Início Notícias Economia Auxílio emergencial de R$300: veja como consultar se você tem direito

Auxílio emergencial de R$300: veja como consultar se você tem direito

3
(1)

O Governo Federal já iniciou o pagamento do auxílio emergencial de R$300. O número de novas parcelas dependerá de quando o trabalhador começou a receber o benefício.

Isso porque o auxílio residual de R$300 só será pago após o recebimento das cinco primeiras parcelas de R$600. Além disso, a extensão do benefício será feita até dezembro deste ano.

Para receber o novo valor não é preciso realizar uma nova inscrição. Portanto, só quem foi aprovado para as parcelas de R$600 poderá receber o auxílio residual.

+ Auxílio emergencial de R$300: veja o calendário de pagamento

Como saber se tem direito ao auxílio emergencial de R$300

Será necessário entrar no site da Caixa para saber se tem direito ao auxílio residual de R$300. Você também pode ser fazer a consulta pelo aplicativo.

Para isso, a pessoa deve digitar os dados solicitados e a página vai informar se a extensão do benefício foi aprovada. Além disso, será informado quando a nova parcela será depositada na conta digital da Caixa.

De acordo com o governo, são 48 milhões de beneficiários que receberão as quatro parcelas do auxílio residual. Ou seja, isso representa 56,25% dos aprovados e que não fazem parte do Bolsa Família.

De acordo com as regras estabelecidas para a prorrogação, apenas os trabalhadores que receberam em abril a primeira parcela do benefício de R$600, e que já receberam as cinco parcelas, terão direito a todas as quatro parcelas extras.

+ Saiba quem não terá direito ao auxílio residual de R$300

O que fazer com a a restituição do imposto de renda
A restituição do imposto de renda já começou a ser entregue e o dinheiro extra pode ser usado para quitar dívidas ou investir

Como saber quantas parcelas irá receber de R$300

No caso dos trabalhadores que estão no Bolsa Família, todos os aprovados que continuaram elegíveis terão direito a realizar o saque das quatro parcelas de R$300.

No entanto, aproximadamente 3 milhões de beneficiários deixaram de receber o auxílio nessa nova fase de extensão. Com isso, voltaram a receber o Bolsa Família.

A queda de beneficiários se deve à diminuição do valor da parcela do auxílio. Isso porque se o Bolsa Família for igual ou maior que R$300, o beneficiário receberá o valor maior.

Já no caso dos beneficiários que se inscreveram pelo site ou aplicativo, e não fazem parte do grupo do Bolsa Família, é necessário saber qual o número da parcela em que o trabalhador recebeu no Ciclo 2 do auxílio emergencial — que teve início no dia 28 de agosto e terminou 30 de setembro.

A quantidade de parcelas de R$300, portanto, vai depender de quantas de R$600 foram recebidas até o final do calendário do Ciclo 2.

Ou seja, apenas quem recebeu a quinta parcela nesse ciclo — entre 28 e 30 de setembro — vai conseguir sacar as quatro parcelas de auxílio residual.

A seguir, veja como ficam os pagamentos do auxílio de R$300:

  • Beneficiários que receberam a 5ª parcela de R$600 entre 28 e 30 de setembro: receberão as quatro parcelas de R$300;
  • Quem recebeu a 4ª parcela de R$600: receberá três parcelas de R$300;
  • Beneficiários que receberam a 3ª parcela de R$600: tem direito a duas parcelas de R$300;
  • Aqueles que receberam a 2ª parcela de R$600: receberão uma parcela de R$300;
  • Quem recebeu a 1ª parcela de R$600 e quem não recebeu nenhuma parcela até o período de 28 a 30 de setembro: não vai receber nenhuma parcela do auxílio residual de R$300.

Nesta semana, o governo federal também anunciou um programa que poderá substituir o Bolsa Família: o Renda Cidadã. Confira todos os detalhes!

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 3 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Indenização trabalhista: o que é e como funciona

Se você tem uma empresa sabe que deve ficar atento aos direitos dos trabalhadores da sua instituição, não é?  No entanto, é para a indenização...

10 profissões com maior ganho salarial na pandemia

Durante abril e junho de 2020, a renda do trabalhador brasileiro caiu, em média, 20,1%. Esse período foi caracterizado pelo auge da...

SRC do Banco Central: o que é e como funciona?

Você já escutou falar no Sistema de Informação de Crédito do Banco Central (SRC)? Sabe o que é e como funciona?

Especialista explica como estimular uma criança a poupar

Quando se fala sobre educação financeira infantil, muitos adultos não sabem por onde começar a tratar esse assunto com as crianças. Mas,...

Conheça o íon, novo aplicativo de investimentos do Itaú

O Itaú Unibanco anunciou de lançamento o íon, seu aplicativo de investimentos. O objetivo é reforçar a atuação da instituição no mercado...

Nubank lança cartão de débito para pessoas jurídicas

Chegou uma novidade voltada ao setor de pequenas e médias empresas brasileiras (PME). O Nubank lança cartão de débito para pessoas jurídicas...