Mais
    InícioNotíciasEconomiaAuxílio Brasil: veja o calendário de pagamentos e valores

    Auxílio Brasil: veja o calendário de pagamentos e valores

    4.8
    (4)

    O Auxílio Brasil, novo programa de transferência de renda do Governo Federal, começou a ser pago no dia 17 de novembro.

    O programa tem como público-alvo famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

    Os beneficiários do Bolsa Família, que migrarão automaticamente, sem necessidade de realizar novo cadastramento.

    De acordo com o Ministério da Cidadania, o benefício será pago a todos os brasileiros que estão no Bolsa Família a partir deste mês. São 14,6 milhões de famílias que serão transferidas automaticamente para o novo programa.

    O valor mínimo será de R$400 por família. Esse valor será temporário, com duração até 31 de dezembro de 2022.

    Vale lembrar que os cartões e senhas utilizados para saque do Bolsa Família continuarão válidos.

    Quem terá direito a receber o Auxílio Brasil?

    O Auxílio Brasil se assemelha ao que acontece com o Bolsa Família hoje. Têm direito ao benefício atual:

    • as famílias em situação de pobreza – com renda de R$89,01 a R$178, por pessoa; ou
    • extrema pobreza – aquelas renda por pessoa de até R$89 por mês.

    Além disso, para ter direito é preciso ter em sua composição:

    • gestantes
    • mães que amamentam
    • crianças ou
    • adolescentes entre 0 e 21 anos.

    Mas no caso de jovens com idade entre 18 e 21 anos, será preciso estar matriculados no ensino básico. Do contrário, não terão direito ao novo Bolsa Família.

    Presidente Bolsonaro segura Medida Provisória que cria o Auxílio Brasil
    Medida Provisória que cria o Auxílio Brasil foi apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro em agosto (Foto: Agência Brasil)

    O que o novo programa vai englobar?

    O novo auxílio Brasil compreenderá os benefícios listados a seguir. Sendo os três primeiros os principais, além dos outros benefícios extras.

    1. Primeira Infância (para famílias com crianças até 36 meses);
    2. Composição Familiar (jovens até 21 anos);
    3. Superação da Extrema Pobreza (famílias com renda de até RS$162 por pessoa);
    4. Auxílio Esporte Escolar (para estudantes entre 12 e 17 anos que se destacaram no Jogos Escolares Brasileiros – JEBs);
    5. Bolsa de Iniciação Científica Júnior (estudantes com bom desempenho em competições científicas);
    6. Auxílio Criança Cidadã (para o Responsável Familiar com criança de até 48 meses que não encontre vaga em creches públicas ou conveniadas);
    7. Inclusão Produtiva Rural (para agricultores familiares);
    8. Inclusão Produtiva Urbana (para quem receber o auxílio e comprovar vínculo de emprego formal);
    9. Benefício Compensatório de Transição (para famílias que perderem parte do valor recebido atualmente pelo Bolsa Família com o novo programa).

    Parte dos recursos do novo auxílio virá do parcelamento do pagamento de precatórios e também de um fundo que será criado com recursos de privatizações.

    Como fazer inscrição?

    Para receber o Auxílio Brasil, será preciso estar com a inscrição no CadÚnico em dia!

    Os cadastros podem ser feitos presencialmente, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município. Ou em postos de atendimento do Cadastro Único ou do Bolsa Família.

    Quem já é inscrito, deve verificar se os dados estão atualizados por meio do aplicativo de celular ‘Meu CadÚnico’.

    É possível consultar um manual de uso do CadÚnico no site do Governo com todo o passo a passo.

    Calendário de pagamento do Auxílio Brasil

    Os depósitos do Auxílio Brasil são realizados de acordo com o final do número do NIS do responsável familiar. O calendário de pagamento em 2021 é o seguinte:

    Final do NIS NovembroDezembro
    117/nov 10/dez
    218/nov13/dez
    319/nov14/dez
    422/nov15/dez
    523/nov16/dez
    624/nov17/dez
    725/nov20/dez
    826/nov21/dez
    929/nov22/dez
    030/nov23/dez

    Já em 2022 as parcelas seguirão o seguinte calendário:

    NAL DO NISJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDE
    1181418141817181819181712
    2191521181920191920191813
    3201622192021202221202114
    4211723202322212322212215
    5241824222423222423242316
    6252125252524252526252419
    7262228262627262627262520
    8272329272728272928272821
    9282430283029283029282922
    0312531293130293130313023
    Fonte: Ministério da Cidadania

    Como consultar o Auxílio Brasil?

    A consulta do Auxílio Brasil pode ser feita pelo CPF acessando o aplicativo do Bolsa Família. O download do app está disponível para celulares Android (clique para baixar) e smartphones com sistema iOS (clique para baixar).

    Outra forma do cidadão verificar se terá direito ao benefício é ligando para a Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania pelo número 121.

    Conhece alguém que recebe o Bolsa Família e terá direito ao novo programa? Então compartilhe este conteúdo!

    O que achou disso?

    Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Redação
    Redação
    O FinanceOne é um site especializado em finanças. Desde 2003, publicamos conteúdos que buscam traduzir desde a influência do mercado financeiro no seu dia a dia até a simples economia dentro de casa. Nossa missão é mostrar que qualquer pessoa pode ter controle financeiro e fazer as escolhas certas. Assim como ter no dinheiro um aliado para viver bem e conquistar seus sonhos.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    8 COMENTÁRIOS

      • Olá, Aldenice! Tudo bem?
        Todos os critérios e regras mais detalhados sobre o Auxílio Brasil serão divulgados após a aprovação da nova lei. A princípio, as condições são as que estão descritas no artigo.

      • Olá, Rodrigo! Tudo bem?
        A legislação que vai estabelecer todos os critérios para o Auxílio Brasil ainda será votada. Mas a princípio ele será voltado para famílias, assim como o Bolsa Família, e os demais casos especificados no artigo.

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEconomiaAuxílio Brasil: veja o calendário de pagamentos e valores

    Auxílio Brasil: veja o calendário de pagamentos e valores

    4.8
    (4)

    O Auxílio Brasil, novo programa de transferência de renda do Governo Federal, começou a ser pago no dia 17 de novembro.

    O programa tem como público-alvo famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza.

    Os beneficiários do Bolsa Família, que migrarão automaticamente, sem necessidade de realizar novo cadastramento.

    De acordo com o Ministério da Cidadania, o benefício será pago a todos os brasileiros que estão no Bolsa Família a partir deste mês. São 14,6 milhões de famílias que serão transferidas automaticamente para o novo programa.

    O valor mínimo será de R$400 por família. Esse valor será temporário, com duração até 31 de dezembro de 2022.

    Vale lembrar que os cartões e senhas utilizados para saque do Bolsa Família continuarão válidos.

    Quem terá direito a receber o Auxílio Brasil?

    O Auxílio Brasil se assemelha ao que acontece com o Bolsa Família hoje. Têm direito ao benefício atual:

    • as famílias em situação de pobreza – com renda de R$89,01 a R$178, por pessoa; ou
    • extrema pobreza – aquelas renda por pessoa de até R$89 por mês.

    Além disso, para ter direito é preciso ter em sua composição:

    • gestantes
    • mães que amamentam
    • crianças ou
    • adolescentes entre 0 e 21 anos.

    Mas no caso de jovens com idade entre 18 e 21 anos, será preciso estar matriculados no ensino básico. Do contrário, não terão direito ao novo Bolsa Família.

    Presidente Bolsonaro segura Medida Provisória que cria o Auxílio Brasil
    Medida Provisória que cria o Auxílio Brasil foi apresentada pelo presidente Jair Bolsonaro em agosto (Foto: Agência Brasil)

    O que o novo programa vai englobar?

    O novo auxílio Brasil compreenderá os benefícios listados a seguir. Sendo os três primeiros os principais, além dos outros benefícios extras.

    1. Primeira Infância (para famílias com crianças até 36 meses);
    2. Composição Familiar (jovens até 21 anos);
    3. Superação da Extrema Pobreza (famílias com renda de até RS$162 por pessoa);
    4. Auxílio Esporte Escolar (para estudantes entre 12 e 17 anos que se destacaram no Jogos Escolares Brasileiros – JEBs);
    5. Bolsa de Iniciação Científica Júnior (estudantes com bom desempenho em competições científicas);
    6. Auxílio Criança Cidadã (para o Responsável Familiar com criança de até 48 meses que não encontre vaga em creches públicas ou conveniadas);
    7. Inclusão Produtiva Rural (para agricultores familiares);
    8. Inclusão Produtiva Urbana (para quem receber o auxílio e comprovar vínculo de emprego formal);
    9. Benefício Compensatório de Transição (para famílias que perderem parte do valor recebido atualmente pelo Bolsa Família com o novo programa).

    Parte dos recursos do novo auxílio virá do parcelamento do pagamento de precatórios e também de um fundo que será criado com recursos de privatizações.

    Como fazer inscrição?

    Para receber o Auxílio Brasil, será preciso estar com a inscrição no CadÚnico em dia!

    Os cadastros podem ser feitos presencialmente, no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do seu município. Ou em postos de atendimento do Cadastro Único ou do Bolsa Família.

    Quem já é inscrito, deve verificar se os dados estão atualizados por meio do aplicativo de celular ‘Meu CadÚnico’.

    É possível consultar um manual de uso do CadÚnico no site do Governo com todo o passo a passo.

    Calendário de pagamento do Auxílio Brasil

    Os depósitos do Auxílio Brasil são realizados de acordo com o final do número do NIS do responsável familiar. O calendário de pagamento em 2021 é o seguinte:

    Final do NIS NovembroDezembro
    117/nov 10/dez
    218/nov13/dez
    319/nov14/dez
    422/nov15/dez
    523/nov16/dez
    624/nov17/dez
    725/nov20/dez
    826/nov21/dez
    929/nov22/dez
    030/nov23/dez

    Já em 2022 as parcelas seguirão o seguinte calendário:

    NAL DO NISJANFEVMARABRMAIJUNJULAGOSETOUTNOVDE
    1181418141817181819181712
    2191521181920191920191813
    3201622192021202221202114
    4211723202322212322212215
    5241824222423222423242316
    6252125252524252526252419
    7262228262627262627262520
    8272329272728272928272821
    9282430283029283029282922
    0312531293130293130313023
    Fonte: Ministério da Cidadania

    Como consultar o Auxílio Brasil?

    A consulta do Auxílio Brasil pode ser feita pelo CPF acessando o aplicativo do Bolsa Família. O download do app está disponível para celulares Android (clique para baixar) e smartphones com sistema iOS (clique para baixar).

    Outra forma do cidadão verificar se terá direito ao benefício é ligando para a Central de Relacionamento do Ministério da Cidadania pelo número 121.

    Conhece alguém que recebe o Bolsa Família e terá direito ao novo programa? Então compartilhe este conteúdo!

    O que achou disso?

    Média da classificação 4.8 / 5. Número de votos: 4

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?