Início Notícias Economia Bolsonaro suspende programa Renda Brasil

Bolsonaro suspende programa Renda Brasil

1
(1)

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quarta-feira, 26, que a atual proposta do programa Renda Brasil está suspensa. O anúncio foi feito no evento na Usiminas, em Minas Gerais.

De acordo com o presidente, as discussões sobre o Renda Brasil estão suspensas até que novos ajustes sejam feitos.

Para o presidente, o modelo atual proposto retira recursos dos “pobres” e dá a “paupérrimos”.

“Ontem discutimos a possível proposta do Renda Brasil e falei que está suspenso. A proposta como apareceu para mim não será enviada ao parlamento. Não posso tirar de pobre para dar a paupérrimos”, disse o presidente.

Com essa afirmação, Bolsonaro garantiu que não pretende tirar os recursos de outros programas para custear o Renda Brasil – que deve surgir como substituto do Bolsa Família.

“Não podemos fazer isso aí, como por exemplo, a questão do abono para quem ganha até 2 salários mínimos , que seria um 14º salário, não podemos tirar isso de 12 milhões de pessoas para dar ao Bolsa Família, ao Renda Brasil ou como for chamar esse novo programa”, concluiu.

+ Veja mais sobre o programa Renda Brasil

Após a fala do presidente Bolsonaro sobre a suspensão do programa, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia, também se pronunciou.

Em entrevista coletiva, Maia disse que “eu entendo a posição do presidente (Bolsonaro). Ele acha que aquelas matérias que estão sendo propostas prejudicam o trabalhador.”

Além disso, Maia também falou sobre os outros programas que a equipe econômica queria encerrar para apresentar o Renda Brasil. Segundo ele, esses programas não são de fácil encerramento.

Bolsonaro reforça a prorrogação do auxílio emergencial

O presidente Bolsonaro voltou a falar sobre a prorrogação do auxílio emergencial, benefício criado em razão da pandemia do coronavírus.

Ele informou que o benefício será ampliado até dezembro. O valor ainda está sendo discutido.

A ideia central da equipe econômica, incluindo Guedes, é baixar o valor do auxílio, que atualmente é de R$600, para R$200. Mas o presidente quer chegar a um meio termo.

Image contém Bolsonaro em reunião com Paulo Guedes para ilustrar o texto sobre Renda Brasil. Guedes está ao lado de Bolsonaro
Presidente Bolsonaro suspende programa Renda Brasil e reafirma prorrogação do auxílio emergencial. Foto: Agência Brasil/ Carolina Antunes/PR

“Sabemos que R$600 é pouco para muita gente que recebe. Mas é muito para um país que se endivida”, disse.

+ Veja 5 benefícios sociais além do auxílio emergencial

Anúncio sobre Renda Brasil e medidas econômicas já havia sido adiado

Na semana passada, o ministro Paulo Guedes havia dito que nesta semana anunciaria as medidas nas áreas social e econômica, incluindo o Renda Brasil.

Na última terça, 25, o governo decidiu adiar o comunicado sobre o megapacote da equipe econômica.

Além disso, a prorrogação do auxílio emergencial a informais, obras de infraestrutura e novos marcos regulatórios para atrair capital privado também estavam na pauta do evento, por exemplo. 

O propósito inicial do governo era que o presidente Jair Bolsonaro se reunisse com líderes do Congresso antes de apresentar as propostas.

Vale lembrar que o governo também realizou outro lançamento de programa, o Casa Verde e Amarela. O objetivo do novo programa é substituir o Minha Casa, Minha Vida.

A ideia do Renda Brasil ganhou força após a criação do auxílio emergencial. De acordo com a proposta, é um programa de renda mínima para substituir o atual Bolsa Família.

O Renda Brasil é para famílias com renda per capita mensal de até R$250, segundo proposta inicial.

Atualmente, o Bolsa Família é para quem está na chamada linha de pobreza, que é de R$178 renda per capita por mês.

Vale lembrar que a aprovação do programa passará pelo Parlamento e pode se materializar através de uma Medida Provisória (MP).

A MP fica sob responsabilidade do presidente da República. Além disso, tem força de lei e vigência temporária até a conclusão da análise de deputados e senadores.

Mas o Renda Brasil também pode vir como um projeto de lei comum.

E você, o que achou do nosso texto sobre a suspensão do Renda Brasil? Gostou?

Então aproveite a visita em nosso site e assine nossa newsletter. Desta maneira, você recebe diretamente na sua caixa de entrada as nossas atualizações.

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 1 / 5. Número de votos: 1

Seja o primeiro a avaliar este post.

Camila Miranda
Nascida na Zona Oeste do Rio, me divido entre jornalismo e marketing digital. Com três anos de experiência em Comunicação, já trabalhei em redação de jornal impresso, webjornalismo e assessoria de imprensa. Hoje, faço gestão de mídias sociais e produção de conteúdo. Amo assuntos sobre as áreas cultural e política. Reclamo do transporte público.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Publicidade -

Conheça 4 franquias mais rentáveis no mercado

Quem está pensando em investir em franquias, precisa levar em consideração diversos pontos. O seu investimento pode até ser baixo, mas para...

10 corretoras de confiança para investir

Escolher uma corretora de confiança para investir não é uma tarefa fácil. O primeiro passo é verificar se a instituição é cadastrada...

Auxílio residual de R$300: governo divulga calendário

O Ministério da Cidadania divulgou o calendário de pagamentos referente ao auxílio residual das parcelas de R$300. Os pagamentos serão para os...

Como conquistar a independência financeira em 5 anos?

Muitas pessoas querem conquistar a independência financeira, mas será que elas sabem, de fato, o que significa ser financeiramente independente?

SPC: como consultar CPF e nome sujo

A expressão “nome sujo” faz surgir calafrios em muitos consumidores e estar com o nome no SPC é, certamente, um dos medos de quem...

Renda Cidadã: governo anuncia programa para substituir Bolsa Família

O governo do presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta segunda-feira, 28, o novo programa de transferência de renda: o Renda Cidadã, que vai...