Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasSaiba se é possível viajar para a Europa e gastar pouco

    Saiba se é possível viajar para a Europa e gastar pouco

    0
    (0)

    Viajar para a Europa é o sonho de milhares de brasileiros, como demonstra pesquisa da Comissão Europeia de Viagens (ETC). Cerca de 57% dos entrevistados têm intenção de visitar o continente neste fim de ano.

    Publicidade

    Mas será que é possível conhecer o lugar gastando pouco? Bem, a noção de ‘pouco’ pode variar. A boa notícia: é existem, sim, soluções para economizar uma boa grana.

    A pesquisa da ETC foi realizada em conjunto com a Associação Europeia de Turismo (ETOA) e a Eurail, considerando os meses de setembro a dezembro. De acordo com ela, o país com preferência dos brasileiros é Portugal (50%).

    Porém, outros países também fazem sucesso entre o nosso povo:

    • França (36%);
    • Itália (35%);
    • Espanha (19%);
    • Alemanha (18%).

    Planejar a viagem é essencial para manter um controle de gastos e não sair no prejuízo. Se seu foco é fazer isso gastando pouco, fique atento a algumas dicas.

    Big Ben na Inglaterra
    Descubra como economizar na viagem para a Europa

    Dicas para viajar para a Europa gastando pouco

    Aproveite a baixa temporada

    Nem sempre será uma tarefa fácil aliar seus interesses e da sua família com as épocas de baixa temporada. Porém, se isso for possível, pode te ajudar a economizar bastante. Isso porque, nessa época, o preço de passagens e acomodações costumam cair bastante, por conta da baixa procura.

    Publicidade

    Sendo assim, os períodos de baixa temporada nos países europeus correspondem aos meses de janeiro a junho e de outubro a novembro. Logo, evite datas de celebrações como Natal, por exemplo.

    Além disso, leve em consideração os feriados nacionais, que podem significar uma alta nos valores das passagens por causa de uma maior procura por voos. Se você possui milhas, esta também é uma boa forma de economizar.

    Escolha um tipo de viagem mais barata

    Você pode pretender fazer um passeio mais confortável e luxuoso, com direito a hotéis 5 estrelas e restaurantes mais caros. No entanto, se seu objetivo é economizar, repense!

    Para fazer isso do jeito mais barato possível prefira:

    – investir em hotéis mais simples (mas ainda assim com boas avaliações);
    – usar condução pública sempre que possível;
    – comer em estabelecimentos mais acessíveis (pelo menos na maior parte dos dias).

    Publicidade

    Alguns países podem ser mais vantajosos financeiramente

    Alguns destinos, como as grandes capitais (Paris, Londres e Amsterdam, por exemplo) são mais caros. Segundo o site Skyscanner, países do Leste Europeu (em especial os que não utilizam o euro), são boas opções.

    Portugal e Espanha também figuram entre a lista dos mais baratos. Além de outros lugares menos óbvios, como Tallinn, na Estônia; Praga, na República Tcheca; e Budapeste, na Hungria.

    Lembre-se de fazer essa pesquisa próximo da sua viagem!

    Faça passeios gratuitos

    Sim, alguns tipos de passeios em países europeus podem sair 0800! Eles podem ser priorizados em relação a outros rolês com custo mais alto. Saiba mais:

    + Vai viajar? Conheça 53 passeios gratuitos na Europa

    Publicidade

    Alguns lugares, como museus, costumam reservar um dia no mês com entrada franca. Antes mesmo de viajar, entre no site do estabelecimento e veja qual é a data gratuita para se programar.

    Vale destacar, contudo, que esses lugares também podem ser mais cheios. Avalie o custo-benefício da economia e certifique-se de que vai valer a pena se precisar passar horas em filas.

    Atenção ao preço da moeda

    Esse também é um ponto importante e que não deve, de maneira alguma, ser deixado para a última hora.

    O macete aqui é que, no momento em decidir fazer a viagem, comece a acompanhar a variação de preço das moedas locais que precisar e comprá-las aos poucos, caso encontre uma boa oportunidade.

    Isso evita que você também precise desembolsar grandes valores de uma vez só. Além disso, também fica prevenido de ter que gastar mais com algumas situações emergenciais que podem surgir, que são piores caso você não esteja preparado financeiramente.  

    Cuide da alimentação

    Ao viajar para a Europa, é preciso pensar também na alimentação. Portanto, adquira alguns costumes que te ajudarão a economizar nesse sentido. Dessa maneira, faça uma pesquisa dos locais que oferecem maiores custo-benefício nesse sentido.

