InícioNotíciasEconomiaSeu pagamento do Bolsa do Povo Educação não chegou? Veja o que...

Seu pagamento do Bolsa do Povo Educação não chegou? Veja o que pode ser feito!

5
(1)

O Programa Bolsa do Povo SP, que visa auxiliar famílias de baixa renda na pandemia, tem várias linhas de benefícios. Mas uma delas, o Bolsa do Povo Educação, está gerando críticas.

Esse auxílio consiste em um pagamento de R$500 para pais e responsáveis de alunos da rede estadual que prestarem serviços nas escolas.

Mas acontece que muitos começaram a trabalhar há mais de um mês e não receberam o cartão com o saldo.

“Chegou uma mensagem no celular dizendo que o benefício está disponível. Mas nem a escola, nem o CRAS sabem dizer como sacar o dinheiro. O que eu faço? Não chegou o cartão”, relata uma das leitoras do FinanceOne.

Esse tipo de questionamento tem sido frequente, porque os primeiros pagamentos deveriam ter sido disponibilizados no início de outubro.

Mas, como mencionado, muitos não receberam o cartão.

Se esse é o seu caso, continue lendo o artigo para saber o que o governo do estado diz a respeito e o que você deve fazer!

Não recebi o cartão do Bolsa do Povo Educação: o que fazer

No Bolsa do Povo Educação é preciso cumprir uma jornada de quatro horas diárias em escolas estaduais para ter direito a um auxílio mensal de R$500.

A quantia é depositada em um cartão, que chega na casa dos beneficiários.

Mas de acordo com o próprio governo, dos mais de 216 mil cartões enviados pela Prodesp – empresa de Tecnologia do Governo de São Paulo –, cerca de 54 mil ainda não chegaram aos destinatários.

A organização do programa justifica que o motivo são problemas no endereço cadastrado. De modo geral, existem duas situações que podem estar impedindo a chegada do seu cartão:

  • endereço desatualizado ou
  • cartão na agência dos Correios (em caso de áreas de risco)

Veja como proceder nas duas situações!

Endereço desatualizado

Todo cidadão que tem direito aos benefícios do Bolsa do Povo deve manter seu endereço completo e atualizado no portal do oficial do programa.

Certifique-se de que seu endereço está completo, acessando o seu login no site!

Quem não tiver acesso à internet, pode procurar um Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) para realizar a atualização cadastral.

Dirija-se ao CRAS mais próximo e peça para verificarem se seu endereço está completo e correto.

Regiões restritas para entrega

Outra situação que pode comprometer a entrega do cartão do Bolsa do Povo Educação é se você mora em área de risco ou em endereço que, por qualquer motivo, é restrito para entregas.

Nestes casos, o cartão fica disponível na agência dos Correios mais próxima durante 20 dias. Vá até a agência e pergunte se seu cartão está lá.

Se você mora em área restrita e não quer ou não pode ir até os Correios, uma alternativa é indicar no cadastro outro endereço que não seja restrito.

“A Prodesp tem trabalhado no aprimoramento do atendimento às pessoas que utilizam o programa Bolsa do Povo para agilizar ainda mais o repasse dos benefícios. Para facilitar o acesso e orientar como realizar os procedimentos necessários, passamos a disponibilizar vídeos tutoriais, explicando o passo a passo para a utilização dos serviços oferecidos de forma online.”

Murilo Macedo, diretor da Prodesp, responsável pela operacionalização do programa

Os vídeos tutoriais sobre o Bolsa do Povo e as principais dúvidas estão disponíveis no Youtube.

O governo estadual ainda explicou que algumas pessoas recebem o benefício por meio de voucher e precisam sacar o valor integral.

Para isso, o usuário deve acessar a área restrita do portal, clicando em “Entrar”, fazendo login e seguindo as orientações na tela.

Essas foram as recomendações do governo estadual. Se os problemas persistirem, os usuários também podem entre em contato com os canais oficiais de atendimento:

  • Central de Atendimento: 0800 7979 800
  • Whatsapp do programa: (011) 98714 – 2645
aluno em sala de aula e monitor sanitário com máscara a frente
Bolsa do Povo Educação concede auxílio de R$500 para pais de alunos da rede estadual de São Paulo (Foto: Divulgação)

Como desbloquear o cartão do Bolsa do Povo Educação?

Agora, se você está com o cartão em mãos, mas não consegue sacar o dinheiro, certifique-se de que ele já foi desbloqueado.

Esse procedimento é fundamental para conseguir acessar o auxílio.

Desde o início de outubro, o processo para desbloquear o cartão do Bolsa do Povo está mais fácil.

Agora é possível fazer isso também no site oficial do programa, sem precisar entrar em contato com a central de atendimento pelo telefone.

Siga o passo a passo:

  1. Acesse o site www.bolsadopovo.sp.gov.br
  2. Clique no botão “entrar” no canto superior direito da tela
  3. Informe CPF e senha (caso já tenha se cadastrado no sistema do governo) ou crie um novo login
  4. Preencha os dados pessoais solicitados
  5. Na área restrita, procure pela opção para desbloquear o cartão e siga as orientações na tela

Você será direcionado para uma página com um gerador do protocolo e senha. Esses dados você deve guardar para realizar o saque do dinheiro nos terminais indicados (Banco do Brasil ou Banco 24h).

O Bolsa do Povo SP unifica diversas ações estaduais de transferência de renda. Além do Bolsa do Povo Educação, há o Vale Gás, SP Acolhe, Ação Jovem, Renda Cidadã e Prospera Família, da Secretaria de Desenvolvimento Social.

Além disso, ainda há o Auxílio Moradia, da Secretaria de Habitação, e iniciativas de outras secretarias, como Bolsa Talento Esportivo, Via Rápida, Bolsa Trabalho, Novotec Expresso, Acolhe Saúde e outros.

Todos os cadastros (os que ainda estão abertos) são aceitos pelo site oficial.

Como sacar o Bolsa do Povo para estudantes?

O Bolsa do Povo Educação Estudantes (ou Bolsa do Povo Educação – Ação Estudante) não é a mesma coisa que o Bolsa do Povo Educação.

O Bolsa do Povo Educação, mencionado acima, concede auxílio financeiro para mães de alunos da rede estadual que prestam serviço nas escolas.

Já o Bolsa do Povo Educação Estudantes é um auxílio de até R$1 mil pago aos alunos que se mantém regularmente matriculados no ensino médio da rede pública estadual.

Para receber esse benefício, também é necessário acessar o voucher na área restrita do site do Bolsa do Povo.

Estudantes maiores de 18 anos podem realizar todo o processo por conta própria. Mas os menores de idade devem ter um responsável para isso.

+ Bolsa do Povo Educação Estudantes: veja quem tem direito e como receber

O conteúdo foi útil? Então compartilhe com outros amigos paulistas que podem receber os benefícios!

O que achou disso?

Média da classificação 5 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

Diga-nos, como podemos melhorar?

Assine nossa newsletter!

Páginas Populares

4 COMENTÁRIOS

  1. O governo de SP Doria estão enganando o povo. Nem cartão nem voucher conseguem os beneficiários
    É uma farsa esse governo. e Já estamos chegando ao fim de novembro.

  2. Estou com problemas no meu pagamento prospera família
    Fui ativa 20/11
    Com.valor de 300reais
    Hoje fui puxa esta aparecendo um valor de 100
    O valor serial mensal
    Queria saber oq tá acontecendo

    • Oi, Taize! Tudo bem?
      Sugerimos que você busque os canais de atendimento do programa.
      Central de Atendimento: 0800 7979 800
      Whatsapp do programa: (011) 98714 – 2645

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui