Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasEconomiaVeja como vai funcionar o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Rural

    Veja como vai funcionar o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Rural

    4
    (23)

    O governo federal definiu as regras de concessão do Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Rural. Para quem não sabe, esses são benefícios complementares do programa Auxílio Brasil que vai substituir o Bolsa Família.

    Publicidade

    Os programas vão conceder o valor de R$200 por mês. Aqueles que preencherem os requisitos podem receber um dinheiro a mais, além da renda básica do programa.

    Para o governo federal, são consideradas famílias extremamente pobres aquelas que recebem de 0 a R$100 per capita (por indivíduo). Já as famílias pobres são aquelas com renda familiar per capita de R$100,01 a R$200.

    Além disso, é necessário ter inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e ter atualizado seus dados cadastrais nos últimos 2 anos.

    Para conferir se o seu cadastro foi aprovado para receber o Auxílio Brasil é só fazer a consulta no site ou no aplicativo Meu CadÚnico (disponível para Android e iOS).

    Outra alternativa é acessar o app Auxílio Brasil, que também está disponível para os sistemas Android e iOS.

    + Como consultar o saldo do Auxílio Brasil pelo celular? Veja o passo a passo!

    Publicidade

    Quem tem direito ao Auxílio Inclusão Produtiva Urbana?

    De acordo com as regras, o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana não poderá ser acumulado na família. Isso representa, de forma simples e direta, que apenas uma pessoa por núcleo familiar poderá receber esse tipo de pagamento.

    Para ter acesso ao Auxílio Inclusão Produtiva Urbana, será necessário que o solicitante:

    • Tenha inscrição no Auxílio Brasil;
    • Comprove vínculo empregatício.

    O valor do benefício complementar será de R$200 por mês. Além disso, é importante destacar que a inscrição no Auxílio Brasil será feita automaticamente, com base nos dados do Cadastro Único.

    Para isso, o beneficiário que vai tentar requerer o programa social precisa ter os registros atualizados junto ao governo federal.

    agricultor, que recebe o auxílio inclusão produtiva rural, cuidando de uma plantação
    A identificação das famílias com direito ao Auxílio Inclusão Produtiva Rural será realizada com dados das bases utilizadas nos diversos programas do Governo Federal

    E o Auxílio Inclusão Produtiva Rural?

    Este auxílio é uma forma de bônus disponibilizado para aquelas pessoas que receberam o auxílio emergencial e que tenham agricultores familiares. Portanto, é destinado para aquelas pessoas que sobrevivem daquilo que conseguem plantar, seja para consumo ou para venda.

    Publicidade

    O programa será pago por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único e que morem em estados que firmem parceria com o Ministério da Cidadania para recebimento do benefício.

    O valor a ser pago é de R$200 mensais e é liberado por família e não por pessoa.

    + Auxílio Brasil: veja o calendário de pagamentos e valores

    Como fazer o cadastro para receber os benefícios complementares?

    Para conseguir receber o auxílio inclusão produtiva rural e urbana é preciso fazer a inscrição no auxilio Brasil. O processo é semelhante ao que era feito no Bolsa Família, seguindo a lógica de utilizar os dados do sistema do CadÚnico.

    O processo também será automático para quem não recebia o Bolsa Família. Contudo, inscrito no CadÚnico e cumpre os requisitos estabelecidos pelo programa.

    Sendo assim, só precisa se preocupar em fazer um cadastro para receber o Auxílio Brasil quem ainda não faz parte do CadÚnico.

    Atualmente, a inscrição no Cadastro Único não pode ser feita pela internet.

    Um membro da família (maior de 16 anos) precisa ir até o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da sua região com os documentos pessoais dos integrantes para realizar o cadastro.

    No site do Cadastro Único você consegue descobrir qual é o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais perto da sua casa.

    Publicidade

    O conteúdo foi útil? Então compartilhe com outros amigos que também são beneficiários do programa!

    O que achou disso?

    Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 23

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Rafael Massadar
    Rafael Massadar
    Carioca, amante de esportes e de viagens. Escolhi o jornalismo porque ele vive pelo mundo e conta histórias de pessoas e realidades distintas. Tenho experiência em redação e assessoria de imprensa. Atualmente, trabalho numa agência de marketing digital.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    35 COMENTÁRIOS

      • Olá, João! Tudo bem?
        Para ter acesso ao Auxílio Inclusão Produtiva Urbana, é necessário ser beneficiário do Auxílio Brasil e comprovar vínculo empregatício.

      • Olá, Naiane! Tudo bem?
        Essas informações constam no CadÚnico, certifique-se que os seus dados estão atualizados. Você pode consultar pelo aplicativo Meu CadÚnico ou indo ao CRAS mais próximo.

    1. Comecei a receber o auxílio Brasil esse mês. E agora comecei a trabalhar de carteira assinada. Tenho que ir no CRAS pra atualizar para receber o auxílio inclusão ou ele entra automático?