    Normalmente, as localidades mais afastadas dos grandes centros turísticos costumam oferecer preços menores aos seus clientes. Além disso, esteja sempre de olho no preço dos mercados caso seja uma possibilidade que você cozinhe em algumas refeições.

    Vale lembrar também sobre o valor da água. Isso porque é mais vantajoso que você sempre carregue uma garrafinha abastecida em lugares mais acessíveis, porque o preço pode variar em ser 10 vezes maior nas vendas de rua.

    Descubra como economizar dinheiro em uma Eurotrip

    Para quem não sabe, Eurotrip é quando a viagem na Europa engloba mais de um país. Geralmente as pessoas fazem entre três e cinco, mas a quantidade varia de acordo com a disponibilidade tempo e de grana.

    Para gastar pouco (ou o menos possível) em uma Eurotrip é preciso ainda mais atenção. Afinal, as despesas vão incluir mais locomoções e custos locais diferenciados.

    Até mesmo o preço médio gasto com alimentação pode variar em cada país. Sendo assim, todas essas variações devem ser consideradas antes de fechar a viagem.

    Algumas dicas são:

    • Compre todas as passagens com antecedência;
    • Compre passagens de ida e volta juntas (geralmente sai mais barato do que comprar separadamente);
    • Para as passagens internas na Europa, considere opções de companhias com baixo curso (embora muitas vezes possuam políticas de bagagens mais rígidas);
    • Para deslocamentos entre países menos distantes, viagens de trem podem ser mais baratas e charmosas;
    • Opte por quartos e acomodações compartilhadas, por exemplo;
    • Hostel nem sempre é mais barato, sempre compare com hotéis econômicos e considere o custo-benefício;
    • Outra opção válida é buscar acomodações em portais como Airbnb e comparar com outros tipos de estadias;
    • Lembre-se que quanto mais bem localizada for a sua acomodação, menos dinheiro com transporte precisará gastar;
    • Observe se o hotel oferece café da manhã gratuito, alguns inclusive disponibilizam espaço com cozinha, possibilitando que o hóspede cozinhe para si (uma baita economia).

    Ficou animado para viajar para a Europa? Portanto, não adie mais este sonho! Coloque as contas no papel, se planeje e estabeleça um bom prazo para fazer acontecer.

    *Colaboração: Isabella Mercedes

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasSaiba se é possível viajar para a Europa e gastar pouco

    Saiba se é possível viajar para a Europa e gastar pouco

    0
    (0)

    Viajar para a Europa é o sonho de milhares de brasileiros, como demonstra pesquisa da Comissão Europeia de Viagens (ETC). Cerca de 57% dos entrevistados têm intenção de visitar o continente neste fim de ano.

    Publicidade

    Mas será que é possível conhecer o lugar gastando pouco? Bem, a noção de ‘pouco’ pode variar. A boa notícia: é existem, sim, soluções para economizar uma boa grana.

    A pesquisa da ETC foi realizada em conjunto com a Associação Europeia de Turismo (ETOA) e a Eurail, considerando os meses de setembro a dezembro. De acordo com ela, o país com preferência dos brasileiros é Portugal (50%).

    Porém, outros países também fazem sucesso entre o nosso povo:

    • França (36%);
    • Itália (35%);
    • Espanha (19%);
    • Alemanha (18%).

    Planejar a viagem é essencial para manter um controle de gastos e não sair no prejuízo. Se seu foco é fazer isso gastando pouco, fique atento a algumas dicas.

    Big Ben na Inglaterra
    Descubra como economizar na viagem para a Europa

    Dicas para viajar para a Europa gastando pouco

    Aproveite a baixa temporada

    Nem sempre será uma tarefa fácil aliar seus interesses e da sua família com as épocas de baixa temporada. Porém, se isso for possível, pode te ajudar a economizar bastante. Isso porque, nessa época, o preço de passagens e acomodações costumam cair bastante, por conta da baixa procura.

    Publicidade

    Sendo assim, os períodos de baixa temporada nos países europeus correspondem aos meses de janeiro a junho e de outubro a novembro. Logo, evite datas de celebrações como Natal, por exemplo.

    Além disso, leve em consideração os feriados nacionais, que podem significar uma alta nos valores das passagens por causa de uma maior procura por voos. Se você possui milhas, esta também é uma boa forma de economizar.

    Escolha um tipo de viagem mais barata

    Você pode pretender fazer um passeio mais confortável e luxuoso, com direito a hotéis 5 estrelas e restaurantes mais caros. No entanto, se seu objetivo é economizar, repense!

    Para fazer isso do jeito mais barato possível prefira:

    – investir em hotéis mais simples (mas ainda assim com boas avaliações);
    – usar condução pública sempre que possível;
    – comer em estabelecimentos mais acessíveis (pelo menos na maior parte dos dias).

    Publicidade

    Alguns países podem ser mais vantajosos financeiramente

    Alguns destinos, como as grandes capitais (Paris, Londres e Amsterdam, por exemplo) são mais caros. Segundo o site Skyscanner, países do Leste Europeu (em especial os que não utilizam o euro), são boas opções.

    Portugal e Espanha também figuram entre a lista dos mais baratos. Além de outros lugares menos óbvios, como Tallinn, na Estônia; Praga, na República Tcheca; e Budapeste, na Hungria.

    Lembre-se de fazer essa pesquisa próximo da sua viagem!

    Faça passeios gratuitos

    Sim, alguns tipos de passeios em países europeus podem sair 0800! Eles podem ser priorizados em relação a outros rolês com custo mais alto. Saiba mais:

    + Vai viajar? Conheça 53 passeios gratuitos na Europa

    Publicidade

    Alguns lugares, como museus, costumam reservar um dia no mês com entrada franca. Antes mesmo de viajar, entre no site do estabelecimento e veja qual é a data gratuita para se programar.

    Vale destacar, contudo, que esses lugares também podem ser mais cheios. Avalie o custo-benefício da economia e certifique-se de que vai valer a pena se precisar passar horas em filas.

    Atenção ao preço da moeda

    Esse também é um ponto importante e que não deve, de maneira alguma, ser deixado para a última hora.

    O macete aqui é que, no momento em decidir fazer a viagem, comece a acompanhar a variação de preço das moedas locais que precisar e comprá-las aos poucos, caso encontre uma boa oportunidade.

    Isso evita que você também precise desembolsar grandes valores de uma vez só. Além disso, também fica prevenido de ter que gastar mais com algumas situações emergenciais que podem surgir, que são piores caso você não esteja preparado financeiramente.  

    Cuide da alimentação

    Ao viajar para a Europa, é preciso pensar também na alimentação. Portanto, adquira alguns costumes que te ajudarão a economizar nesse sentido. Dessa maneira, faça uma pesquisa dos locais que oferecem maiores custo-benefício nesse sentido.

    Normalmente, as localidades mais afastadas dos grandes centros turísticos costumam oferecer preços menores aos seus clientes. Além disso, esteja sempre de olho no preço dos mercados caso seja uma possibilidade que você cozinhe em algumas refeições.

    Vale lembrar também sobre o valor da água. Isso porque é mais vantajoso que você sempre carregue uma garrafinha abastecida em lugares mais acessíveis, porque o preço pode variar em ser 10 vezes maior nas vendas de rua.

    Descubra como economizar dinheiro em uma Eurotrip

    Para quem não sabe, Eurotrip é quando a viagem na Europa engloba mais de um país. Geralmente as pessoas fazem entre três e cinco, mas a quantidade varia de acordo com a disponibilidade tempo e de grana.

    Para gastar pouco (ou o menos possível) em uma Eurotrip é preciso ainda mais atenção. Afinal, as despesas vão incluir mais locomoções e custos locais diferenciados.

    Até mesmo o preço médio gasto com alimentação pode variar em cada país. Sendo assim, todas essas variações devem ser consideradas antes de fechar a viagem.

    Algumas dicas são:

    • Compre todas as passagens com antecedência;
    • Compre passagens de ida e volta juntas (geralmente sai mais barato do que comprar separadamente);
    • Para as passagens internas na Europa, considere opções de companhias com baixo curso (embora muitas vezes possuam políticas de bagagens mais rígidas);
    • Para deslocamentos entre países menos distantes, viagens de trem podem ser mais baratas e charmosas;
    • Opte por quartos e acomodações compartilhadas, por exemplo;
    • Hostel nem sempre é mais barato, sempre compare com hotéis econômicos e considere o custo-benefício;
    • Outra opção válida é buscar acomodações em portais como Airbnb e comparar com outros tipos de estadias;
    • Lembre-se que quanto mais bem localizada for a sua acomodação, menos dinheiro com transporte precisará gastar;
    • Observe se o hotel oferece café da manhã gratuito, alguns inclusive disponibilizam espaço com cozinha, possibilitando que o hóspede cozinhe para si (uma baita economia).

    Ficou animado para viajar para a Europa? Portanto, não adie mais este sonho! Coloque as contas no papel, se planeje e estabeleça um bom prazo para fazer acontecer.

    *Colaboração: Isabella Mercedes

    O que achou disso?

    Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?