura e gera muita identificação. Ou seja, quem procura ser dublê é porque gosta mesmo e tem muito desejo em trabalhar com aquilo.

    É um tipo de profissão que apresenta bastante variedade e não tem muitos tons burocráticos como outras do mercado. No entanto, torna o dia a dia recheado de desafios e não é qualquer um que se arrisca.

    + Confira 17 dicas para arrumar emprego pelo LinkedIn

    Muita gente, porém, pensa duas vezes em entrar neste meio por conta da instabilidade. Afinal, não é uma profissão com estabilidade, já que o trabalho costuma ser por produção/obra e você pode receber um bom cachê no momento e depois ficar um bom tempo parado sem ser escalado por falta de demanda.

    Além disso, o dublê também está sempre sujeito a acidentes, quedas, ferimentos e isso pode acabar sendo um empecilho para engatar trabalhos seguidos.

    E aí, você se arriscaria a trabalhar como dublê? É uma profissão que tentaria se aventurar? Deixe nos comentários e compartilhe o artigo com um amigo que também ficaria curioso para saber sobre esse universo.

    O que achou disso?

    Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?