Veja a cotação do Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.

13ª parcela do Bolsa Família beneficiará 800 mil famílias no Rio

Escrito por: Mateus Carvalho em 12 de dezembro de 2019

Ótima notícia para quem recebe o Bolsa Família. O pagamento do 13º salário do programa começou na última terça-feira, 10, e seguirá até o dia 23 de dezembro.

O valor do benefício extra irá acompanhar o pagamento do mês de dezembro. No total, serão mais de R$308 milhões pagos a 818.580 famílias, somente no Rio de Janeiro.

O repasse desses valores tem como objetivo reforçar o compromisso do Governo Federal em combater as desigualdades sociais do país. 

Com o pagamento do 13º salário do Bolsa Família, o benefício médio no estado do Rio, acumulando o valor extra, será de R$376,58 por beneficiário.

7 dicas para economizar dinheiro no dia a dia
Os beneficiários do Bolsa Família já podem retirar o 13º salário

Ao todo, serão mais de R$5 bilhões pagos a 13.170.607 famílias em todo o país. Vale ressaltar que este é o maior repasse já realizado na história do programa Bolsa Família.

O ministro da Cidadania, Osmar Terra, ressalta a importância deste incremento no orçamento das famílias brasileiras.

“Essa é uma determinação do presidente Jair Bolsonaro. Ele fez questão de ampliar este recurso. É uma maneira de reforçar o natal das famílias mais pobres do Brasil.”

Pagamento ocorre pelo aumento de R$2,58 bilhões no orçamento

O pagamento do 13º salário do programa é possível devido às melhorias na gestão. Além do aumento de R$2,58 bilhões no orçamento do Ministério da Cidadania.

Valor assegurado pelo Relatório de Avaliação de Receitas e Despesas Primárias do primeiro bimestre de 2019, do Ministério da Economia.

Somente neste ano, o Bolsa Família fechou o orçamento em R$33,6 bilhões. Cerca de 10% a mais do que no ano passado, que foi de R$30,6 bilhões.

O governo estima que o ganho extra aos beneficiários do programa ajudará nesta reta final do ano.

A agricultora familiar Erivana Loiola, que é mãe de dois filhos, explicou como o 13º salário do Bolsa Família será importante no orçamento da família.

“É a conta de luz, o material para a escola, às vezes a sandália, roupa para criança, remédio. Vem na hora certa. Às vezes, não dá, mas você sabe que vai receber e que uma boa parte das coisas vai conseguir pagar ou comprar. E aí já não preciso ficar preocupada como vou arrumar dinheiro para comprar o material da escola para o ano que vem.”

É importante ressaltar que o programa atende às famílias que vivem em situação de extrema pobreza, com renda per capita de até R$89 mensais. E também na pobreza com renda entre R$89,01 e R$178 mensais.

Os dados foram obtidos pelo FinanceOne junto ao Ministério da Cidadania.

Saiba quem tem direito a receber o Bolsa Família

Antes de saber quem tem ou não direito ao valor, é importante entender o que é este programa. O Bolsa Família visa a transferência direta na renda, direcionado às famílias de pobreza e de extrema pobreza em todo o país.

Além disso, o programa busca garantir às famílias o direito à alimentação, educação e saúde. Em todo Brasil, mais de 13,9 milhões de famílias são atendidas pelo Bolsa Família.

As famílias podem participar do programa, desde que tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes entre zero e 17 anos.

Se você se enquadra nesse perfil e, quer se candidatar ao programa é necessário que a família esteja inscrita no Cadastro Único para programas sociais do Governo Federal.

Além de estar com os dados atualizados há menos de dois anos. Caso atenda aos requisitos de renda e não esteja inscrito, procure o responsável pelo programa na prefeitura da sua cidade para se inscrever.

Mateus Carvalho

Jornalista formado pela Unicarioca. Atualmente, repórter da Folha Dirigida e produtor de conteúdo no FinanceOne. Já fui colaborador do Torcedores.com.

Deixe uma resposta

Posts relacionados

cheque especial
Como economizar na ceia de natal
agências de viagem online
MEI