InícioNotíciasFinanças PessoaisAutenticação de dois fatores: como deixar a conta mais segura

Autenticação de dois fatores: como deixar a conta mais segura

Tempo de leitura: 3 minutos
()

Se você é uma pessoa preocupada com a segurança das suas informações, certamente já ouviu falar sobre autenticação de dois fatores, 2FA ou verificação em duas etapas.

Todos esses nomes são para a mesma coisa: uma ferramenta capaz de reforçar quem tem acesso dentro das suas contas na internet, como no GmailFacebook ou Microsoft.

A seguir, falaremos mais sobre a autenticação de dois fatores e como usá-la para proteger ainda mais as suas contas. Boa leitura!

O que é autenticação de dois fatores?

A autenticação de dois fatores é um método em que o usuário só consegue acessar a conta após apresentar “duas provas” de que o próprio está entrando – e não um estranho, por exemplo.

Essa verificação para provar que é você quem está acessando sua própria conta serve como uma proteção extra. Ou seja, a primeira linha de defesa é a senha e, por isso, ela precisa ser uma senha difícil para não ser descoberta.

No entanto, mesmo se ela for comprometida de alguma forma, aí entra a verificação (segunda etapa) para barrar a invasão de algum hacker, por exemplo.

+ Dicas de segurança: aplicativo de banco é seguro?

Como funciona a autenticação?

Como falamos acima, a autenticação também pode ser chamada de 2FA (two-factor authentication, sigla em inglês para o termo) e funciona da seguinte maneira: a pessoa cadastra primeiro a senha.

A segunda verificação, no entanto, é um outro tipo de código. Esse código pode ser gerado através de mais uma senha, biometria, e-mail ou qualquer outro código que somente o verdadeiro usuário tenha acesso.

É o caso do Google Authenticator, por exemplo. Este aplicativo gera códigos aleatórios que expiram após alguns segundos.

Desta maneira, se você sincronizar uma conta a ele, quando precisar acessá-la basta abrir o aplicativo, copiar o código e aplicar na conta que deseja ter acesso.

pessoa mexendo no notebook e olhando o celular para autenticação de dois fatores
Autenticação de dois fatores é muito importante para proteger contas. Saiba como utilizar essa verificação

Quais são os tipos de verificação em duas etapas?

Existem alguns formatos de autenticação de dois fatores. São eles:

  • Aplicativo: os aplicativos geram códigos únicos e com vida útil curta no próprio celular. Para isso, é essencial baixar o app somente das lojas oficiais de cada sistema operacional.
  • SMS ou Ligação: algumas empresas enviam um código por SMS ou fazem ligação para informar o código de segurança.
  • Característica física: é a parte de biometria da digital, leitura facial e comando de voz. Todos esses identificadores podem ser usados como autenticação de dois fatores.

Por que usar a verificação de dois fatores é seguro?

Em um relatório divulgado em 2019, a Microsoft revelou que recebe cerca de 300 milhões de tentativas fraudulentas de acesso em seus serviços. Ou seja, senhas podem ser quebradas.

No entanto, muitas pessoas negligenciam a autenticação de dois fatores por ela deixar o acesso mais burocrático, já que, na prática, você acaba precisando ter que colocar duas senhas.

Para dar uma ideia, o mesmo relatório da Microsoft diz que 99,9% dos ataques poderiam ser evitados com o uso da verificação de dois fatores.

Vale lembrar, porém, que esse tipo de autenticação não protege contra golpes nos quais a vítima é induzida a passar todas as suas informações, como o caso de fraude com cartão de crédito, por exemplo.

+ Veja os golpes com cartão de crédito mais comuns

Como usar e ativar a autenticação de dois fatores?

Muitas empresas já oferecem a autenticação de dois fatores, incluindo as citadas neste texto. De modo geral, o usuário precisa acessar a parte de configurações e buscar, na parte de privacidade ou segurança, o item como autenticação de dois fatores.

Lembre-se que pode aparecer como 2FA ou verificação, além de outros termos similares. Depois da ativação para proteção adicional, o usuário é obrigado a digitar um código extra, normalmente de seis dígitos.

Gostou do nosso texto? Acha que ele pode ser útil para alguém? Então compartilhe em suas redes sociais. Assim, você ajuda seus amigos a entenderem a importância da autenticação de dois fatores.

O que achou disso?

Média da classificação / 5. Número de votos:

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Tempo de leitura: 3 minutos
Redação
O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Páginas Populares

Calculadora de Hora Extra

Calculadora de Rescisão Trabalhista

Correção do FGTS, vale a pena?

Conversor de Moedas

Rendimento Poupança 2021

5 Cartões de crédito sem consulta ao SPC e Serasa

8 plataformas para compra e venda de Bitcoin

Últimos Artigos