Como administrar o dinheiro com inteligência | FinanceOne

Gráficos e cotações de Hoje

Dólar R$ 3,843
Euro R$ 4,457
Bitcoin R$ 24.664,04
Bovespa 74.538,54
CDI 6,39% a.a
Poupança (mês) 0,5000%
Libra R$ 5,053
Conversor de Moeda
Veja a Cotação do
Dólar Hoje, Euro hoje e Bitcoin hoje.


Como administrar o dinheiro com inteligência

Administrar o dinheiro é o grande desafio para a maioria dos brasileiros. É uma tarefa mais trabalhosa do que se imagina. Porém deve ser um exercício diário que exige muita disciplina e autoconhecimento.

Mas como fazer? O primeiro passo que qualquer pessoa que quer aprender a administrar o seu dinheiro precisa dar é cuidar das suas finanças pessoais. E isso é resultado de coisas simples, mas que muita gente ignora. O primeiro e mais importante ponto a se fazer é ter um orçamento pessoal que te ajude a controlar seus gastos.

Registre sempre suas despesas fixas. Para isso, Você pode utilizar aplicativos, cadernos ou planilhas. Ter esse registro é importante para você saber quanto da renda familiar sobra todos os meses para investir, poupar ou até mesmo gastar com atividades de lazer.

Desta maneira, tendo a administração de seu próprio dinheiro uma importância muito grande para sua estrutura e independência financeira. Algumas dicas simples e fáceis de serem cumpridas podem ser de grande ajuda e representar uma grande diferença em seu bolso.

administrar o dinheiro

10 dicas para administrar o dinheiro

1- Planeje

O melhor de administrar seu dinheiro é planejar os gastos sempre com antecedência. Preferencialmente com uma periodicidade definida, podendo ser feito mensalmente, por exemplo.

2 – Trace metas

Administrar seu dinheiro poderá ser uma tarefa extremamente penosa se você não tiver motivação para isso. Afinal, somos incentivados a viver apenas o presente, comprando e consumindo objetos que nos possibilitem prazeres momentâneos. Entretanto, para conquistar sonhos maiores e desfrutar de certa tranquilidade financeira, é preciso abrir mão de algumas futilidades e focar os propósitos do futuro.

3 – Compre à vista

Fazer compras à vista é uma ótima estratégia para poupar dinheiro. Ela evita que você gaste aquilo que não tem e fique enrolado com o cartão de crédito. Lembre-se que muitos estabelecimentos concedem descontos para compras feitas à vista.

4 – Evite usar cartões de crédito

Essa sugestão está intimamente relacionada ao item anterior, pois é um incentivo à compra à vista. A comodidade de parcelar pode virar uma dor de cabeça. As parcelas podem conter juros e se somar a outras despesas, e você só verá o tamanho do “estrago” quando a fatura chegar.

5 – Pague suas dívidas

Para o coordenador do MBA em Gestão Financeira da Fundação Getulio Vargas (FGV), Ricardo Teixeira, quem está com dívidas deve pagá-las e colocar as contas em dia ou, pelo menos, pagar parte do que deve.

“Quem estiver endividado com o rotativo do cartão de crédito ou do cheque especial deve usar o dinheiro para quitar essas dívidas, que embutem os maiores juros do mercado. Se não estiver endividado no cartão, mas tiver outras dívidas que estão atrapalhando o orçamento, aproveite o dinheiro extra para quitar ou renegociar as parcelas, lembrando que não deve comprometer mais do que 25% da renda líquida com prestações”, orienta Ricardo Teixeira.

6 – Invista

administrar seu dinheiroTão importante quanto poupar, é fazer seu dinheiro render. Com a redução da taxa básica de juros para 6,5% ao ano,  Ricardo Teixeira sugere investimentos em renda variável.

Segundo ele, investidores mais propensos ao risco devem aplicar no mercado de ações. “O ambiente político e econômico está mais estável e a atividade vai começar a acelerar.

A tendência é que a taxa Selic caia um pouco mais e a economia cresça, com um salto efetivo em 2019″, diz Ricardo Teixeira.

7 – Compare preços

Fazendo isso você pode identificar quais produtos estão mais baratos e poderão representar uma economia em suas compras. Experimentar marcas menos conhecidas e inovar em suas compras pode ajudar a realizar uma grande economia. Pode representar um alívio para seu orçamento.

8 – Não compre por impulso

Um dos maiores vilões na administração do dinheiro é o desejo de compra por impulso. Especialmente com base em promoções ou propagandas que podem parecer tentadoras a princípio, mas que podem representar um gasto desnecessário e fora de seu poder de compra. Colocando sua situação financeira em risco.

9 – Nunca gaste mais do que ganha

A maioria das pessoas sabe que não deve gastar mais do que ganha. Porém ainda assim continua cometendo o mesmo erro repetidas vezes.

10 – Use apps de finanças

administrar seu dinheiro

A tecnologia também pode te dar uma mãozinha na hora de administrar o seu dinheiro. Por isso, sempre que for fazer uma compra, pesquise online para encontrar as alternativas mais adequadas a seu orçamento, afinal, na missão de poupar dinheiro, qualquer centavo conta.

Usar um aplicativos de gerenciamento de finanças pessoais no smartphone também pode ser útil para administrar seu dinheiro e não ficar no vermeho.

Selecionamos três compatíveis com os sistemas operacionais Android e iOS.

GuiaBolso

Ele se conecta diretamente à sua conta bancária e aos seus cartões de crédito. Observa ainda quaisquer transações financeiras e adicionando-as em uma lista de recebimentos e gastos. Cabe a você categorizar essas movimentações e acompanhar os relatórios para não acabar sem grana no fim do mês.

Minhas Economias

Oferece a possibilidade de você cadastrar gastos recorrentes e futuros. Isso é bastante útil para se planejar e se antecipar financeiramente. Ele permite também que você cadastre múltiplas contas no mesmo painel, algo bem útil para quem deseja juntar suas economias com as de outra pessoa.

Organizze

Permite ter uma clara noção de para onde vai a maior parte do seu dinheiro: alimentação, transporte, lazer, estudos e assim por diante. Tendo isso em vista, você consegue recalcular suas prioridades e controlar seu dinheiro de forma mais eficaz.







Mais lidos

Como se planejar financeiramente para um intercâmbio?
Fazer um intercâmbio se tornou um sonho para muitos. É uma troca perfeita de experiências. Tanto ...
TransferWise: é seguro? E como funciona?
Em todo o mundo e ao longo dos tempos, os bancos têm sido a principal solução para enviar dinheir...
Passo a passo para escrever uma carta de reclamação
Escrever é uma tarefa relativamente fácil, ainda mais por ser algo que se pratica desde a infânci...
Websérie gratuita ensina tudo sobre blockchain
Investir em bitcoin e outras criptomoedas é uma opção de maior risco, mas que promete retorno mai...
Reembolso em planos de saúde: como funciona e como pedir
Quem nunca se consultou com um médico durante anos? E, depois teve que mudar porque ele passou a n...
Transações do mercado imobiliário superam R$472 bi no Brasil
O setor de imóveis volta a crescer em 2018. As transações do mercado imobiliário brasileiro movi...




Publicidade