7 cidades baratas da Europa para viajar em 2018 | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,843
Euro R$ 4,457
Bitcoin R$ 24.664,04
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,053
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


7 cidades baratas da Europa para viajar em 2018

Quem não gosta de tirar uns dias de descanso? Ou até mesmo fazer aquela viagem dos sonhos pela Europa? Se você tem vontade de conhecer os países europeus, mas acha que não tem grana suficiente para isso, não desista! Existem diversas cidades baratas da Europa para se visitar, o que é ideal para quem não quer ou não pode gastar muito.

O ano de 2018 está cheio de feriados para aproveitar e viajar. Quer saber quais são essas cidades mais acessíveis? Continue lendo essa matéria e prepare as malas. E não esqueça também do seguro viagem – saiba se é possível fazer um seguro viagem barato.

cidades baratas da Europa
Algumas cidades do Leste Europeu são mais baratas para viajar

Para começar saia do óbvio, em vez de conhecer Paris, Barcelona, Londres e Amsterdã, ou seja, as capitais. Troque pelas cidades do interior. Ou você poderá ainda conhecer o Leste Europeu, isso fará com que consiga economizar muito mais.

Outra dica é trocar as cidades que utilizam o euro pelas que usam a moeda local. Essa é mais uma forma de gastar menos viajando. Isso porque o dinheiro local costuma não ser tão valorizado quanto o euro. Além disso, cidades onde residem muitos brasileiros também costumam ser mais em conta para conhecer. Confira também dicas valiosas para viajar sem dinheiro.

Conheça cidades baratas da Europa

1º) Tallin: capital da Estónia, localizada no Golfo da Finlândia, tem cerca de 400 mil habitantes. A cultura da cidade é composta por diversos festivais, incluindo o da cerveja, além de ter uma culinária marcada pela carne de caça. Nos restaurantes locais é possível encontrar carne de javali, urso e perdiz.

2°) Praga: mais uma capital que é barata de se conhecer. Localizada na República Tcheca, a cidade recebe muitos turistas, mas isso não a torna cara. É famosa devido aos grandes centros culturais e as arquiteturas. A cidade tem, aproximadamente, 1,3 milhões de habitantes, além de usufruir do turismo como principal atividade econômica.

3º) Cracóvia: cidade da Polônia que está localizada no sul do país. Com cerca de 853 mil habitantes, o local é considerado um dos mais bonitos da Europa. Além disso, um dos destaques é a culinária, principalmente a cerveja da Cracóvia que é refrescante e tem personalidade. Outras bebidas que também se destacam são as vodcas, devido à variedade e o sabor, além do vinho de mel.

Mais cidades para viajar com pouco dinheiro

4º) Budapeste: a capital da Hungria é a mais populosa do país. Uma curiosidade é que a cidade é cortada pelo rio Danúbio. E é composta por duas partes: Buda, localizada na margem direita do rio, e Peste, na margem esquerda. A travessia de um lado para o outro é feita por meio da Ponte das Correntes. Budapeste também está na lista das 25 cidades mais conhecidas do mundo.

5º) Istambul: é a maior cidade da Turquia e a quarta maior do mundo. Além disso, o país ainda fica em dois continentes: o europeu e o asiático. Com aproximadamente 13,1 milhões de habitantes, a cidade tem diversas mesquitas para orações que são conhecidas mundialmente. Outro ponto importante de se destacar é a cultura, já que a cidade turca conta com a presença do Ocidente e Oriente, sendo o primeiro o mais forte em Istambul.

6º) São Petersburgo: é a segunda maior cidade da Rússia, e vai receber alguns dos jogos da Copa do Mundo de 2018. É também o local mais ocidental do país. Destaque para a culinária: o strogonoff, conhecido em todo o mundo, foi criado na cidade de São Petersburgo. O local conta com uma forte herança cultural e histórica, o que a torna ainda mais interessante para ser visitada.

7º) Sevilha: situada no sudoeste da Península Ibérica da Espanha, a cidade é considerada a quarta maior em número de habitantes do país. Um ponto importante é que a cidade fica localizada a uma hora e meia de Madri, permitindo que os turistas possam visitar os dois locais de forma fácil e econômica.

E aí, já escolheu seu destino?







Mais lidos

Como se planejar financeiramente para um intercâmbio?
Fazer um intercâmbio se tornou um sonho para muitos. É uma troca perfeita de experiências. Tanto ...
TransferWise: é seguro? E como funciona?
Em todo o mundo e ao longo dos tempos, os bancos têm sido a principal solução para enviar dinheir...
Passo a passo para escrever uma carta de reclamação
Escrever é uma tarefa relativamente fácil, ainda mais por ser algo que se pratica desde a infânci...
Websérie gratuita ensina tudo sobre blockchain
Investir em bitcoin e outras criptomoedas é uma opção de maior risco, mas que promete retorno mai...
Reembolso em planos de saúde: como funciona e como pedir
Quem nunca se consultou com um médico durante anos? E, depois teve que mudar porque ele passou a n...
Transações do mercado imobiliário superam R$472 bi no Brasil
O setor de imóveis volta a crescer em 2018. As transações do mercado imobiliário brasileiro movi...




Publicidade