InícioNotíciasFinanças PessoaisCompra por impulso: descubra como evitar o consumismo

Compra por impulso: descubra como evitar o consumismo

Tempo de leitura: 4 minutos
()

Compra por impulso é um fator que certamente afeta as finanças de muita gente. Por isso, para manter uma saúde financeira, é preciso ultrapassar as barreiras e bloquear a compra por impulso. O questionamento é: como não comprar?

É certo que um comprador impulsivo é aquele que toma uma decisão, não planejada, de adquirir um produto ou serviço logo antes de efetuar essa aquisição. Essa decisão é repleta de sentimentos que afetam o psicológico e causam essa compra não planejada.

Só que uma das regras de evitar dívidas, ou de sair delas, é justamente pensar bem se você realmente precisa daquele produto ou serviço. Portanto, como fugir da compra por impulso no shopping, supermercado etc? A seguir, veja como conseguir! 

O que acontece no cérebro no ato da compra?

No cérebro existe uma parte chamada de sistema de recompensa. Esta parte faz você se sentir bem ao cumprir alguns objetivos, liberando a dopamina, o neurotransmissor do prazer. Além disso, isso também vai liberar outro componente que sempre ouvimos falar: a serotonina. Assim, você quase que “compra” a felicidade.

O ato de comprar funciona, na maioria das vezes, como um refúgio para muitas pessoas, pois gera uma satisfação e alívio imediato. O problema, no entanto, é que esse suposto bem estar é passageiro, mas o prejuízo pode não ser! 

Por isso, após a euforia da aquisição de um produto ou serviço, quando a “ficha cai”, a culpa e tristeza podem tomar conta e, para aliviar essas novas emoções, acabamos sendo levados a comprar novamente, gerando um ciclo vicioso de compras impulsivas. 

imagem de pessoas fazendo compras por impulso
Para fugir da compra por impulso, ter controle emocional ajudará você a evitar o consumismo

Como evitar a compra por impulso

Para evitar a compra por impulso, o primeiro passo é avaliar se você realmente precisa daquele produto ou serviço. Além disso, pagamentos à vista e tentar não usar o cartão de crédito vão ajudar a evitar compras desnecessárias. Calma, explicamos o porquê disso.

Ou seja, avalie a necessidade do produto ou serviço. Será que você continuará precisando em um curto espaço de tempo? Na verdade, será que você realmente precisa agora? Principalmente se você já está com o bolso apertado, perguntar-se isso pode ajudar a não ficar endividado por algo que nem era assim importante.

Outro item importante são os pagamentos à vista. Isso vai ser ótimo, pois você terá que dispor de todo o valor naquele momento. É provável que tenha economizado para adquirir tal produto, portanto, realmente precisa do produto ou serviço. Além disso, com o pagamento de uma única vez é possível negociar descontos e você não fica com pendências financeiras por causa dessa compra.

Tentar evitar o uso do cartão de crédito é outra saída para não comprar por impulso. Você alguma vez já caiu no rotativo do cartão de crédito? Se ainda não, queremos alertar sobre esse risco. Não pagar o valor total da fatura do cartão implica em cair no crédito rotativo, com juros muito altos. Para ter uma ideia, podem chegar a quase 800% ao ano!

Um perigo para as compras por impulso – e para seu bolso – são os cartões de loja. Nesse caso, os juros podem ser muito altos caso não haja o pagamento inteiro da fatura. Por isso também que você deve saber o limite do cartão de crédito ideal, além de ter controle e evitar o consumismo.

Agora que você já sabe como o nosso cérebro funciona ao comprar e como evitar esse impulso, saiba como controlá-lo também! Boa leitura.

Como controlar o impulso na hora de comprar

Acabar com a compulsão por compras vai te ajudar, principalmente, a não ter uma dívida no banco. Ou com seu cartão de crédito, por exemplo. Ter cuidado com as emoções também é importante para você controlar o impulso de comprar.

Não existe uma fórmula mágica para você saber como não comprar. O que podemos dizer, com base na fala de especialistas, é que uma forma de evitar o consumismo é não escolher fazer compras quando estiver em um mau humor. Não que você não deva mais ir a shoppings. Mas apenas evite ir naqueles dias em que bateu o desânimo, pois será mais perigoso para o seu bolso do que você pode imaginar.

Saber administrar seu dinheiro com inteligência vai evitar muitos problemas com falta de orçamento. Se você precisa sair das dívidas urgente, listamos algumas técnicas que podem te ajudar nessa situação.

Lembre-se também que além de evitar compras desnecessárias, ter um planejamento financeiro é o primeiro passo para você alcançar seus objetivos e metas.

Gostou do nosso texto? Acha que ele pode ajudar uma outra pessoa? Então compartilhe-o em suas redes sociais!

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 4 minutos
Redação
O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui