Conversor de moedas

Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

Viajar para a Lua: como e quanto custa?

Escrito por: Rafael Massadar em 25 de julho de 2019

Viajar para a Lua torna-se cada vez mais possível. O sonho ganha força neste ano porque o dia 20 de julho de 2019 marca o 50º aniversário da chegada da Apollo 11 à Lua.

Tantos anos depois desse momento histórico, 40% dos viajantes do mundo inteiro ainda sonham com a chance de seguir os passos de Neil Armstrong. É o que revela uma pesquisa da Booking.com.

O estudo revela ainda que no Brasil, 41% dos turistas estão ansiosos por uma voltinha no espaço.

viajar para a Lua

Recentemente, a NASA anunciou que permitirá o envio e a hospedagem de cidadãos para a Estação Espacial Internacional (ISS) por empresas privadas. As empresas serão responsáveis pela escolha dos turistas espaciais.

Afinal, a estimativa é que essa viagem custe cerca de US$ 58 milhões por assento (pessoa). Fora a “taxa de hospedagem” de US$ 35 mil a diária.

Os foguetes e as cápsulas de lançamento que serão usadas para o traslado de civis à ISS estão sendo desenvolvidas por duas empresas:

– Boeing, responsável pela CST-100 Starliner;

– SpaceX, de Elon Musk, que ficou encarregado de construir a cápsula Crew Dragon.

Empresário japonês será o primeiro a viajar para a Lua

Yusaku Maezawa, um empresário e bilionário japonês, será o primeiro turista a viajar para a Lua. Contudo, ele planeja levar de seis a oito artistas na missão.

O bilionário e sua turma de artistas viajarão no Big Falcon Rocket (BFR), nave que a SpaceX ainda está desenvolvendo.

Os primeiros testes de lançamentos já começarem neste ano. Já o voo turístico até a Lua está previsto para 2023.

Segundo a Forbes, o patrimônio de Yasaku Maezawa é estimado em US$ 2,9 bilhões. O empresário é o 14° mais rico do Japão.

Ele construiu sua fortuna com o comércio eletrônico, incluindo a maior loja online de roupas do mercado japonês, a Zozotown. Maezawa também é músico e um dos maiores colecionadores de obras de arte do mundo.

No entanto, não se sabe quanto o empresário japonês pagou para a missão turística. Os valores do acordo não foram divulgados.

O bilionário Elon Musk, da SpaceX, acredita que esse será um “passo importante” rumo à democratização das viagens espaciais.

8 destinos para quem gosta do espaço

Enquanto a viagem para a Lua ainda não está disponível para quem não é astronauta ou bilionário, veja oito destinos internacionais para observar as estrelas e se sentir no espaço.

1 – Sutherland, África do Sul

Sutherland abriga o maior telescópio óptico do hemisfério sul. Ele é o local perfeito para observar o céu à noite.

A Estação de Observação de Sutherland registra as estrelas, galáxias e quasares distantes, um bilhão de vezes mais apagados do que aqueles que podem ser vistos a olho nu.

O observatório também oferece passeios noturnos para quem espera dar uma espiada no cosmos.

2 – Àger, Espanha

É o céu mais claro da Catalunha. Portanto, é o destino ideal para quem deseja se maravilhar com a beleza do céu à noite.

O local foi declarado um Destino Turístico Starlight pela Unesco. Suas vilas substituíram a iluminação pública convencional por lâmpadas de sódio e LED com cor de âmbar para minimizar a poluição luminosa.

3 – Fort Davis, EUA

Localizada a mais de 1.500 metros acima do nível do mar, Fort Davis tem uma clara vantagem em relação ao restante do Texas para observar estrelas, devido à sua altitude.

Sua paisagem única, com amplos espaços abertos e formações rochosas, torna este destino deslumbrante durante o dia e a noite.

Um dos principais centros para pesquisa, ensino e educação pública do mundo está localizado no topo do Mount Locke: o McDonald Observatory, uma unidade de pesquisa da Universidade do Texas, em Austin.

O McDonald Observatory realiza regularmente a Festas das Estrelas (Star Parties). Elas permitem que os viajantes façam passeios noturnos para observar as constelações.

4 – Falstone, Reino Unido

Conhecido como um destino com o céu escuro, o parque Northumberland International Dark Sky é um ótimo local para observar estrelas.

O The Stell, instalação arquitetônica localizada perto da vila de Falstone, está no coração do parque.

O que à primeira vista pode parecer um aprisco de ovelhas é na verdade um lugar para sentar. No entanto, é perfeito para os visitantes levarem seus cobertores, garrafas térmicas e binóculos e observarem o céu estrelado.

O céu de Northumberland também permite ver a Aurora Boreal, o que normalmente só aconteceria em uma viagem para a Noruega, Islândia ou para o Círculo Polar Ártico.

5 – Coonabarabran, Austrália

Conhecida como a capital de astronomia da Austrália, Coonabarabran em Warrambungle Shire abriga o Siding Spring. Ele é primeiro observatório óptico e infravermelho do país.

A uma curta distância de carro das Montanhas Warrumbungle, o observatório tem diversos telescópios. Incluindo o famoso Telescópio Anglo-Australiano de 3,9 metros.

Uma vez ao ano, ele também recebe a StarFest, uma série de eventos com palestras e momentos ao ar livre em um fim de semana prolongado de outubro.

6 – Cabo Polonio, Uruguai

O Cabo Polonio também é conhecido por ter o céu mais escuro e as estrelas mais brilhantes do litoral uruguaio.

Embora essa pitoresca vila tenha crescido e hoje ofereça lojas, hostels e restaurantes, ela ainda continua não usando a rede elétrica convencional.

Algumas residências mais sofisticadas possuem eletricidade alimentada por energia solar. No entanto, muitas casas são iluminadas à luz de velas, geralmente produzidas nas lojas locais.

Ou seja, a poluição luminosa na região é particularmente baixa e ótima para observar as estrelas.

7 – Wadi Rum, Jordânia

Wadi Rum também é conhecido como Vale da Lua. Portanto, atrai fãs do cosmos do mundo todo.

Bem no coração do deserto da Jordânia, Wadi Rum proporciona aos visitantes o impressionante contraste das dunas douradas e luminosas durante o dia com o brilho das estrelas à noite.

8 – Atacama, Chile

A baixíssima umidade do ar, somada à altitude bastante elevada, proporcionam ao Deserto do Atacama, no norte do Chile, as melhores condições do mundo para se observar a Lua e as estrelas.

Existem várias empresas que oferecem o famoso “tour astronômico“ no destino.

Rafael Massadar

Jornalista com experiência em redação com pós-graduação em Comunicação Empresarial e Transmídia. Atualmente trabalho como assessor de imprensa.

Deixe um comentário

Precisa converter?

A calculadora de conversão do FinanceOne fornece os últimos valores cotados para diversas moedas. Acesse agora!

Converter agora

Posts relacionados

Opções para plano de saúde de cachorro
trabalho temporário no fim do ano
economia da china
procura por cursos de games no país
calendário de saques do FGTS