Cursos que transformam sua vida financeira
Mais
    InícioNotíciasEconomiaBolsa do Povo Educação Estudantes: veja quem tem direito e como receber

    Bolsa do Povo Educação Estudantes: veja quem tem direito e como receber

    3.7
    (11)

    A Bolsa do Povo Educação Estudantes está com inscrições abertas. O auxílio concedido pelo Estado de São Paulo é voltado para estudantes de baixa renda. 

    Publicidade

    O intuito é minimizar o índice de evasão escolar entre estudantes em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa é desenvolvida pela Secretaria de Educação de São Paulo.

    Se você tem dúvidas sobre o programa, continue lendo o artigo para saber tudo que precisa!

    O que é o Bolsa do Povo Educação Estudantes?

    Esse é mais um eixo do Bolsa do Povo SP, programa social do estado que disponibiliza várias linhas de benefícios. Um deles é o Bolsa do Povo Educação Estudantes (ou Bolsa do Povo Educação – Ação Estudante). 

    Vale destacar que ele não pode ser confundido com o Bolsa do Povo Educação. Sim, os nomes são parecidos, mas são dois tipos de auxílio financeiro diferentes.

    • Bolsa do Povo Educação concede auxílio financeiro para mães de alunos da rede estadual que prestam serviço nas escolas
    • Bolsa do Povo Educação Estudantes – um auxílio de até R$1 mil pago aos alunos que se mantém regularmente matriculados no ensino médio

    O benefício para estudantes corresponde ao valor total de R$1 mil por ano letivo. Mas ele é pago em parcelas bimestrais ao longo do ano. 

    Publicidade

    Além disso, o pagamento é proporcional ao tempo de permanência do estudante na rede estadual. Ou seja, R$1 mil equivale a um ano letivo completo. 

    O programa durará até o final do ano de 2022. As parcelas serão pagas logo no final de cada bimestre letivo. De acordo com o calendário os pagamentos já estão na 6º parcela. Veja:

    • 1ª: após o início do 3º bimestre letivo de 2021;
    • 2ª: após o término do 3º bimestre letivo de 2021;
    • 3ª: após o término do 4º bimestre letivo de 2021;
    • 4ª: após o início do 1º bimestre letivo de 2022;
    • 5ª: após o término do 1º bimestre letivo de 2022;
    • 6ª: após o término do 2º bimestre letivo de 2022;
    • 7ª: após o início do 3º bimestre letivo de 2022;
    • 8ª: após o término do 3º bimestre letivo de 2022;
    • 9ª: após o término do 4º bimestre letivo de 2022.

    Como receber o pagamento do Bolsa do Povo Educação Estudantes?

    Os estudantes contemplados pelo programa recebem o pagamento pelo cartão Bolsa do Povo, que permite saques em caixas eletrônicos e pagamentos direto em estabelecimentos comerciais no formato de débito. 

    Porém, de acordo com as informações disponíveis no site oficial do programa, os primeiros pagamentos são feitos por meio de um voucher, que consiste em uma senha e um código numérico (protocolo), por conta do prazo necessário para emissão dos cartões.

    Se você já é inscrito no Bolsa do Povo Educação Estudantes, já pode acessar esse voucher online. Basta seguir o passo a passo:

    Publicidade
    1. Acesse o site do Bolsa do Povo
    2. Crie um cadastro clicando em “Entrar” (se já for beneficiário de outras frentes do Bolsa do Povo SP, pode usar o mesmo login que já possui)
    3. Na área restrita você poderá ver o voucher
    4. Anote o número do protocolo e senha (não compartilhe esses dados com outras pessoas)
    5. Vá até um caixa do Banco do Brasil (ou correspondentes bancários) ou Banco 24Horas e informe esses dados para sacar

    Estudantes maiores de 18 anos podem realizar todo o processo por conta própria. Mas os menores de idade devem ter um responsável para isso.

    O valor total disponibilizado no voucher deve ser sacado todo de uma vez. A entrega do Cartão Bolsa do Povo será feita na unidade escolar, sendo necessário comparecer presencialmente para retirá-lo.

    alunos estudando para o Enem
    Bolsa do Povo Educação para estudantes paga R$1 mil por ano letivo

    Como fazer a inscrição no programa?

    As inscrições estão abertas no site oficial do Bolsa do Povo Educação Estudantes. Portanto, para se inscrever basta seguir o passo a passo:

    1. Acesse o site do Bolsa do Povo;
    2. Clique no botão do Ação Estudante;
    3. Selecione o botão “Se Inscrever”;
    4. Informe seu R.A e siga as orientações na tela.

    RA é a sigla para Registro do Aluno (R.A). Esse número pode ser fornecido pela própria escola onde o estudante está matriculado.

    Logo no momento da inscrição, ao preencher o número do RA, o estudante será informado se é elegível ou não ao Programa. Caso seja, poderá dar prosseguimento à inscrição e assinar o Termo de Responsabilidade.

    Publicidade

    Para realizar a assinatura, o estudante ou responsável tem duas opções: realizar o aceite digital pela própria SED (no site) ou assinar o documento em papel presencialmente na unidade escolar.

    Quem vai receber o Bolsa do Povo Educação Estudantes?

    Para participar do programa o estudante precisa:

    • Estar regularmente matriculado no ensino médio da rede estadual de ensino;
    • Pertencer a família em situação de pobreza ou extrema pobreza de acordo com o CadÚnico (com renda mensal por pessoa de até R$200).

    Depois que todos os alunos do ensino médio forem atendidos, os estudantes de 9º ano também passarão a ser contemplados. Neste caso, o estado vai seguir uma ordem de prioridade:

    • Autodeclarados não-brancos;
    • Brancos;
    • Alunos que mais acessaram o Centro de Mídias de São Paulo (CMSP).

    Além dos requisitos acima, durante o programa o aluno precisa cumprir algumas condicionalidades para continuar recebendo os pagamentos:

    • Apresentar frequência escolar superior a 80% no bimestre;
    • Realizar 2 horas por dia de atividades complementares no aplicativo do Centro de Mídias de São Paulo (CMSP);
    • Participar de, pelo menos, uma avaliação de aprendizagem

    Para os estudantes da 3ª série do ensino médio, também é obrigatório realizar, pelo menos, 80% das atividades preparatórias para o Enem no aplicativo do CMSP.

    Caso o estudante não cumpra todas as condicionalidades para receber o programa, o pagamento da parcela do bimestre vigente será suspenso. Se, no bimestre seguinte, ele atender aos critérios, poderá receber a parcela seguinte.

    O conteúdo foi útil? Então compartilhe com outros amigos estudantes!

    Colaboração: Letícia de Jesus

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 11

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?

    Tamires Silva
    Tamires Silva
    Jornalista e Redatora do FinanceOne, onde suas finanças começam.

    Artigos Relacionados

    Assine nossa newsletter!

    Páginas Populares

    DEIXE UMA RESPOSTA

    Por favor digite seu comentário!
    Por favor, digite seu nome aqui

    InícioNotíciasEconomiaBolsa do Povo Educação Estudantes: veja quem tem direito e como receber

    Bolsa do Povo Educação Estudantes: veja quem tem direito e como receber

    3.7
    (11)

    A Bolsa do Povo Educação Estudantes está com inscrições abertas. O auxílio concedido pelo Estado de São Paulo é voltado para estudantes de baixa renda. 

    Publicidade

    O intuito é minimizar o índice de evasão escolar entre estudantes em situação de vulnerabilidade social. A iniciativa é desenvolvida pela Secretaria de Educação de São Paulo.

    Se você tem dúvidas sobre o programa, continue lendo o artigo para saber tudo que precisa!

    O que é o Bolsa do Povo Educação Estudantes?

    Esse é mais um eixo do Bolsa do Povo SP, programa social do estado que disponibiliza várias linhas de benefícios. Um deles é o Bolsa do Povo Educação Estudantes (ou Bolsa do Povo Educação – Ação Estudante). 

    Vale destacar que ele não pode ser confundido com o Bolsa do Povo Educação. Sim, os nomes são parecidos, mas são dois tipos de auxílio financeiro diferentes.

    • Bolsa do Povo Educação concede auxílio financeiro para mães de alunos da rede estadual que prestam serviço nas escolas
    • Bolsa do Povo Educação Estudantes – um auxílio de até R$1 mil pago aos alunos que se mantém regularmente matriculados no ensino médio

    O benefício para estudantes corresponde ao valor total de R$1 mil por ano letivo. Mas ele é pago em parcelas bimestrais ao longo do ano. 

    Publicidade

    Além disso, o pagamento é proporcional ao tempo de permanência do estudante na rede estadual. Ou seja, R$1 mil equivale a um ano letivo completo. 

    O programa durará até o final do ano de 2022. As parcelas serão pagas logo no final de cada bimestre letivo. De acordo com o calendário os pagamentos já estão na 6º parcela. Veja:

    • 1ª: após o início do 3º bimestre letivo de 2021;
    • 2ª: após o término do 3º bimestre letivo de 2021;
    • 3ª: após o término do 4º bimestre letivo de 2021;
    • 4ª: após o início do 1º bimestre letivo de 2022;
    • 5ª: após o término do 1º bimestre letivo de 2022;
    • 6ª: após o término do 2º bimestre letivo de 2022;
    • 7ª: após o início do 3º bimestre letivo de 2022;
    • 8ª: após o término do 3º bimestre letivo de 2022;
    • 9ª: após o término do 4º bimestre letivo de 2022.

    Como receber o pagamento do Bolsa do Povo Educação Estudantes?

    Os estudantes contemplados pelo programa recebem o pagamento pelo cartão Bolsa do Povo, que permite saques em caixas eletrônicos e pagamentos direto em estabelecimentos comerciais no formato de débito. 

    Porém, de acordo com as informações disponíveis no site oficial do programa, os primeiros pagamentos são feitos por meio de um voucher, que consiste em uma senha e um código numérico (protocolo), por conta do prazo necessário para emissão dos cartões.

    Se você já é inscrito no Bolsa do Povo Educação Estudantes, já pode acessar esse voucher online. Basta seguir o passo a passo:

    Publicidade
    1. Acesse o site do Bolsa do Povo
    2. Crie um cadastro clicando em “Entrar” (se já for beneficiário de outras frentes do Bolsa do Povo SP, pode usar o mesmo login que já possui)
    3. Na área restrita você poderá ver o voucher
    4. Anote o número do protocolo e senha (não compartilhe esses dados com outras pessoas)
    5. Vá até um caixa do Banco do Brasil (ou correspondentes bancários) ou Banco 24Horas e informe esses dados para sacar

    Estudantes maiores de 18 anos podem realizar todo o processo por conta própria. Mas os menores de idade devem ter um responsável para isso.

    O valor total disponibilizado no voucher deve ser sacado todo de uma vez. A entrega do Cartão Bolsa do Povo será feita na unidade escolar, sendo necessário comparecer presencialmente para retirá-lo.

    alunos estudando para o Enem
    Bolsa do Povo Educação para estudantes paga R$1 mil por ano letivo

    Como fazer a inscrição no programa?

    As inscrições estão abertas no site oficial do Bolsa do Povo Educação Estudantes. Portanto, para se inscrever basta seguir o passo a passo:

    1. Acesse o site do Bolsa do Povo;
    2. Clique no botão do Ação Estudante;
    3. Selecione o botão “Se Inscrever”;
    4. Informe seu R.A e siga as orientações na tela.

    RA é a sigla para Registro do Aluno (R.A). Esse número pode ser fornecido pela própria escola onde o estudante está matriculado.

    Logo no momento da inscrição, ao preencher o número do RA, o estudante será informado se é elegível ou não ao Programa. Caso seja, poderá dar prosseguimento à inscrição e assinar o Termo de Responsabilidade.

    Publicidade

    Para realizar a assinatura, o estudante ou responsável tem duas opções: realizar o aceite digital pela própria SED (no site) ou assinar o documento em papel presencialmente na unidade escolar.

    Quem vai receber o Bolsa do Povo Educação Estudantes?

    Para participar do programa o estudante precisa:

    • Estar regularmente matriculado no ensino médio da rede estadual de ensino;
    • Pertencer a família em situação de pobreza ou extrema pobreza de acordo com o CadÚnico (com renda mensal por pessoa de até R$200).

    Depois que todos os alunos do ensino médio forem atendidos, os estudantes de 9º ano também passarão a ser contemplados. Neste caso, o estado vai seguir uma ordem de prioridade:

    • Autodeclarados não-brancos;
    • Brancos;
    • Alunos que mais acessaram o Centro de Mídias de São Paulo (CMSP).

    Além dos requisitos acima, durante o programa o aluno precisa cumprir algumas condicionalidades para continuar recebendo os pagamentos:

    • Apresentar frequência escolar superior a 80% no bimestre;
    • Realizar 2 horas por dia de atividades complementares no aplicativo do Centro de Mídias de São Paulo (CMSP);
    • Participar de, pelo menos, uma avaliação de aprendizagem

    Para os estudantes da 3ª série do ensino médio, também é obrigatório realizar, pelo menos, 80% das atividades preparatórias para o Enem no aplicativo do CMSP.

    Caso o estudante não cumpra todas as condicionalidades para receber o programa, o pagamento da parcela do bimestre vigente será suspenso. Se, no bimestre seguinte, ele atender aos critérios, poderá receber a parcela seguinte.

    O conteúdo foi útil? Então compartilhe com outros amigos estudantes!

    Colaboração: Letícia de Jesus

    Veja também no FinanceOne:

    O que achou disso?

    Média da classificação 3.7 / 5. Número de votos: 11

    Seja o primeiro a avaliar este post.

    Lamentamos que este assunto não tenha sido útil para você!

    Diga-nos, como podemos melhorar?