    2. Fui ao CRAS e eles falaram que não receberam nenhuma informação sobre o auxílio produtivo Urbano, não sei o que faço agora

      • Oi, Marcela! Tudo bem?
        Esse benefício faz parte do Auxílio Brasil, no valor complementar de R$200. É preciso ser beneficiário do programa para receber.

    3. Não consegui entender. Quer dizer que, se a pessoa recebe auxílio e arranja um emprego de carteira assinada, além do salário que recebe, continua recebendo o auxílio e ainda mais 200,00? Não entendi.

      • Olá, Sheila! Tudo bem?
        Se a pessoa trabalha de carteira assinada e, ainda assim, atende aos requisitos de renda do Auxílio Brasil (até 200 reais por pessoa), ela tem direito.

    4. Moro na zona rural nao recebo esse benefício mexo com hortaliças o cras aqui nao passa essas informações eu tenho direito a receber?pois so recebo o auxilio brasil

      • Olá, Roziane! Tudo bem?
        Se você atende aos requisitos, sim. Mas cabe destacar que o valor é pago junto com o Auxílio Brasil. Então certifique-se se ele não está embutido na sua parcela.

    5. Bom dia sou trabalhadora informal sou artezaõ
      Trabalho em feiras de artezanato
      Não tenho carteira assinada
      Fiz meu Cadu único
      Tenho direito em receber o auxílio urbano

    6. Boa tarde !
      Para quem recebe o auxílio Brasil e passa a ter vínculo empregatício com o salário de 800 reais o auxílio inclusão produtivo urbano é elegível ou não ?

      • Oi, Maria! Tudo bem?
        Para ter acesso ao Auxílio Inclusão Produtiva Urbana, será necessário que o solicitante:
        Tenha inscrição no Auxílio Brasil;
        Comprove vínculo empregatício.

    7. trabanho Em roça tenho uma horta que vendo verduras só da uma 300 rais,.mês só produtur rural tenho direito auxílio brasil

    8. Recebo o auxílio Brasil tenho que me escreveu pra o inclusão rural ou é feito automático no CadUnico então só esperar se tenho os requisitos para receber né isso

      • Oi, Marlene! Tudo bem?
        Exatamente, é automático.
        Se você preenche os requisitos, o valor do Inclusão Produtiva já está embutido na sua parcela do Auxílio Brasil

    9. Boa tarde! Vi que esse auxílio complementar são de 2 anos. Depois disso, o beneficiário, com carteira assinada, perde o benefício total, que no caso são 200 + 400, ou só perde os 200?

      • Oi, D. Cavalcante! Tudo bem?
        O beneficiário continua recebendo os demais benefícios do Auxílio Brasil, desde que cumpra os requisitos.

      • Oi, Deise! Tudo bem?
        Se seus dados no CadÚnico já estavam atualizados há bastante tempo, o valor do Auxílio Inclusão já deve estar embutido na sua parcela do benefício. O Governo Federal não deu um prazo de quando o valor é atualizado.

    10. Já fiz a atualização e informei que meu filho tá trabalhando de carteira assinada mas até agora nada.ja consultei no app e não tem parcela do inclusão urbano

      • Oi, Dulcineia! Tudo bem?
        A inclusão do benefício na parcela do Auxílio Brasil é automática. O benefício não virá discriminado como Auxílio Inclusão Produtiva. Tudo é embutido no valor do Auxílio Brasil.

    11. Por favor me tire uma dúvida?! Vou ser registrada com piso salarial de 1304 mas além do salário, os funcionários também recebe gorjetas dos clientes, que agora com a nova lei da gorjeta em bares e restaurantes, é incluso na folha de pagamento, sendo assim pode ou não ultrapassar o valor de 525 por pessoa dependendo do mês e faturamento da empresa. Perderia o meu auxílio Brasil nesse caso, mesmo a gorgeta não fazendo parte do piso salarial?

      • Oi, Tati! Tudo bem?
        O que conta para o pagamento do Auxílio Brasil é a renda mensal por pessoa da família. Se esse valor ultrapassa os R$210, a família não tem direito ao benefício. Como o valor da gorjeta varia, você pode calcular uma média para entender qual será o impacto na renda da sua família.

        • Moro sozinho, recebo o auxilio brasil, sou PCD, consegui um emprego de aprendiz, salário 569,00. Eu tenho direito ao auxilio brasil inclusão produtiva urbana? Ou não tenho direito pq minha renda será maior que 525,00? Pq se eu não tiver direito não compensa trabalhar, pq o valor do auxílio brasil vai ser de 600,00 até dezembro,e eu vou receber menos que 569,00 pq tem os descontos por lei !!!

