InícioNotíciasEconomiaJá sabe qual será o valor do Auxílio Brasil? Confira!

Já sabe qual será o valor do Auxílio Brasil? Confira!

5
(6)

Afinal, qual será o valor do Auxílio Brasil? A previsão inicial era uma parcela mínima de R$400, mas neste mês de novembro não vai acontecer desta forma.

Se você, assim como milhares de beneficiários do Bolsa Família, está em dúvida, FinanceOne explica!

O novo programa social de transferência de renda do Governo Federal pretende substituir o Bolsa Família, reunindo um total de nove benefícios sociais.

A princípio, ele começaria a ser pago no valor mínimo de R$400 para mais de 17 milhões de famílias. No entanto, a PEC dos Precatórios, que é a medida que vai subsidiar esse valor, ainda não foi aprovada.

Por isso, nesta primeira parcela, o novo auxílio terá um aumento de apenas 17,8% em relação ao Bolsa Família.

Qual será o valor do Auxílio Brasil?

Isso vai depender do perfil da sua família.

Os mais de 14 milhões que recebem a primeira parcela agora em novembro vão ganhar uma média de R$217,18. Ou seja, um aumento de 17,84% em relação ao programa antigo.

Mas para saber quanto a sua família vai receber no Auxílio Brasil, é preciso conhecer os nove benefícios que compõem o programa.

Existem três benefícios principais, que são os descritos na tabela a seguir:

BenefícioQuem recebeValor mensal por pessoa
Primeira Infânciacrianças até 36 meses incompletos (3 anos)R$130
Composição Familiarjovens de até 21 anos incompletos (o jovem precisa estar devidamente matriculado na escola)R$65
Superação da Extrema Pobrezafamílias que mesmo recebendo os outros dois benefícios, ainda não superam a linha da extrema pobreza (renda de R$100 por pessoa)valor variável

Os dois primeiros benefícios (Primeira Infância e Composição Familiar), considerados em conjunto, serão pagos até o limite de cinco benefícios por família.

O Benefício de Superação da Extrema Pobreza vai funcionar como uma espécie de complemento, para que a família alcance a renda mínima de R$100. Por isso o valor varia de casa para casa.

Para se somar a essas parcelas, existem outros seis benefícios complementares. Se a sua família se encaixar em um desses perfis, poderá recebê-los também:

  • Benefício Compensatório de Transição (para quem já recebia o Bolsa Família)
  • Auxílio Esporte Escolar (para estudantes de 12 a 17 anos)
  • Bolsa de Iniciação Científica Júnior (para estudantes com bom desempenho em competições acadêmicas e científicas)
  • Auxílio Criança Cidadã (para crianças de até 4 anos)
  • Inclusão Produtiva Rural (para agricultores)
  • Inclusão Produtiva Urbana (para trabalhadores formais)

Na dúvida, é possível consultar qual é o valor da parcela pelo aplicativo Caixa Tem.

Quando começam as parcelas de R$400?

Vale destacar que os benefícios descritos acima têm caráter definitivo. Eles não têm relação com o valor mínimo de R$400 por família, que depende da aprovação da PEC dos Precatórios e tem caráter temporário.

A parcela mínima de R$400 prometida pelo governo federal terá duração somente até 31 de dezembro de 2022.

Muitos beneficiários do Auxílio Brasil, que aguardavam ansiosos por esse valor, ficaram desanimados.

Mas a boa notícia é que, a partir de dezembro, o Governo Federal pretende iniciar os pagamentos no valor mínimo de R$400.

Isso será possível quando a PEC dos Precatórios for aprovada.

Cartão do Auxílio Brasil, o novo Bolsa Família, sobre cartão da Caixa Econômica
Auxílio Brasil foi anunciado com o valor de R$ 400 (Foto: Agência Brasil)

Como fazer inscrição no Auxílio Brasil?

O Auxílio Brasil tem o objetivo de substituir o atual Bolsa Família. Portanto, quem recebe o benefício atual terá direito ao novo programa de transferência de renda.

Mas ele também vai ampliar o perfil de beneficiários e deverá contemplar 17 milhões de famílias.

Aqueles que não fazem parte do Bolsa Família precisarão estar inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, o CadÚnico.

Além disso, o beneficiário precisará pertencer a um dos seguintes perfis:

  • fazer parte de família com renda mensal de meio salário mínimo por pessoa (R$550 em 2021);
  • fazer parte de família com renda mensal total de até três salários mínimos (R$3.300 em 2021).

As inscrições no CadÚnico são feitas presencialmente no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município ou em postos de atendimento do Cadastro Único ou do Bolsa Família.

Quem já é inscrito, deverá verificar se os dados estão atualizados por meio do aplicativo de celular ‘Meu CadÚnico’. É possível consultar um manual de uso do CadÚnico no site do Governo com todo o passo a passo.

Calendário de pagamento do Auxílio Brasil

Os pagamentos do Auxílio Brasil seguirão os mesmos moldes do Bolsa Família. Ou seja, de acordo com o final do número do seu NIS.

Confira os calendários a seguir.

Calendário de novembro

Final do NISData de pagamento
117/11
218/11
319/11
422/11
523/11
624/11
725/11
826/11
929/11
030/11

Calendário de dezembro

Final do NISData de pagamento
110/12
213/12
314/12
415/12
516/12
617/12
720/12
821/12
922/12
023/12

A Caixa e o Governo Federal ainda não informaram se nos meses seguintes será mantido o mesmo calendário de dezembro.

A partir de dezembro, as famílias que atendem aos requisitos do programa e estão inscritas no CadÚnico serão selecionadas aos poucos para receber as parcelas.

Os depósitos serão feitos pela  conta poupança social digital, o Caixa Tem, que é aberta automaticamente.

O Bolsa Família vai acabar?

Sim, o Auxílio Brasil vem para substituir o atual programa, aprimorando a política de transferência de renda do Governo Federal. A partir do dia 17 de novembro, não será mais Bolsa Família.

Isso será feito integrando benefícios de assistência social, saúde, educação e emprego.

Ao mesmo tempo em que visa garantir uma renda básica às famílias em situação de vulnerabilidade, promete oferecer ferramentas para a emancipação socioeconômica.

Sendo assim, a Medida Provisória 1.061/2021 cria todo um novo programa social. Além disso, cria o Alimenta Brasil, que substitui o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA).

Conhece alguém que recebe o Bolsa Família? Então compartilhe este conteúdo!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 6

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui