Início Cartão de Crédito Cartão universitário ou sem anuidade: qual o melhor?

Cartão universitário ou sem anuidade: qual o melhor?

0
(0)

Muitos jovens que estão começando a vida bancária escolhem o cartão universitário por ser mais em conta ou até mesmo ter anuidade zero no primeiro ano.

Mas, com as contas digitais surgiram outros cartões sem anuidade. Então o que é melhor: cartão universitário ou cartão sem anuidade?

O Nubank e o Digio, por exemplo, não cobram anuidade e não exigem comprovação de renda. E com isso, surgiu a dúvida de qual é a melhor opção para os universitários.

Como cancelar compra com cartão de crédito?
Seja o cartão universitário ou cartão sem anuidade ambos tem vantagens e desvantagens

De acordo com a economista Ione Amorim, do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), em entrevista à revista Exame, “cartões universitários não fazem mais sentido.”

Isso porque em várias instituições financeiras grandes, para ter o cartão universitário, é preciso ser correntista. O pacote de serviços das contas universitárias chega a custar a R$12,90 por mês.

Dessa forma, além da anuidade, você ainda é obrigado a pagar pelo pacote de serviços mensais da conta corrente. Mas vale ressaltar que todos os bancos são obrigados a oferecer contas de serviços essenciais.

Fintechs X Contas universitárias

Os cartões de crédito universitários não fazem mais sentido por conta do surgimento das fintechs que tem como proposta justamente a isenção da anuidade.

Dessa forma, você não precisaria abrir uma conta universitária de um banco tradicional para obter o cartão de crédito.

Outra opção é você abrir uma conta universitária e solicitar um cartão sem anuidade em uma das fintechs que surgiram nos últimos anos. Porém, ainda assim você será cobrado mensalmente pelos serviços da conta universitária.

Você também pode optar por ter somente a conta universitária e solicitar o cartão de crédito.

E é bem provável que consiga até um limite maior nesse tipo de instituição financeira. Porém, não veja isso como uma vantagem, já que o risco de você acabar se endividando é maior.

Como solicitar um cartão universitário?

Você pode solicitar um cartão universitário em qualquer um dos cinco principais bancos tradicionais do país, sendo eles: Itaú, Banco do Brasil, Santander, Bradesco e Caixa Econômica Federal.

Para solicitar, basta acessar o site de uma das instituições bancárias e seguir todo o procedimento, bem como atender aos requisitos. O principal, portanto, é estar matriculado em uma instituição de ensino superior e comprovar essa situação.

Os cartões universitários não pedem comprovação de renda e o limite liberado para crédito é variável de acordo com o banco escolhido e a aprovação dada.

Um dos limites mais atrativos é o do Itaú, que é a partir de R$1.000, enquanto que o do Santander pode variar de R$250 a R$2 mi, de acordo com a liberação e aumento por consumo.

Como solicitar um cartão sem anuidade digital?

Os bancos digitais estão em alta no cenário nacional. A cada mês, cresce o número de usuários que aderiram a uma das dezenas de opções disponíveis no mercado. Dos mais conhecidos, como Inter e Nubank, até Digio e Neon que aos poucos ganham espaços consideráveis com bons serviços prestados.

Como solicitar uma conta digital? A resposta dessa pergunta é super fácil. Basta você acessar o site ou aplicativo oficial de uma dessas empresas e começar o procedimento para abertura de contas.

O processo é bem rápido e fácil, podendo ser feito apenas em alguns minutos e por qualquer pessoa.

Para abertura de conta corrente, todas as empresas tem aprovação imediata, enquanto que para solicitação de crédito algumas são sujeitas à análise ou comprovação de renda.

A boa notícia é que todos eles são sem anuidade e proporcionam ótimos serviços. Atualmente, Inter e Nubank são as opções mais conhecidas e que possuem os melhores serviços no mercado. 

Mas, mesmo assim ainda possuem algumas desvantagens que possam melhorar. O Inter, por exemplo, ainda não tem um programa de milhas, enquanto que o Nubank cobra tarifa de R$6 para saques realizados em bancos 24 horas.

Outras opções de cartões digitais sem anuidade são:

  • Agibank;
  • Next;
  • Neon;
  • Superdigital;
  • Pagbank.

Quer conhecer algumas opções de cartão Visa sem anuidade? Veja esse conteúdo e mais outras dicas sobre contas digitais aqui no FinanceOne. 

E aí, responde pra gente: você prefere conta universitária ou cartão sem anuidade?

O que achou disso?

Deixei sua classificação

Média da classificação 0 / 5. Número de votos: 0

Seja o primeiro a avaliar este post.

Mateus Carvalho
Jornalista de profissão e apaixonado por Marketing Digital. Já foi redator de jornal impresso, atualmente escrevo para o digital e tenho sede por empreender. Escrever é a minha maior paixão e quando não estou digitando estou pensando em digitar. Carioca, vascaíno e apaixonado por memes.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Calendário auxílio emergencial: veja datas até final do ano

Se você está esperando o pagamento de alguma parcela do auxílio, fique atento e veja o calendário auxílio emergencial da Caixa. Começou...

Como fica o 13º salário de quem teve jornada de trabalho reduzida?

O fim do ano chegou e com ele a época do pagamento do 13º salário também. Porém, durante 2020 ocorreram algumas mudanças...

O que esperar do mercado financeiro em 2021?

Tudo indica que 2021 seja menos turbulento para o mercado financeiro que este ano. Afinal, notícias indicam de que algumas vacinas para...

Como abrir conta digital para crianças? Confira 3 passos

Pensando no futuro das crianças, muitos responsáveis decidem criar uma reserva financeira para elas. Alguns, no entanto, não sabem que é possível...

Como é calculado o reajuste de aluguel? Confira!

Todo ano, os locatários são informados sobre o reajuste de aluguel. E, para não ficar no prejuízo, é essencial que você saiba...

Quais as barreiras para inclusão de negros no mercado financeiro?

"Não se aceitam pessoas de cor". Essa frase era bastante comum em anúncios de emprego até 1950, como descreve Abdias do Nascimento...