    12. Moro sozinho e recebo o auxilio brasil, sou PCD, consegui uma vaga de aprendiz, salário será de 569,00. Nesse caso eu perco o auxílio brasil? E eu não entro no auxílio inclusão produtiva urbana pq minha renda superou os 525? Pq se eu perder não compensa trabalhar, pois o auxílio brasil vai ser de 600,00 até dezembro, e eu vou receber menos que 569,00 pq tem os descontos da lei !!!

      • Oi, Thiago! Tudo bem?
        Para receber o Auxílio você precisa se manter dentro das faixas de renda do programa, conforme as informações que constam no seu CadÚnico. Em relação ao que vale a pena, sugerimos que avalie levando em conta também que o emprego pode ser uma oportunidade de ingresso no mercado de trabalho de forma definitiva. Além disso, o Auxílio Brasil de R$600 vai somente até dezembro.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEconomiaVeja como vai funcionar o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Rural

    Veja como vai funcionar o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Rural

    4
    (23)

    O governo federal definiu as regras de concessão do Auxílio Inclusão Produtiva Urbana e Rural. Para quem não sabe, esses são benefícios complementares do programa Auxílio Brasil que vai substituir o Bolsa Família.

    Publicidade

    Os programas vão conceder o valor de R$200 por mês. Aqueles que preencherem os requisitos podem receber um dinheiro a mais, além da renda básica do programa.

    Para o governo federal, são consideradas famílias extremamente pobres aquelas que recebem de 0 a R$100 per capita (por indivíduo). Já as famílias pobres são aquelas com renda familiar per capita de R$100,01 a R$200.

    Além disso, é necessário ter inscrição no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal e ter atualizado seus dados cadastrais nos últimos 2 anos.

    Para conferir se o seu cadastro foi aprovado para receber o Auxílio Brasil é só fazer a consulta no site ou no aplicativo Meu CadÚnico (disponível para Android e iOS).

    Outra alternativa é acessar o app Auxílio Brasil, que também está disponível para os sistemas Android e iOS.

    + Como consultar o saldo do Auxílio Brasil pelo celular? Veja o passo a passo!

    Publicidade

    Quem tem direito ao Auxílio Inclusão Produtiva Urbana?

    De acordo com as regras, o Auxílio Inclusão Produtiva Urbana não poderá ser acumulado na família. Isso representa, de forma simples e direta, que apenas uma pessoa por núcleo familiar poderá receber esse tipo de pagamento.

    Para ter acesso ao Auxílio Inclusão Produtiva Urbana, será necessário que o solicitante:

    • Tenha inscrição no Auxílio Brasil;
    • Comprove vínculo empregatício.

    O valor do benefício complementar será de R$200 por mês. Além disso, é importante destacar que a inscrição no Auxílio Brasil será feita automaticamente, com base nos dados do Cadastro Único.

    Para isso, o beneficiário que vai tentar requerer o programa social precisa ter os registros atualizados junto ao governo federal.

    agricultor, que recebe o auxílio inclusão produtiva rural, cuidando de uma plantação
    A identificação das famílias com direito ao Auxílio Inclusão Produtiva Rural será realizada com dados das bases utilizadas nos diversos programas do Governo Federal

    E o Auxílio Inclusão Produtiva Rural?

    Este auxílio é uma forma de bônus disponibilizado para aquelas pessoas que receberam o auxílio emergencial e que tenham agricultores familiares. Portanto, é destinado para aquelas pessoas que sobrevivem daquilo que conseguem plantar, seja para consumo ou para venda.

    Publicidade

    O programa será pago por até 36 meses aos agricultores familiares inscritos no Cadastro Único e que morem em estados que firmem parceria com o Ministério da Cidadania para recebimento do benefício.

    O valor a ser pago é de R$200 mensais e é liberado por família e não por pessoa.

    + Auxílio Brasil: veja o calendário de pagamentos e valores

    Como fazer o cadastro para receber os benefícios complementares?

    Para conseguir receber o auxílio inclusão produtiva rural e urbana é preciso fazer a inscrição no auxilio Brasil. O processo é semelhante ao que era feito no Bolsa Família, seguindo a lógica de utilizar os dados do sistema do CadÚnico.

    O processo também será automático para quem não recebia o Bolsa Família. Contudo, inscrito no CadÚnico e cumpre os requisitos estabelecidos pelo programa.

    Sendo assim, só precisa se preocupar em fazer um cadastro para receber o Auxílio Brasil quem ainda não faz parte do CadÚnico.

    Atualmente, a inscrição no Cadastro Único não pode ser feita pela internet.

    Um membro da família (maior de 16 anos) precisa ir até o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) da sua região com os documentos pessoais dos integrantes para realizar o cadastro.

    No site do Cadastro Único você consegue descobrir qual é o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) mais perto da sua casa.

    Publicidade

    O conteúdo foi útil? Então compartilhe com outros amigos que também são beneficiários do programa!

    O que achou disso?

    Média da classificação 4 / 5. Número de votos: 23

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?